domingo, 12 de fevereiro de 2012

Tragédia: Dois irmãos morrem vitima de acidente em Riachão do jacuipe

Claudeney Moreira de Castro, Auxiliar de Serviços Gerais do Hospital Municipal de Riachão do Jacuípe, saiu com sua irmã Claudeci para dar socorro ao irmão José Cláudio que havia sofrido um acidente de uma moto na estrada Riachão/Ichu. Fato aconteceu, na noite de ontem (sábado).

Na volta, no primeiro quebra-mola da pista, nas imediações do bairro Clériston Andrade, Claudeney perdeu o controle do veículo Fiesta, que se chocou violentamente contra um poste de energia.

Com o choque, o poste caiu sobre o veículo e atingiu em cheio os dois irmãos de Claudeney que vinham no carro: José Cláudio Moreira de Castro, de 35 anos, e Claudeci Moreira, de 32 anos. Eles sofreram fortes ferimentos nos rostos e cabeças e morreram na hora. O condutor do veículo, Claudeney Moreira de Castro, sofreu apenas ferimentos leves.

José Cláudio Moreira de Castro, que trabalha na Fazenda Lagoa, na estrada de Ichu, morava na localidade de Baixa da Areia, região norte de Riachão. Ele era casado e tinha uma filha. A sua irmã, Claudeci, também era casada e deixa duas filhas.

Como foi

O artista Ricardo Moreira de Matos, que é primo das vítimas, conversou com o condutor do veículo, dando mais detalhes sobre o acidente: “Claudeney não está falando quase nada. Ele mandou me chamar, mas disse apenas que matou os seus dois irmãos e que sua vida acabou. Ele está muito desesperado”.

Segundo as informações, Claudeney recebeu uma ligação comunicando que o seu irmão havia sofrido um acidente de moto na estrada de Ichu. “Então, logo ele saiu e chamou a irmã para ir com ele dar socorro a José Cláudio e trazer para o hospital”, pontuou Ricardo.

“Na volta, quando já estava chegando a Riachão, eu deduzo que, ao perceber que o seu irmão estava sangrando muito, ele adiantou para chegar mais rápido no hospital. Ele me confirmou que, na passagem pelo quebra mola, que ele não deve ter visto, perdeu o controle do carro, que voou e se chocou com o poste, provocando o grave acidente”, acrescentou Ricardo.

Com a chegada dos corpos no hospital, uma multidão logo se formou por causa da repercussão do fato. Até o momento do fechamento desta matéria, os corpos das vítimas ainda não haviam sido transferidos para Feira de Santana para a realização da necropsia.

Fatalidade
Segundo apurou a reportagem do Interior da Bahia, Claudeney Moreira de Castro havia comprado o Fiesta há cerca de dois meses. Ele trabalha no Hospital Municipal como Auxiliar de Serviços Gerais.

No acidente ele sofreu apenas ferimentos leves, mas ficou bastante chocado. Claudeney continua internado em observação no hospital onde trabalha. Pessoa de fácil trato, muitos amigos já foram lhe prestar solidariedade.

Fonte: Interior da bahia.com e foto de

Um comentário:

Anônimo disse...

tenho plena convicção de que e o fim do mundo so tragedia que Deus conforte o coração dessa mãe fiquem com Deus parentes e amigos dessa familia meus