terça-feira, 15 de maio de 2012

Assassinos de turista são capturados em Ilhéus

Dois homens apontados como mandantes do homicídio da turista Maria Cecília de Abreu, 58 anos, morta com três tiros, em um quarto do Village Back Door Hotel, em Ilhéus, no dia 26 do mês passado, foram apresentados à imprensa, nesta tarde de terça-feira (15), pela delegada Adriana Paternostro, titular da Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur/Ilhéus). A turista paulista fora assassinada por engano, no lugar do verdadeiro alvo dos criminosos, a italiana Rossana Colleoni, 58, proprietária do hotel.
Os italianos Andrea Peruzzi, e Ricardo Campanella foram apresentados a Imprensa na tarde de hoje

De acordo com a titular da Deltur/Ilhéus, o ex-marido e o ex-sócio de Rossana, os italianos Andrea Peruzzi, 39, e Ricardo Campanella, 52, respectivamente, presos alguns dias depois do crime, em cumprimento a mandado de prisão, teriam encomendado a morte da empresária para apropriarem-se do hotel. “Rossana e a turista Maria Cecília têm as mesmas características físicas, o que induziu os criminosos ao engano”, disse a delegada.

Embora Ricardo e Andrea neguem serem os mandantes do assassinato, o pedreiro desempregado Jessé Oliveira dos Santos, 23, preso na quinta-feira passada, em uma rua próxima de sua residência, no bairro São Miguel, em Ilhéus, confessou à titular da Deltur ser o autor dos disparos que atingiram a vítima na boca, abdômen e punho. Ele encontra-se recolhido no Presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus.

Jessé declarou ainda ter entrado no quarto ocupado pela cabeleireira Maria Célia e outra turista, também procedente do município paulista de Tatuí, acompanhado de Antônio César Souza Linhares, que está foragido. Um terceiro homem, de prenome Elias, também foragido, permaneceu na recepção do hotel dando cobertura aos comparsas.

Natural da cidade Feira de Santana, Jessé mudou-se para Ilhéus há cerca de 40 dias, em busca de trabalho. Usuário de droga, o pedreiro declarou que sua participação no crime foi negociada com Antônio César, mediante o pagamento de R$ 800,00. As investigações conduzidas pela delegada Adriana Paternostro indicam que Antônio teria recebido R$ 10 mil, dos italianos para matar Rossana.

Arrombamento

Os policiais da Deltur/Ilhéus chegaram até Andrea, Ricardo e Jessé, depois de analisarem as imagens do circuito de segurança do hotel que mostram o automóvel Gol usado pelos criminosos na fuga. Os investigadores descobriram que o veículo fora alugado, na véspera do crime, em nome de Andrea.

Na manhã do último dia 26, Jessé, Antônio e Elias foram até o Village Back Door Hotel, onde renderam duas recepcionistas e o padeiro que entregava pães para o café da manhã dos hóspedes. Ao abordarem as funcionárias do hotel, eles perguntam qual era o quarto ocupado por Rossana, que residia no estabelecimento.

Jessé e Antônio arrombaram a porta do quarto que, duas noites antes, havia sido ocupado por Rossana, mas que, naquela manhã, estava vazio. Na busca pelo alvo, decidiram invadir o quarto em frente, onde estavam Maria Cecília e a amiga, também procedente de São Paulo. Ao entrarem no aposento, anunciaram um assalto e efetuaram os disparos contra a cabeleireira que morreu no local. Os bandidos levaram a bolsa da companheira de quarto da vítima, mas ignoraram o dinheiro do caixa do hotel e os pertences dos funcionários que estavam na recepção.

Autuados por homicídio, Andrea Peruzzi e Ricardo Campanella encontram-se custodiados na carceragem da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Ilhés). A polícia intensificou as buscas a Antônio César Souza Linhares e a Elias, o quarto envolvido no crime. Assim como o pedreiro Jessé, eles residiam no bairro São Miguel.

Fonte e Foto SSP-BA

5 comentários:

Anônimo disse...

Eu queria fazer uma pergunta!...o blogueiro que escreveu está e outras reportagem foi a escola?escreve tudo errado,isso nada mais é que um blog sensacionalista de 5ª,que utiliza a desgraça para se promover.Vocês pedem a autorização da família das vitimas para postar as fotos dos cadáveres?isso é crime,só posta fotos de pessoas de baixa renda,que a família não tem acesso a internet,quero ver vocês divulgarem fotos dos burgueses pra rolar processo e até a proibição do blog.Por que não posta sobre as falcatruas de Tarcísio Pimenta?ah,esqueci que ele é o prefeito,politico não comete crime né?toma vergonha na cara que os verdadeiros ladrões estão na politica.Claro que sobre isso neguinho cala a boca,afinal o pobre sempre é o culpado.Que fazer jornalismo,então,para de omitir outros fatos também.Não estou defendendo os criminosos que tem as fotos estarrada no blog,mais queria lembrar que existem outros também:os de paleto e gravata,esses vocês não falam.Esses aqui não usam black tie.Isso não é jornalismo!... uma critica construtiva para o blogueiro.Será que vai aprovar meu comentário?

Anônimo disse...

PENA DE MORTE PARA CRIMES HEDIONDOS COMPROVADOS:

Fundamento: Um governo tem que deixar de lado a hipocrisia quando toca neste assunto, um criminoso não pode ser tratado como celebridade, criminosos reincidentes já tiveram sua chance de mudar e não mudaram, portanto, não merecem tanto empenho do governo, nem a sociedade honesta e trabalhadora merece conviver com tamanha impunidade e medo, citou alguns exemplos bem claros: Maníaco do parque, Lindeberg, Suzane Richthofen, Beira Mar, Elias Maluco, etc. Eliminando os bandidos mais perigosos, os demais terão mais receio em praticarem seus crimes, isso refletirá imediatamente na segurança pública do país e na sociedade, principalmente na redução drástica com os gastos públicos em segurança. A longo prazo isso também reflete na cultura e comportamento de um povo.

Anônimo disse...

PENA DE MORTE PARA CRIMES HEDIONDOS COMPROVADOS:

Fundamento: Um governo tem que deixar de lado a hipocrisia quando toca neste assunto, um criminoso não pode ser tratado como celebridade, criminosos reincidentes já tiveram sua chance de mudar e não mudaram, portanto, não merecem tanto empenho do governo, nem a sociedade honesta e trabalhadora merece conviver com tamanha impunidade e medo, citou alguns exemplos bem claros: Maníaco do parque, Lindeberg, Suzane Richthofen, Beira Mar, Elias Maluco, etc. Eliminando os bandidos mais perigosos, os demais terão mais receio em praticarem seus crimes, isso refletirá imediatamente na segurança pública do país e na sociedade, principalmente na redução drástica com os gastos públicos em segurança. A longo prazo isso também reflete na cultura e comportamento de um povo.

Anônimo disse...

mandapara o site da italia uno,ou tele reggio

filosofo disse...

Ao "genio" da Gramatica e do jornalismo universal que fez o comentario no dia 16/05 as 00:12:
Ao inves de faze apologia ao crime "dos humildes" e golpistas estrangeiros, criticas ferrenhas ao dono do blog e combate vazio e superficial as criminosos do colarinho branco tente ser menos arrogante em seus comentarios e procure tecer criticas que venham a melhorar a qualidade do blog. Lembre-se que voce esta tendo acesso gratuito a informacoes e mesmo criticando o blog nao deixa de acessa-lo.