sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Assaltante preso com revólver calibre 38


Charles Albert dos Santos Portela, 20 anos, foi preso no final da tarde de quinta-feira (9) com um revólver calibre 38. A prisão aconteceu no Conjunto Feira X, quando policiais militares flagraram-no com o revólver calibre 38 na cintura.
O acusado foi conduzido para Complexo Policial Investigador Bandeira e apresentado à Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR). Na delegacia, os investigadores descobriram que Charles Albert teria cometido um assalto no dia 19 do mês passado, em uma gráfica localizada na Rua Araujo Pinho, nas proximidades da Praça Jardim da Paquera.
“Ele estava na companhia de um comparsa de prenome Hernandes. Juntos, montados em uma motocicleta, invadiram a gráfica, renderam três funcionários e os amarraram. Eles levaram um computador completo, duas impressoras, um aparelho de telefone celular, além de uma quantia em dinheiro”, afirmou um investigador da DRFR.
Na delegacia, o assaltante confessou o crime e disse ser porteiro de um estabelecimento de ensino. “Ontem (quinta-feira), quando estava saindo de casa, me deparei com uma viatura da Polícia Militar, mas, quando tentei voltar, os policiais me mandaram parar e encontraram a arma em minha cintura”.
Charles Albert reside no Rua L, no Conjunto Feira X. Ele foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma e deverá também ser penalizado pelo crime de assalto

Mais 20 presos são transferidos


No final da manhã de hoje(10), mais 20 presos da carceragem do Complexo Policial Investigador Bandeira foram transferidos para o Presídio de Mata Escura, em Salvador. As transferências aconteceram sob um forte esquema de segurança, por policiais civis da 1ª Coordenadoria e também do DEPIM.
Nesta semana, o coordenador interino Madson Sampaio, juntamente com o Poder Judiciário e o Ministério Público, conseguiu transferir mais de 88 presos, de um total de 175 que estavam superlotando a carceragem do Complexo Policial.


No início da semana, a justiça conseguiu a liberação de 10 detentos que respondiam por crimes de menor potencial. A medida foi tomada para amenizar a situação da superpopulação carcerária.
Segundo o coordenador interino da Policia Civil, delegado Madson Sampaio, com a transferências de mais 20, ficaram 90 presos. Porém, ele acredita que esses números vão aumentar, já que o fluxo de conduções e flagrantes é constante. Madson afirmou ainda que nas próximas horas haverá mais transferências para presídios de outras cidades.

Autor de homicídio em show confessa crime

Policiais da 8ª Coordenadoria Regional de Polícia (8ª Coorpin), em Teixeira de Freitas, elucidaram o homicídio de Leonardo Aragão Rodrigues, morto após sair de um show, no Parque de Exposições daquela cidade, em 21 novembro deste ano. Câmeras de segurança de um estabelecimento vizinho registraram imagens do momento da morte de Leonardo, possibilitando à polícia identificar o autor, Edmo José Vital Júnior.
Intimado a comparecer na delegacia quatro dias após o crime, Edmo apresentou-se e negou ter matado a vítima. Durante as investigações a polícia conseguiu um vídeo com as filmagens da briga onde Leandro provoca e agride Edmo, e este o atinge no pescoço com um objeto perfurante, identificado posteriormente como o gargalo de uma garrafa quebrada.
Já de posse do vídeo, o delegado Charlton Fraga, coordenador em exercício da 8ª Coorpin/Teixeira de Freitas, interrogou Edmo novamente na última terça-feira (7). Desta vez ele confessou a autoria do crime, porém alegou ter agido em legítima defesa, sem qualquer intenção de ferir a vítima mortalmente. Edmo José deverá ser indiciado por homicídio tão logo seja liberado o laudo cadavérico.

Ladrões de carro são presos em Juazeiro


Carros e motocicletas eram os principais alvos de uma quadrilha de assaltantes desarticulada ontem (9), por investigadores da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), de Juazeiro, com as prisões de Antônio Henrique Tiburtino Cândido, o “Toinho Macaco”, 23 anos, líder do bando, e Gledson da Silva (Grudinho), responsável pela venda das peças dos veículos. Um adolescente de 16 anos, integrantes do grupo, também foi apreendido. Os policiais surpreenderam o trio no bairro João Paulo II.
Segundo informou o delegado Nélio Ferreira Neves, titular da DRFR/Juazeiro, os investigadores prenderam ainda Gilson Alves da Silva e Leonardo dos Santos, os quais teriam adquirido quatro rodas com pneus e a bateria de um veículo roubado pela quadrilha. Ambos vão responder por crime de receptação.
A polícia apurou que “Toinho Macaco” seria o responsável pela morte de um soldado da Marinha, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador, e pelo seqüestro de uma adolescente na quinta-feira passada (02). No último domingo (5) o bando tomou de assalto um veículo no centro de Juazeiro e na segunda-feira o carro foi encontrado carbonizado nas proximidades da Serra da Batateira.
O depoimento do proprietário de uma motocicleta roubada pelo grupo no bairro Castelo Branco, na última segunda feira (06), facilitou a identificação e a localização dos bandidos. “A colaboração da vítima fornecendo detalhes dos assaltantes, foi fundamental para chegarmos até a quadrilha”, frisou o delegado Nélio Ferreira Neves.

Recuperada parte de carga roubada

Investigadores da 5ª Delegacia buscam identificar e capturar outros integrantes da quadrilha de Fabiano Moura da Silva, 31 anos, Helton Santos Lima, 27, e Roseval Santos Cazais, 38, presos em flagrante ontem (09), no subúrbio de Periperi, com parte dos produtos eletroeletrônicos roubados de um carro de entrega de uma transportadora, no último dia 24 de novembro. O restante dos bens subtraídos ficou com um comparsa apelidado de “Alemão”, que se comprometeu em revendê-lo na cidade de Feira de Santana e dividir o lucro, mas desapareceu.
Além de “Alemão”, a equipe da 5ª CP, comandada pelo delegado Antônio Carlos Magalhães Santos, investiga a identidade do receptador dos produtos, que reside em Feira de Santana. Fabiano, ex funcionário da transportadora, e os cúmplices escondiam em suas casas um notebook, um monitor, dois televisores LCD, um ar-condicionado, um umidificador de ar, um jogo de jantar, uma mala de viagem e diversas peças de motocicleta.
Os policiais também apreenderam com o trio um revólver de calibre 38, municiado, com seis projéteis intactos. O delegado titular da 5ª CP autuou Fabiano Moura da Silva, Helton Santos Lima e Roseval Santos Cazais em flagrante por porte ilegal de arma e formação de quadrilha. Um comparsa apelidado de “Nenem” vem sendo procurado.

Advogados são presos envolvidos com assaltantes de bancos

Policiais do Serviço de Investigação da 1ª Coordenadoria, sob o comando do coordenador interino, delegado Madson Sampaio prenderam na manha de hoje, os advogados Hercules Oliveira da Silva e Dilson Alberto Lopes. Eles foram presos, através Mandados de Prisão Preventiva, Busca e Apreensão Domiciliar, além de seqüestros de bens, deferidos pelo Juiz Substituto da Vara de Crimes, da Comarca de Monte Santo, o Bel Vitor Manoel Sabino Xavier Bizerra.

O coordenador interino, Madson Sampaio afirmou para reportagem que a sua coordenadoria cumpriu os mandados de prisões e que não sabe os motivos das prisões dos dois advogados. “A investigação é da 19ª Coordenadoria de Polícia Civil da Região do Município de Senhor do Bonfim e da Polícia Civil de Monte Santo, apenas cumprimos os dois mandados, onde os mesmos determinam que aonde os dois fossem encontrados, teríamos que os prender, as prisões foram feitas e encaminhei os dois advogados para a Polinter em Salvador, para ficar a disposição da Justiça”.

ENVOLVIMENTOS
O coordenador Madson Sampaio afirmou ainda que na semana passada, precisamente na madrugada do dia 4 (sábado passado) prendeu três assaltantes de bancos (Darlon Amaral Pereira, 26 anos, Genário de Jesus Oliveira, o “Socó”, 33 anos, e Aleandro Ferreira de Oliveira, 24 anos), onde os mesmos foram presos no veiculo que os advogados Hercules Oliveira e Dilson Barbosa estavam.
“Recebemos uma informação da Polícia Civil de Monte Santo que três homens acusados de assaltarem bancos na região do mesmo município e também, o assalto a banco de Queimadas, onde um morador foi morto e um policial baleado. Pois, estariam passando por Feira de Santana, para fugir com destino a São Paulo. Armamos uma campana na BR 116 Norte e quando o veiculo, quais as investigações apontavam que os bandidos estavam, interceptamos e por surpresa os bandidos estavam acompanhados com o Advogado Bacharelado em Direito e Hercules Oliveira, que também é Bacharelado em Direito”.


De acordo ainda com Madson Sampaio, os assaltantes e os advogados foram conduzidos, para Complexo Policial Investigador Bandeira. “Chegando, entramos em contato com a Polícia Civil de Monte Santo, informamos todo acontecido e o Serviço de investigação, nos informou que naquele momento, nada tinha contra os dois advogados, imediatamente nos liberamos e quando foi no final da tarde de ontem (quinta-feira/9) chegaram os mandados de prisões e hoje pela manhã cumprimos”.

DESARTICULAÇÂO DA QUADRILHA
Quatro dias depois de assaltarem o caixa eletrônico do Banco Bradesco instalado no prédio da Prefeitura de Monte Santo, foram presos, por investigadores da 19ª Coorpin/Monte Santo e da 1ª Coorpin/Feira de Santana, Agapito da Silva Brito, o “Gapia”, Marinalva Salvador da Silva, a “Nalva”, Gerônimo Dias de Oliveira, conhecido por “Gilson”, Aleandro Ferreira de Oliveira, o “Leandro”, Genário de Jesus Oliveira, o “Socó”, e Darlan Amaral Ferreira, os dois últimos naturais de São Paulo. Na ocasião, os criminosos levaram R$ 33 mil.
A captura do sexteto aconteceu neste final de semana em duas operações realizadas de forma quase simultânea. A primeira aconteceu em Monte Santo, na casa de Agapito e Marinalva, onde também se encontrava o comparsa “Gilson”. Na sequência, os policiais prenderam, na zona urbana de Feira de Santana, os outros três criminosos. O trio foi abordado pelos policiais quando tentava fugir a bordo de um veículo cujas características já tinham sido enviadas pelos policiais da 19ª Coorpin às equipes da 1ª Coorpin.


Em Monte Santo, na casa de Agapito, os policiais apreenderam uma espingarda calibre 12 com numeração raspada, muita munição de diversos calibres, dezenas de celulares, entre eles um aparelho sofisticado com carregador solar acoplado, um veículo Gol, cor preta, placa policial DPJ-9700, uma motocicleta, cor amarela, placa policial ECI-0260, e R$ 2.337,00 em espécie, que estava escondido dentro de meias. Os policiais apreenderam também vários objetos usados no assalto.

Dois foram assassinados em Serrinha


Marcos Antonio de Oliveira, 22 anos, conhecido como "Nem", que residia no bairro Cruzeiro e de Samuel Rodrigues dos Santos, 24 anos, que morava no bairro Rodagem, foram assassinados com vários tiros de pistola na Travessa Edmundo Veloso, próximo a BR-116, no bairro do Centro Social Urbano (CSU). Fato aconteceu na madrugada de quinta-feira (9).
Segundo a polícia, os tiros foram efetuados por dois homens que estavam montados em uma motocicleta de dados ignorados. As vítimas foram encontradas por policiais militares do 16º Batalhão.
As investigações do duplo homicídio já foram iniciadas pela Polícia Civil de Serrinha e inclusive já foi constatado que Samuel Rodrigues já tinha passagem pela polícia. Os corpos foram encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana para fazer as necropsias.
Foto: Reprodução do Blog Cleríston Silva

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Acredite: 54 presos fogem do complexo policial

As fortes chuvas que estão caindo no Oeste Baiano, mais precisamente no município de Barreiras, segundo as autoridades policiais daquele município, gerou a fuga em massa de 54 detentos do Complexo Policial. A fuga ocorreu na tarde de quarta-feira (08).
As autoridades policiais do município alegaram que os detentos aproveitaram que o cimento do pátio estava molhado em função de uma reforma pelo qual o complexo está passando e também das fortes chuvas que estão caindo na região. Com isso, os presos aproveitaram e escavaram um buraco, pelo qual os 54 presos conseguiram fugir.








CAPTURADOS
Oito fugitivos do Complexo Policial de Barreiras, na região Oeste, foram recapturados em diversos pontos do município, poucas horas após terem cerrado com outros presos as grades das celas e se evadido, por volta de 19 horas de ontem (8). Edinei de Souza Gomes, 19, Ginei Honorato Xavier, 25, Luciano Maciel de Souza, 25, Luciano Queiroz da Costa, 31, Maurício Vital da Silva, 18, Sanderson Ramos de Souza, 22, Anderson Santos da Silva, 26, e Eder de Souza Porto, 23, já retornaram à carceragem.
Policiais militares em ronda pela região de Barreiras conseguiram recapturar os oito fugitivos entre o final da noite de quarta-feira (8) e as primeiras horas da manhã de ontem (9), conduzindo-os de volta ao Complexo Policial.
Todos têm envolvimento em variados delitos, como homicídio, roubo, tráfico e furto. A polícia intensificou as buscas aos outros 46 presos que também conseguiram fugir.

A finalidade de esquartejamento é dificultar investigação, diz delegado


O delegado Matheus Souza, titular da 1ª Delegacia de Polícia e responsável pela investigação do mistério das duas pernas humanas encontradas em um terreno baldio, afirma que o esquartejamento de uma pessoa é feito com a finalidade de dificultar a investigação, o trabalho da polícia.
Os investigadores da 1ª Delegacia acreditam que se trata de um caso de desova e o resto do corpo ainda não foi encontrado, o que dificulta o reconhecimento da vítima e as investigações. “Estamos procurando os restos mortais naquela região, mas, se estiver em outro município, com certeza, isso vai dificultar a investigação. Vai ficar difícil elucidar este crime”, afirmou Matheus Souza.
De acordo com o delegado, quem praticou o crime teve como finalidade ocultar o corpo, “mas não conseguiu e pode ter deixado pista. É um crime bárbaro, com requintes de crueldade”.
As duas pernas continuam sendo examinadas no Departamento de Polícia Técnica (DPT) com o intuito de descobrir se há algum tipo de marca, tatuagem, cicatriz ou mesmo platina, para iniciar as primeiras investigações. Até o fechamento desta edição, a polícia ainda não havia encontrado o resto do corpo.




AS PERNAS
Ainda é um mistério para as autoridades policiais de Feira de Santana as duas pernas humanas encontradas em um terreno baldio por um cachorro, nas primeiras horas da manhã de quarta-feira (8). O terreno fica localizado no bairro São João do Cazumbá. Os dois membros inferiores de um corpo humano, que provavelmente foi esquartejado, foram encontrados dentro de dois sacos de nylon.
Segundo os moradores do bairro, um garoto viu um cachorro arrastar o saco e, ao ver um pé, pensou ser de um boi e chamou outras pessoas, que constataram serem pernas humanas. “Estava em casa quando o garoto chegou assombrado, falando que o cachorro estava comendo a perna de um boi. Quando fui ver, constatei que era de uma pessoa. Ainda não sabemos se era de homem ou mulher”, afirmou Antonio Carlos.

S I da 2ª Delegacia elucida homicídio da Matinha





Policiais do Serviço de Investigação da 2ª Delegacia, que tem o comando do delegado Madson Sampaio, apresentaram no final da tarde de quarta-feira (8) dois homens acusados de assassinarem, no dia 28 do mês passado, o jovem Marivaldo Lima Santos, 21 anos, residente no distrito de Matinha.
Os dois acusados foram identificados como Pedro da Silva da Purificação, 28 anos, o "Pedrinho", e Luiz Pereira da Silva, 21 anos, conhecido como "Lula". Eles foram ouvidos e liberados, porque se apresentaram à delegacia fora do flagrante – que é dado com até 48 horas.
Os dois vão responder pelo crime em liberdade, por enquanto. Mas o delegado Madson Sampaio deve pedir as prisões preventivas dos dois.
O CRIME
Na tarde de domingo (28/11), a polícia registrou um tiroteio ocorrido na localidade de Santa Quitéria, no distrito de Matinha, que deixou o saldo de um morto e dois feridos. Marivaldo Lima Santos, 21 anos, que residia na Matinha, morreu durante o tiroteio, enquanto, Roberval Oliveira Brito, 24 anos, e Genivaldo Lima Santos, 25, que estavam em companhia do primeiro, foram baleados e socorridos para o HGCA.
Segundo a polícia, os três, Marivaldo, Roberval e Genivaldo, se encontravam nas proximidades de um bar em Santa Quitéria, quando dois homens armados com pistola e revólver começaram a fazer vários disparos contra os três, que tentaram correr, mas foram baleados. Este crime será investigado pelo S I da 2ª Delegacia.

Assaltantes levam mais de 33 mil reais de posto de combustíveis





Na madrugada de quarta-feira (8), três homens fortemente armados assaltaram o posto de combustíveis Jaguar, localizado na BR-116 Norte, no bairro Novo Horizonte. O frentista Marcelo Araújo Oliveira, 28 anos, afirmou na delegacia que os bandidos chegaram num veículo Corola, de dados ignorados, se passando por clientes, pedindo que abastecesse o veículo.
Quando Marcelo se aproximou, os bandidos anunciaram o assalto. De acordo com a polícia, os bandidos, que estavam armados com pistolas e revólveres e usando brucutus, forçaram o funcionário do posto a levá-los até o escritório, de onde levaram a quantia de R$ 33.150, entre dinheiro, cheques e objetos.

Golpista adulterava 180 mil litros de Etanol semanalmente

Um depósito clandestino de combustível foi desativado quarta-feira passada (8), em Vitória da Conquista, por investigadores da 1ª Delegacia daquele município da região sudoeste, durante operação coordenada pelo delegado titular Fabiano Aurich. Apuração preliminar indica que chegava semanalmente ao depósito, localizado na Avenida E Quadra 50, Lote 45, no Parque Conveima, cerca de 180 mil litros de Etanol para serem adulterados.
Os policiais apreenderam quatro caminhões além de 45 mil litros de Etanol provavelmente adulterados. Amostras foram encaminhadas para exames laboratoriais para confirmar a fraude. De acordo com o delegado, fiscais da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) apuram o montante da sonegação fiscal e vão disponibilizar o laudo para a Polícia Civil, constituindo-se em peça comprobatória da falsificação. Os investigadores e fiscais encontraram no local apenas o vigia e não houve prisões.
Conforme as notas fiscais encontradas no escritório do depósito, o estabelecimento pertence à empresa Transportadora Irmãos Moreira Ltda., que já atua ilicitamente há algum tempo. Comprovada a fraude, o proprietário da empresa, Otávio Moreira, vai responder por crime contra a economia popular, adulteração de combustível e sonegação fiscal. O gerente, Daniel Prado Brito, que se encontra em Brasília, também será ouvido pelo delegado.
O golpe
O esquema, segundo indicam as investigações, funcionava da seguinte forma: a Transportadora Irmãos Moreira Ltda comprava combustível de vários fornecedores, estabelecidos nas cidades de Medeiros Neto, Jaíba (Minas Gerais), Feira de Santana, Santa Cruz Cabrália e Itabuna. O produto era adquirido legalmente, mas como a carga não passava pelos postos fiscais nas rodovias, os impostos deixavam de ser pagos.
Chegando a Vitória da Conquista o combustível tinha como destino o depósito clandestino, cujos lacres eram quebrados e o Etanol adulterado. Depois os tanques eram lacrados novamente e o produto distribuído a postos de revenda tanto em Conquista quanto em outros municípios.
Os policiais apuraram que vários donos de postos em Vitória da Conquista compravam o combustível adulterado e apreenderam notas de entrega aos Postos Guanabara, Surpresa, Dilubra, Transcoob, Passarela, entre outros, conforme os talões achados. A sede da Transportadora Irmãos Moreira fica situada à Rua Francisco Benjamin, 100, no município de Ibiassucê.
No escritório do depósito em Vitória da Conquista foi encontrado um computador que a Secretaria da Fazenda apreendeu para análise e averiguação de outras supostas fraudes. De acordo com o funcionário que fazia a adulteração do Etanol, quem estava à frente do esquema em Conquista era Daniel Prado Brito, sobrinho do proprietário da empresa. Os portões do depósito foram lacrados pelos fiscais da Sefaz. Caminhões também foram apreendidos e todos os envolvidos no golpe serão ouvidos pela polícia.

Homem é assassinado com vários tiros em Conceição do Jacuipe


José Caetano Batista da Silva, 30 anos, que residia no loteamento Ana Azevedo, Conceição do Jacuípe foi assassinado por volta das 23 horas, de quarta-feira (8) no mesmo município.
Segundo a polícia, a vitima se encontrava nas proximidades de sua residencia, quando foi surpreendido por homens que estavam montados em uma motocicleta de dados ignorados, onde o carona desceu e deflagrou vários tiros, acertando cabeça, torax e nas costas. Ele ainda foi socorrido para o hospital local, mais não resistiu e morreu.foi atingido por tiros que o atingiram na cabeça e nas costas.

O corpo de José caetano foi encaminhado para o Departamento de Polícia Tecnica (DPT) em Feira de Santana para fazer a Necropsia. O crime será investigado pela Polícia Civil local

Hoje: Polícia Federal faz operação contra crimes eleitorais na Bahia

A Polícia Federal realiza nesta quinta-feira (09) uma operação contra a compra de votos na Bahia. Segundo informações do delegado Fábio Marques, a "Operação Paga" cumpre um mandado de busca e apreensão e um de condução coercitiva - quando o suspeito é ouvido e liberado - em Salvador, dois mandados de busca e apreensão e dois de condução coercitiva em Itabuna e oito mandados de busca e apreensão e nove de condução coercitiva na cidade de Buerarema.

As investigações foram iniciadas em setembro por ocorrência do crime de compra de votos nas eleições deste ano no município de Buerarema. Os policiais identificaram um grupo comandado pelo ex Prefeito de Buerarema O.O.F., que orquestrou um esquema de compra de votos e cometimento de demais crimes eleitorais para favorecer a então candidata a deputada estadual Cláudia Oliveira e ao candidato a deputado federal Jutahy Magalhães.

No dia do primeiro turno das eleições, foram realizadas buscas na residência do ex prefeito da cidade e mais em dois locais, sendo encontrados envelopes contendo cadastramento de eleitores e quase quarenta mil reais para pagamento pelos votos.

Os candidatos beneficiados no esquema de compra de votos foram eleitos com quase a mesma quantidade de votos no município de Buerarema, em número que muito se aproxima aos eleitores cadastrados nas listas apreendidas, segundo a Pólícia Federal.

Durante as investigações, identificou-se um outro grupo, comandado pelo Policial Civil lotado em Salvador e candidato a Deputado Federal A.L.A.F., que também montou esquema para compra de votos, só que para beneficiar os candidatos a deputado estadual Heraldo Rocha e deputado federal Benito Gama. No entanto, este segundo grupo não teve a mesma sorte do primeiro, já que os candidatos beneficiados com a compra de votos não foram eleitos.

Os investigados estão sendo conduzidos para a Delegacia de Polícia Federal de Ilhéus e, após serem interrogados e indiciados, responderão em liberdade por compra de votos, boca de urna, transporte ilegal de eleitores e formação de quadrilha. Após a análise do material apreendido e dos interrogatórios dos investigados, será avaliada a possível participação dos candidatos nos crimes sob apuração.

Informações Acorda Cidade e Polícia Federal

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Cabo da Marinha suspeito de envolvimento com tráfico de drogas é preso

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC) prenderam um cabo enfermeiro da Marinha, suspeito de ter ligação com o chefe do tráfico dos Morros do Cajueiro e Congonhas, no subúrbio do Rio, e que estaria escondido na Vila Cruzeiro, no conjunto de favelas da Penha, na Zona Norte. De acordo com a polícia, o militar foi preso na tarde de terça-feira (7), em casa, na Penha.

Com base nas investigações, policiais descobriram ainda que o cabo comprou em seu nome um carro ano 2010, que era utilizado pela mulher do traficante.

De acordo com inspetores da DRFC, o suspeito foi levado por outros militares da Marinha na manhã desta quarta-feira (8) para o 1º Distrito Naval.
Informações do G1.com

Propostas para Copa 2014 apresentadas na SSP


O projetista Marc Duwe do grupo responsável pela construção da Arena Fonte Nova, que será um dos palcos da Copa de 2014, apresentou hoje (7), na Secretaria da Segurança Pública (Centro Administrativo), propostas para viabilização dos serviços essenciais durante o maior evento futebolístico do mundo. Estiveram presentes representantes das polícias militar, civil e técnica, além de integrantes de outras secretarias estaduais diretamente ligadas à realização do evento.

Na área da segurança pública foi apresentado um projeto para posicionamento da polícia dentro da arena e no entorno do complexo esportivo. Na ocasião foram mostrados também os locais onde ficarão dispostos os funcionários da área de saúde, além de sugestões referentes à melhoria do sistema de transportes públicos.

O subsecretário da Segurança Pública, Ary Pereira de Oliveira, informou que alguns ajustes serão necessários para atuação da polícia no atendimento a brasileiros e turistas. “Propomos algumas adaptações nos projetos apresentados, com o intuito de otimizar a operacionalidade das ações policiais, que tem as suas particularidades específicas”, afirmou.

Oliveira ressaltou ainda que desde agora a SSP está colocando em prática todo o processo de capacitação dos seus efetivos, além do projeto de construção de um centro de formação e treinamento de policiais, que será utilizado também durantes os jogos da Copa de 2014. “Estamos preparados para sediar esse importante evento, com a experiência de quem policia o maior carnaval do planeta, com eficiência atestada por outras instituições de defesa social”, concluiu o subsecretário.

Sequestrador foragido capturado pela polícia


Foragido desde maio do ano passado, Cláudio Oliveira Torres, o “Pisa Macio”, foi preso hoje (07), na cidade de Itaberaba, por policiais da 12ª Coordenadoria Regional de Polícia. Segundo informações do delegado Marcos Diógenes Lopes Maia, titular de Itaberaba, “Pisa Macio” fugiu da Delegacia de Alagoinhas no dia 14 de maio desse ano. Ainda de acordo com o delegado, o bandido era criminoso de alta periculosidade e seria recambiado para a cidade de Alagoinhas, onde estava preso acusado de participação em um seqüestro.

Ações de combate dão resultados positivos


Os resultados positivos das ações voltadas a coibir a venda de produtos pirateados e de origem clandestina na Bahia foram apresentados na tarde de ontem (7), em Brasília, pelo delegado Marcelo Tannus, coordenador do Grupo Especial de Proteção a Propriedade Intelectual (GEPPI), durante reunião do Conselho Nacional de Combate à Pirataria e Delitos Contra a Propriedade Intelectual (CNCP), órgão vinculado ao Ministério da Justiça. Destinada a avaliar a atuação dos estados e traçar novas diretrizes para o combate à pirataria, a reunião foi coordenada pelo presidente do CNCP, Rafael Favetti.

Entre janeiro e novembro deste ano o GEPPI apreendeu 195 mil mídias de CD e DVD, 45 mil maços de cigarros falsificados ou oriundos de outros países e sem o devido pagamento de impostos, 22 mil pares de óculos com as marcadas falsificadas, bem como centenas de camisas com etiquetas e marcas falsificadas. Neste período, 135 ocorrências foram registradas pelo GEPPI, que numa das operações em Salvador chegou a apreender no comércio ambulante 27 papelotes de cocaína escondidos em meio a CDs e DVDs.

De acordo com o delegado Marcelo Tannus, a fiscalização do GEPPI se estendeu a festivais musicais e grandes shows nacionais e internacionais realizados este ano em Salvador. Representantes do Grupo Especial de Proteção a Propriedade Intelectual também participaram de dois eventos com enfoque no combate à pirataria, organizados pelo Consulado dos Estados Unidos. Um deles aconteceu em Lima, capital do Peru, em maio, e o segundo em Recife, com a presença de representantes do FBI.

Legislação

Com sede na Ladeira dos Galés, em Brotas, o GEPPI realiza um trabalho diário de fiscalização, geralmente em áreas de comércio informal e nos “laboratórios” onde a “pirataria” é produzida. Marcelo Tannus enfatiza que o objeto de atuação do grupo é a “pirataria” sobre todos os produtos que envolvam marcas de propriedades, como programas de computadores, tênis, roupas, brinquedos e acessórios diversos.

O coordenador assinala ainda que nos casos de mercadorias de marcas, a empresa prejudicada deve entrar com representação no GEPPI, para que providências sejam adotadas com base na legislação em vigor. O artigo 184, parágrafos 1º e 2º prevê penas de 2 a 4 anos de reclusão para os envolvidos em crime de “pirataria”.

Em Salvador, as estações de transbordo da Lapa e da Rodoviária são os locais com maior incidência de venda de CDs e DVDs “piratas”. No interior do estado, Feira de Santana, Alagoinhas e Vitória da Conquista são os municípios onde o comércio de produtos “pirateados” é mais intenso. A comunidade pode denunciar a “pirataria” através do telefone do GEPPI: (71) 3116-2121.

Arrombador é linchado após invadir residência


Cláudio Alves da Silva foi linchado por populares na tarde de terça-feira (7), no bairro Sim, após o mesmo ter arrombado uma residência e subtraído, uma bicicleta, jóias, roupas e outros objetos. Policiais militares da lobo 20 que pertence à 66ª Companhia Independente de Polícia Militar, se encontravam nas proximidades do Bairro Sim, quando foram solicitados pela Central de Polícia.
De acordo ainda com os militares, a Central de Polícia passou informação que um homem estava sendo espancado por populares. Os policiais foram até o local no bairro do SIM, e encontraram Cláudio da Silva sendo linchado por populares, imediatamente os militares interromperam o espancamento.
O arrombador ainda mostrou o matagal, onde estava escondido o restante dos pertences da residência. Ele foi socorrido pelos militares e encaminhado para o Hospital Dom Pedro de Alcântara (HDPA). Depois de ser medicado, Claudio foi conduzido para 2ª Delegacia e autuado em flagrante por roubo.

Militares apreendem dois menores infratores com arma de fogo

Policiais da Guarnição Especial Tático Operacional (GETO) da 65ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), sob o comando do Sargento Silva Santos com apoio dos soldados Araujo, Cleilton e Bitencort apreenderam dois menores infratores de 15 anos. A dupla de infratores foi flagrada, na noite de terça-feira (7) com uma arma de foto, tipo revolver calibre 22, na Rua Tabuaçu, na localidade conhecida como Monte Pascoal, nas proximidades do Conjunto Feira IX.
O Sargento Silva Santos afirmou para reportagem, que fazia ronda normal pela localidade, e quando os menores demonstraram suspeita que teriam ou estavam praticando algum crime. “Os abordamos e flagramos a dupla com a arma, quero ressaltar que os menores são apontados por moradores da localidade que são acusados de cometerem vários assaltos nos Conjunto Feira IX, Feira IV, Morada do Sol entre outros”.
A dupla foi encaminhada para Delegacia do Adolescente Infrator (DAÍ), onde estão a disposição justiça.

Mistério: Duas pernas humanas são encontradas em terreno baldio


Ainda é mistério para as autoridades policiais de Feira de Santana, as duas pernas humanas encontradas em um terreno baldio, por um cachorro, localizado no bairro São João do Cazumbá, nas primeiras da manha de hoje (8). Os dois membros inferiores de um corpo humano, que provavelmente foi esquartejado foram encontrados dentro de dois sacos de nylon.


Segundo os moradores do bairro, um garoto viu um cachorro arrastar o saco e ao avistar um pé pensou ser de um boi e chamou outras pessoas que constaram que seriam restos mortais de uma vítima de assassinato. “Estava em casa quando o garoto chegou assombrado, falando que o cachorro estava comendo uma perna esquecida de um boi, quando foi ver, constatei que era de uma pessoa, ainda não sabemos, se era de um homem ou uma mulher”. Afirmou Antonio Carlos.

Os peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) juntamente com, policiais plantonistas da 1ª Delegacia compareceram no local e realizaram o apanhamento das pernas e realizar as primeiras investigações, para descobrir que sexo é, e depois saber quem é a pessoa e o que aconteceu.




Os moradores ficaram assustados com aparecimento das duas pernas. Policiais militares e civis com os peritos, ainda procuraram os restos mortais, já que só encontraram duas pernas.

Policial que alterou em blitz encontra-se preso no Batalhão de Choque


O policial militar, José Roberto Brito da Paixão, 38 anos, lotado no CAEL foi encaminhado na noite de terça-feira para o Presídio Militar, localizado no Batalhão de Choque de Lauro de Freitas. O soldado José Roberto foi acusado pelo Tenente Francisco Junior de alterar uma abordagem policial na Praça do Nordestino, no inicio da noite de terça-feira (7).
DISPAROS
No inicio da noite de terça-feira (7), em pleno Centro da Cidade precisamente na Praça do Nordestino, horário de pico, onde os trabalhadores e estudantes estão retornando para suas residências. Quando um policial a paisana, ou seja, fora de serviço resistiu a uma abordagem policial comandada pelo Tenente Francisco Junior.
Na ocorrência do hospital o tenente Francisco Junior afirmou que, existia uma blitz policial, nas mediações do Nordestino e quando o veículo Gol, vermelho, de placa KIB-2210, conduzido pelo soldado José Roberto Brito da Paixão foi parado pela blitz para ser abordado, o mesmo reagiu à abordagem, e em seguida sacou a arma da cintura, aonde a mesma veio a disparar acertando um policial militar que estava a serviço e outro disparo acertou a própria coxa do acusado.
José Roberto foi socorrido para o Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA), enquanto o policial que estava de serviço foi encaminhado para o EMEC. Após José Roberto ser medicado, o mesmo foi preso por uma guarnição da Polícia Militar e conduzido para o Batalhão de Choque.
TRANSPORTE CLANDESTINO
Segundo testemunhas, tudo começou, quando prepostos da Secretaria de Municipal de Transporte e Transito, pararam o veiculo conduzido pelo policial José Roberto. Ao perceber, que o mesmo fazia transporte clandestino, os fiscais da SMTT, queriam apreender o veiculo. “Ai começou o bate-boca, nesse mesmo, tempo, uma guarnição da Polícia Militar, comandada por um Tenente passava pelo local e ao parar, para saber o que estava acontecendo, verificaram que se tratava de um policial que estava com arma em punho, falando que ninguém apreenderia seu veiculo”.
De acordo ainda com testemunha.“O tenente se aproximou e pediu a arma do policial e que o mesmo, o acompanhasse até o batalhão, para resolver o problema, mas, o policial a paisana, disse mais uma vez, que ninguém apreenderia o veiculo e ninguém tomaria a sua arma. O tenente encostou e segurou na arma do policial, ficou naquela, toma, não toma, a arma disparou e acertou a perna do próprio policial (José Roberto) e outro disparo acertou um policial que estava de serviço”.


COMANDO
O Coronel Hélio Godim, Comandante da Região Leste da Polícia Militar afirmou para reportagem que existem uma operação “Feira em Paz”, que é realizada em todos os cantos da cidade e principalmente nessa época, as operações estão sendo feitas mais no Centro da Cidade. E no final tarde de terça-feira, tinha uma blitz comandada pelo Tenente Francisco Junior e quando o companheiro “soldado José Roberto” passava o veiculo foi abordado e infelizmente o policial reagiu a prisão, sacando a arma da cintura e ocorrendo todo esse incidente que acabou baleando o próprio e um policial que estava a serviço.
Hélio Godim afirmou ainda que o policial foi encaminhado para Corregedoria da Polícia Militar para ser ouvido e depois o mesmo vai ser encaminhado para o Batalhão de Choque. “Enquanto a respeito se ele estava ou não fazendo transporte clandestino, existem um órgão na cidade SMTT que fiscaliza esse tipo de infração e que também policiais militares também podem fiscalizar desde quando ocorra alterações nas apreensões dos veículos que fazem transportes irregulares na cidade. Também vamos investigar se o policial estava ou não fazendo ligeirinho ”.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Transporte Clandestino: Policial baleou outro após desentendimento

No inicio da noite de hoje (7), em pleno Centro da Cidade, Um Oficial da Polícia Militar, de Feira de Santana, baleou outro militar, que se encontrava fora de serviço, fazendo transporte clandestino. Segundo testemunhas, tudo começou, quando prepostos da Secretaria de Municipal de Transporte e Transito, pararam um veiculo de dados ignorados, conduzido por um policial militar da CAEL.
Ao perceber, que o policial fazia transporte clandestino, os fiscais da SMTT, queriam apreender o veiculo. “Ai começou o bate-boca, nesse mesmo, tempo, uma guarnição da Polícia Militar, comandada por um Tenente passava pelo local e ao parar, para saber o que estava acontecendo, verificaram que se tratava de um policial que estava com arma em punho, falando que ninguém apreenderia seu veiculo”.
“O tenente se aproximou e pediu a arma do policial e que o mesmo, o acompanhasse até a delegacia, para resolver o problema, mas, o policial a paisana, disse mais uma vez, que ninguém apreenderia o veiculo e ninguém tomaria a sua arma. O tenente encostou e segurou na arma do policial, ficou naquela, toma, não toma, a arma disparou e acertou a perna do policial”. Afirmou um comerciante que presenciou toda cena.
O policial a paisana foi socorrido para o Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA). O caso deve ser encaminhado para o 1° Batalhão de Polícia Militar, já que policial militar não pode ter outra atividade.

Ondas de assaltos a bancos: Bandidos desafiam as polícias


A onda de assaltos, arrombamentos, explosões em agências bancárias em toda Bahia, principalmente a agências do Banco do Brasil, tem preocupado muito a população. Os assaltos têm crescido assustadoramente e, mesmo com todo o trabalho realizado pela polícia, os bandidos continuam desafiando.
A agência do Banco do Brasil de Livramento não abriu na manhã de ontem (07), devido à informação de que o gerente teria sido sequestrado juntamente com sua família, tendo sido conduzidos para o município de Caetité. Segundo informações do Major Macedo Brito, comandante da 46ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Livramento, ficou sabendo dos fatos na tarde de ontem (07). “Os sequestradores fizeram o gerente do banco e sua família de refém ontem e o gerente foi ao trabalho hoje para, provavelmente, sacar o dinheiro; e, segundo informações, saiu da cidade por volta das 10 horas, com destino a Caetité”, afirmou o comandante.
A polícia, que ainda não sabe o horário do sequestro, esteve todo momento na residência do gerente, em Livramento. Os fatos ainda não foram registrados na Polícia Civil local, como também o valor pago pelo resgate ainda não foi revelado.

QUEIMADAS

Uma ação ousada de seis assaltantes deixou um morto no município de Queimadas, a 300 km de Salvador, na manhã de quarta-feira (1). Além de assaltar a agência do Banco do Brasil do município, os assaltantes ainda atiraram contra uma viatura da polícia militar que estaria parada em frente à sede da prefeitura.

Na ação, o marido da vereadora Ivanivalda dos Santos Silva reagiu, foi baleado e não resistiu aos ferimentos. De acordo com testemunhas, os bandidos, que estavam armados com pistolas e um fuzil, fugiram em dois carros e levaram o gerente e mais dois seguranças do banco como reféns.
O gerente da agência assaltada e um dos seguranças foram liberados na saída da cidade, porém, até às 13h (horário local) não havia informações sobre o segundo segurança. O valor levado pelos assaltantes também não foi divulgado.


CANDEAL
Um banco da cidade de Candeal, localizada a 160 km de Salvador, foi assaltado na madrugada deste sábado (06/11). Com um maçarico, os bandidos arrombaram dois caixas eletrônicos que estavam na agência. Eles também cobriram o equipamento com uma lona para que a luminosidade provocada pelo maçarico não fosse percebida.

Um morador de uma casa vizinha à agência, que preferiu não ser identificado, percebeu uma movimentação dentro do terminal por volta de 2h30 da madrugada. Com medo, ele saiu de casa e tentou ligar para a polícia, mas não conseguiu, nem de um telefone fixo nem de um celular.


TEODORO SAMPAIO
Um grupo de assaltantes explodiu, por volta de duas e meia da madrugada de quinta-feira (4/11), a agência do Banco do Brasil, na cidade de Teodoro Sampaio, a 89 quilômetros de Salvador. Eles levaram todo o dinheiro que estava nos caixas eletrônicos. Segundo a Polícia Militar, a agência foi completamente destruída e a explosão pode ter atingido casas vizinhas.


OLIVEIRA DOS BREJINHOS
Mais de dez homens armados levaram pânico aos moradores da cidade de Brejinhos, 593 quilômetros de Salvador, na manhã do dia 4 do mês de Novembro. Eles chegaram atirando e ameaçando os clientes do Banco do Brasil, que estava cheio no momento do assalto.
Os ladrões roubaram o dinheiro dos caixas e do cofre, além de objetos de alguns clientes. Na fuga, a quadrilha obrigou moradores a fazer um cordão de isolamento entre a saída da agência e o carro usado para escapar. Eles fugiram levando oito reféns que foram liberados na saída da cidade.




CONCEIÇÂO DO JACUIPE
Uma quadrilha assaltou, por volta das 3 horas do dia 28 do mês de outubro, a agência do Banco do Brasil do Município de Conceição do Jacuípe, a 94 km de Salvador. Os bandidos utilizaram maçaricos para arrombar dois caixas eletrônicos e danificaram as câmeras de segurança da agência. Circularam na cidade informações de que os criminosos haviam usado bombas no assalto, mas isso não foi confirmado.
Durante a ação, um dos caixas eletrônicos arrombados apresentou curto circuito e o fogo acabou atingindo o teto da agência, que é de isopor. O incêndio chamou a atenção de populares da região, que entraram em contato com a polícia ainda sem saber que se tratava de um assalto.

Morador de rua assassinado com vários tiros no Feira X

O morador de rua Renato Maciel Santos, 23 anos foi assassinado com vários tiros na madrugada de hoje (7). Ele foi assassinado na Rua L, caminho C-20, em frente à residência nº 2, no conjunto Feira X, por volta de 1 hora.

Segundo a polícia, a vítima se encontrava na frente de uma residência, quando dois homens desconhecidos ainda pela polícia, se aproximaram e um dos assassinos, sacou a arma da cintura e deflagrou vários tiros acertando cabeça e tórax de Renato Maciel, que não resistiu e morreu.
O crime está sendo investigado pelo Serviço de Investigação da 1ª Delegacia, que tem o comando do delegado Matheus Souza.

Em fim: Bruno é condenado há 4,5 más ainda é pouco; Afirma Pai de Eliza

A Justiça do Rio condenou o goleiro Bruno por cárcere privado, lesão corporal e constrangimento ilegal contra Eliza Samudio. Na sentença, o atleta é condenado a cumprir 4 anos e 6 meses de prisão. Macarrão também foi condenado, mas a 3 anos.

Em 2009, a ex-amante do atleta registrou queixa na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher, acusando-o de sequestro, agressão e ameaça. A intenção, segundo ela, seria obrigá-la a abortar um filho que seria dele. Bruno nega as acusações.



Procurado pelo G1, o advogado Claudio Daledone, que assume a defesa de Bruno no Rio, afirmou que vai entrar com recurso ainda nesta terça-feira (7). "Eles estavam indefesos e o próprio juiz neste processo declarou os réus indefesos. Vamos recorrer exatamente por causa dessa defesa deficitária. Não entramos no caso antes porque não queria chancelar uma defesa que teria um fim trágico, como teve", afirmou ele, referindo-se à decisão anterior em que a Justiça afastou os antigos advogados do atleta do caso.

Entenda o caso
Eliza desapareceu em junho deste ano. Em Minas Gerais, Bruno e outros oito réus respondem pelo desaparecimento e morte de Eliza Samudio.

A Justiça já ouviu todos os acusados em audiências no mês de novembro. A Juíza responsável pelo caso, Marixa Fabiane Rodrigues, tem até o dia 10 de dezembro para informar se os réus vão ou não a júri popular.






O motorista de Bruno, Flávio Caetano de Araújo, um dos réus do caso, foi solto da prisão no último dia 27 de novembro. Ele teve habeas corpus concedido pelo Justiça mineira após cerca de cinco meses. Segundo da Secretaria de Estado e Defesa Social, os outros oito réus permanecem detidos em presídios da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O goleiro Bruno; Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão; Sérgio Rosa Sales; Dayanne Souza; Elenilson Vítor da Silva; Flávio Caetano; Wemerson Marques; e Fernanda Gomes de Castro respondem na Justiça por homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado, ocultação de cadáver e corrupção de menor. Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, é o único que responde por dois crimes. Bola foi denunciado por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. Todos os acusados negam o crime.
As informações e fotografias são do G1.

Foragido do Paraná preso em Feira após estuprar filha de 13 anos

O foragido da Justiça do Paraná, Zaqueu de Almeida, 41 anos foi preso na noite de segunda-feira (6), no bairro Sim, por policiais do Serviço de Investigação da Delegacia Especial de Atendimento a Mulher (DEAM), que tem o comando da delegada interina Ana Virginia, após ser acusado de estuprar uma filha de 13 anos.
A companheira de Zaquel, nome foi mantido em sigilo, prestou queixa na DEAM, acusando o companheiro de estar abusando da filha de 13 anos. As informações chegadas a Imprensa, não explica desde quando e como ocorriam os abusos praticados por Zaquel.





Os investigadores da DEAM conduziram o acusado para delegacia, onde foi autuado em flagrante por estupro, depois, ele foi conduzido para Carceragem do Complexo Policial Investigador Bandeira. Na delegacia, Zaquel ficou o tempo todo calado e não quis falar com a reportagem.
De acordo ainda com os investigadores da DEAM, Zaquel responde o crime de tráfico de drogas, no Estado do Paraná, onde cumpria pena no regime semi-aberto, mas, desde quando ele veio para Bahia, deixou de cumprir. Ele deve ser recambiado para ao Paraná, cumprir o resto da pena dele por tráfico e depois a do estupro que vitimou a própria filha.

Assaltantes de bancos presos em feira já foram transferidos

Os três assaltantes de bancos (Darlon Amaral Pereira, 26 anos, Genário de Jesus Oliveira, o “Socó”, 33 anos, e Aleandro Ferreira de Oliveira, 24 anos) presos na madrugada de sábado (4) foram transferidos para delegacia de Monte Santo. Uma equipe de policiais civis da 19ª Coordenadoria de Polícia do Interior, com uma equipe formada por um delegado e quatro investigadores acompanhou a transferências dos acusados.

PRISÂO
A Polícia Civil de Feira de Santana prendeu três assaltantes de bancos, na madrugada de sábado (4), durante a Operação Visão Noturna. Foram presos Darlon Amaral Pereira, 26 anos, Genário de Jesus Oliveira, o “Socó”, 33 anos, e Aleandro Ferreira de Oliveira, 24 anos.
Eles são acusados de vários assaltos na região de Monte Santo, Queimadas e Senhor do Bonfim, inclusive o último assalto em Queimadas, ocorrido na semana passada, no qual mataram um morador da cidade e balearam um policial militar.





INVESTIGAÇÃO DA 19ª COORPIN
Quatro dias depois de assaltarem o caixa eletrônico do Banco Bradesco instalado no prédio da Prefeitura de Monte Santo, foram presos, por investigadores da 19ª Coorpin/Monte Santo e da 1ª Coorpin/Feira de Santana, Agapito da Silva Brito, o “Gapia”, Marinalva Salvador da Silva, a “Nalva”, Gerônimo Dias de Oliveira, conhecido por “Gilson”, Aleandro Ferreira de Oliveira, o “Leandro”, Genário de Jesus Oliveira, o “Socó”, e Darlan Amaral Ferreira, os dois últimos naturais de São Paulo. Na ocasião, os criminosos levaram R$ 33 mil.

Conversa com o Governador volta e destaca Educação e infraestrutura


Após cinco meses, o programa de rádio do governador Jaques Wagner volta, nesta terça-feira (7), às suas edições destacando ações governamentais nas áreas da educação e infraestrutura. Wagner também anuncia a vinda do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mais uma vez à Bahia, nesta sexta-feira (10), para participar da formatura dos alunos do Todos pela Alfabetização (Topa), e assinar a Ordem de Serviço da Ferrovia da Integração Oeste/Leste (Fiol), obra prioritária do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Sobre a construção da ferrovia, Wagner ressalta ser “um momento de glória” a concretização de um “projeto que estava nas gavetas havia mais de cinqüenta anos. Uma obra importante, porque vai trazer muito desenvolvimento para o oeste e por todo o percurso até Ilhéus, no novo porto”.

O governador ressalta a importância da presença de Lula na formatura de mil alunos - representando 281 mil – que foram alfabetizados pelo Topa. “Eu sei que o Presidente gosta muito do programa porque para ele a educação é fundamental. Nós vamos fazer uma festa de agradecimento por tudo o que ele fez nesses oito anos pela Bahia, e não teria melhor forma de festejá-lo, se não por nosso programa”.

Para Wagner, com os novos formandos, o governo atingiu o número de 953 mil alfabetizados, incluindo os que estão em sala de aula. Ele afirma que, no segundo mandato, o foco será “muito no ensino fundamental”, e enfatiza que a idéia é fazer parcerias entre as prefeituras e a Secretaria da Educação do Estado para que a Bahia possa superar os níveis em que ainda se encontra.

“Nós tivemos uma evolução na última avaliação - até ultrapassamos os objetivos colocados, mas isso não me satisfaz. Quero que a gente tenha um ensino fundamental igualado aos melhores do País. Esse é um desafio”, enfatiza o governador. Ele diz ainda que o outro desafio é continuar ampliando o número de vagas e universidades públicas federais – a intenção é implantar a Universidade Federal do Oeste.

O programa Conversa com o Governador é produzido pela Assessoria Geral de Comunicação do Governo da Bahia (Agecom) e veiculado toda terça-feira pela Rádio Educadora FM 105 MHz, às 7h30, e reproduzido por vários veículos de comunicação, além de ficar disponível na página www.comunicacao.ba.gov.br/conversa e pelo telefone 0800-071-7328.

Informações Agecom/BA
Foto Manu Dias Agecom

Roubou, agrediu e foi preso na Barros Reis

Após ser denunciado pela companheira foi preso por policiais civis da Delegacia Especial de Proteção a Mulher de Feira de Santana (DEAM), Zaqueu de Almeida, 41 anos, morador do bairro Sim. A polícia apurou que ele também é acusado de tráfico de drogas no estado do Paraná.

A esposa de Zaquel, cujo nome foi mantido em sigilo, prestou queixa na delegacia, acusando o companheiro de estar abusando da filha de 13 anos. Ela não explicou desde quando e como ocorriam os abusos. A prisão do acusado aconteceu na noite de segunda-feira (6).
O acusado ficou calado na delegacia e não quis gravar entrevista com o repórter Denivaldo Costa. Um policial informou que Zaquel estava no regime semi-aberto , concedido pela justiça do Paraná.

A delegada Ana Virginia dos Santos, titular interina da DEAM, aututou o acusado, após ouvir todos os envolvidos. Zaquel permanece preso no xadrez do Complexo Policial Investigador Bandeira.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Assaltantes de bancos foragidos da justiça presos em Feira

A Polícia Civil de Feira de Santana prendeu três assaltantes de bancos, na madrugada de sábado (4), durante a Operação Visão Noturna. Foram presos Darlon Amaral Pereira, 26 anos, Genário de Jesus Oliveira, o “Socó”, 33 anos, e Aleandro Ferreira de Oliveira, 24 anos.
Eles são acusados de vários assaltos na região de Monte Santo, Queimadas e Senhor do Bonfim, inclusive o último assalto em Queimadas, ocorrido na semana passada, no qual mataram um morador da cidade e balearam um policial militar.
Os três bandidos foram conduzidos para o Complexo Policial Investigador Bandeira e, em seguida, transferidos para Coordenadoria de Polícia Civil do município de Senhor do Bonfim.


O coordenador interino da 1ª Coorpin de Feira de Santana, delegado Madson Sampaio, que estava à frente da operação realizada na madrugada de sábado, que prendeu os três bandidos, afirmou para reportagem que o Serviço de Investigação da Polícia Civil descobriu que os assaltantes de bancos estavam escondidos em um sítio na região de Monte Santo e que os mesmos iriam passar por Feira de Santana na madrugada de sábado (04).
“Armamos uma campana e conseguimos prendê-los. Eles já respondem por assaltos a bancos e estavam com prisões preventivas decretadas pela Comarca de Monte Santo”, afirmou Madson Sampaio.
Genário apontado como chefe da quadrilha





INVESTIGAÇÃO DA 19ª COORPIN
Quatro dias depois de assaltarem o caixa eletrônico do Banco Bradesco instalado no prédio da Prefeitura de Monte Santo, foram presos, por investigadores da 19ª Coorpin/Monte Santo e da 1ª Coorpin/Feira de Santana, Agapito da Silva Brito, o “Gapia”, Marinalva Salvador da Silva, a “Nalva”, Gerônimo Dias de Oliveira, conhecido por “Gilson”, Aleandro Ferreira de Oliveira, o “Leandro”, Genário de Jesus Oliveira, o “Socó”, e Darlan Amaral Ferreira, os dois últimos naturais de São Paulo. Na ocasião, os criminosos levaram R$ 33 mil.
A captura do sexteto aconteceu neste final de semana em duas operações realizadas de forma quase simultânea. A primeira aconteceu em Monte Santo, na casa de Agapito e Marinalva, onde também se encontrava o comparsa “Gilson”. Na sequência, os policiais prenderam, na zona urbana de Feira de Santana, os outros três criminosos. O trio foi abordado pelos policiais quando tentava fugir a bordo de um veículo cujas características já tinham sido enviadas pelos policiais da 19ª Coorpin às equipes da 1ª Coorpin.
Em Monte Santo, na casa de Agapito, os policiais apreenderam uma espingarda calibre 12 com numeração raspada, muita munição de diversos calibres, dezenas de celulares, entre eles um aparelho sofisticado com carregador solar acoplado, um veículo Gol, cor preta, placa policial DPJ-9700, uma motocicleta, cor amarela, placa policial ECI-0260, e R$ 2.337,00 em espécie, que estava escondido dentro de meias. Os policiais apreenderam também vários objetos usados no assalto.

Militares do Tático Móvel prendem mais um traficante


Policiais do Pelotão Tático Móvel (4),sob o comando do Soldado Ivan Fernandes, com apoio dos soldados Paulo Brito, Adorno e Aderval prenderam na manhã de ontem (6), mais um traficante de maconha,que atuava no bairro Queimadinha. Desta vez, o acusado foi identificado como Maxsuel Ismit da Silva, 23 anos.
Com eles os militares apreenderam 66 trouxas de maconha, pronta para venda e um papelote de cocaína. Segundo os militares, a guarnição fazia ronda normal pela Queimadinha, precisamente pela Rua Pernambuco, quando flagraram o acusado, com um saco plástico nas mãos, onde continha as trouxas de maconha.
Maxsuel Ismit foi conduzido para Delegacia de Tóxicos Entorpecentes (DTE), onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. O acusado reside no mesmo bairro onde foi preso.

Mais Vinte presos são transferidos


No final da manhã de hoje (6), mais Vinte presos da carceragem do Complexo Policial Investigador Bandeira foram transferidos para o Conjunto Penal Lemos de Brito em Salvador. As transferências aconteceram sob um forte esquema de segurança.
Na semana passada, o diretor do Departamento de Policia do Interior (Depin), delegado Bernardino Brito Filho veio ao Complexo e viu de perto a situação e autorizou a transferência dos presos para a capital do estado.

Havia 175 presos nas celas e estavam causando insatisfações e podendo gerar tumultos e possíveis rebeliões. A justiça autorizou através de alvarás de solturas, a liberação de 10 detentos que respondiam por crimes de menor potencial. A medida foi tomada para amenizar a situação da superpopulação carcerária.
Segundo o coordenador interino da Policia Civil, delegado Madson Sampaio, com a transferências de mais 20 ficaram 133 presos, mas acredita que esses números é de aumentar, já que o fluxo de conduções e flagrantes é constante. Madson afirmou ainda que nas próximas horas haja mais transferências para presídios de outras cidades.

Menor apreendido após deflagrar tiros em festa de pagode


Policiais do Pelotão Especial da 64ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), sob o comando do Soldado Peixinho, com apoio de Nunes e Marcel apreenderam no final da tarde de domingo, por volta de 17 horas, um menor, de 17 anos, no final da tarde de domingo, no interior de uma festa de pagode realizada na Rua Ccastro Alves.
De acordo com o soldado Peixinho, a guarnição fazia ronda no Centro da Cidade e, ao transitar pela Rua Castro Alves, nas proximidades de onde acontecia o pagode, ouviu um disparo de arma de fogo no interior da festa. “O tumulto foi grande, com pessoas correndo para todos os lados. Entramos na festa e conseguimos prender o acusado”, afirmou Peixinho.
Outras guarnições compareceram ao local da festa, fazendo abordagem a várias pessoas que se encontravam no interior e fora da festa, à procura de armas e para saber se alguém foi ferido pelos disparos de arma de fogo. “Ninguém foi ferido”, afirmou o soldado Peixinho.
O menor foi encaminhado para Delegacia do Adolescente Infrator (DAI).