sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

“É Possível Vencer”: Profissionais discutem trabalho do Crack



Os profissionais que irão atuar no programa “Crack, é possível vencer” se reuniram nesta quinta-feira, 16, para debater o trabalho que será realizado na campanha de combate ao uso de entorpecentes em Feira de Santana. O programa é coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, com parceria das secretarias de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos (Seprev), Saúde e Cultura, Esporte e Lazer. O encontro aconteceu na sala de reuniões da Seprev.

Com as explicações do secretário da Seprev, Mauro Moraes e de Guardas Municipais que foram qualificados para a campanha, os assistentes sociais dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Centro Pop e também profissionais da saúde puderam conhecer como será realizado o trabalho em parceria entre os órgãos.


O trabalho vai contar com um aparato de cem homens, sendo 80 da Polícia Militar e 20 da Guarda Municipal. Dois ônibus de monitoramento, duas motos e duas viaturas, além de equipamentos de segurança, foram disponibilizados para realizar o serviço nos dois bairros escolhidos para o enfrentamento das drogas – Baraúnas e Queimadinha.


“Temos que ter uma atitude humanitária, pois sempre estaremos lidando com pessoas que precisam de ajuda. Por isso é importante essa integração entre os diversos núcleos que farão um trabalho especifico que envolvem saúde, atividades sociais e segurança”, ressaltou Mauro Moraes.


O Secretário de Desenvolvimento Social, Ildes Ferreira também participou da reunião e lembrou a importância do trabalho de cada um. “Abraçamos esse programa e mesmo sabendo das dificuldades temos que fazer a nossa parte para tentar diminuir essa realidade em nossa cidade”.


As informações são da Secom.

Nenhum comentário: