quinta-feira, 1 de março de 2012

Vereadores se reúnem com Coronel Gondin para saber do Sargento Joel

Em solidariedade a prisão preventiva expedida contra o vereador Otávio Joel de Araújo, o sargento Joel (DEM), os edis suspenderam a Ordem do Dia e encerraram a sessão ordinária desta quarta-feira (29) para cobrar explicações ao comando da Polícia Militar de Feira de Santana sobre o episódio envolvendo o colega de tribuna.
Foto Aldo Matos - Momento em que vereadores se reunem com o coronel Godim

O pedido foi feito pelos vereadores Justiniano França (DEM) e Roberto Tourinho (PV), que retirou dez projetos de pauta, para que a reunião fosse possível. Uma comissão de doze parlamentares se dirigiu a sede do Comando de Policiamento da Regional Leste (CPRL), localizada na Avenida Maria Quitéria, para um encontro com o tenente-coronel Hélio Alves Gondim, comandante da CPRL.

De acordo Tourinho vários parlamentares usaram a tribuna para manifestar apoio ao vereador Sargento Joel. “Não temos informação nenhuma, não conseguimos contato por telefone, a família do vereador não manteve contato com a Casa, com a presidência, motivo pelo qual desejamos saber se procede a informação que ele foi preso, se foi, onde se encontra e quais os motivos”, disse o vereador.

Após a reunião, Justiniano França disse que o pedido de prisão não partiu da CPRL e sim da Procuradoria de Justiça Militar. “Ele responde na condição de sargento e não de vereador”, afirmou. “O comandante afirmou que existe o mandato de prisão, mas até o momento não foi cumprido”, reiterou Tourinho.

O petista Marialvo Barreto afirmou que ainda não entende o motivo da prisão expedida ao vereador. “O coronel não foi responsável, ele explicou para gente, vamos acompanhar e ver a ordem dos fatos”, completou.

O tenente-coronel Hélio Alves Gondim salientou que compete a Justiça Militar e ao Ministério Público Militar explicar detalhadamente o mandato de prisão. “Todos os detalhes estão em um ato jurídico, de auditoria militar. Eu não tive acesso a todas as informações”, disse.

Bom Dia Feira com informações do repórteres Valdir Moreira e Carlos Valadares .

A PREVENTIVA
 
O sargento PM Otávio Joel de Araújo, o sargento Joel, que é também vereador em Feira de Santana, está sob mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça Militar, uma solicitação do Ministério Público.
Sargento Joel
 
Segundo a assessoria de imprensa da Corregedoria da Polícia Militar da Bahia. Joel participou das articulações da greve de policiais militares recentemente e concedeu algumas entrevistas como um dos porta-vozes do movimento.

Nenhum comentário: