domingo, 5 de fevereiro de 2012

Greve da PM: Líderes de movimento em Feira tem prisões decretadas

A Justiça decretou a prisão de 12 pessoas acusadas de cometerem crimes durante a greve da Polícia Militar na Bahia e duas delas são de Feira de Santana.

Foram expedidas prisões preventivas contra Edianari Almeida, vice presidente local da Associação dos Policiais, Bombeiros e dos seus Familiares (ASPRA) e Josafá Ramos, diretor de comunicação da entidade.

Desde o ínicío da greve, Edianari e Josafá estão apoiando o movimento dos policiais grevistas em frente ao 1º Batalhão Escola da Polícia Militar (BPM), em Feira de Santana. O clima é tenso entre eles por conta da divulgação de suas prisões.

De acordo com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, já foram disponibilizadas vagas em presídios federais para abrigar os presos. Um avião da Força Aérea Brasileira aterrizou na manhã deste domingo (5) em Salvador trazendo policiais federais que executarão o cumprimento dos mandados de prisão. Um dos policiais já foi preso na capital.

O policial militar Alvin dos Santos Silva foi detido na madrugada deste domingo (5). Lotado na Companhia de Policiamento de Proteção Ambiental (COPPA), o policial foi preso pelo próprio comandante da sua unidade, o major Nilton Machado. O presidente da ASPRA na Bahia, Marco Prisco, também teve a prisão decretada.

Central de Polícia, com foto de Kleiton Costa.

12 comentários:

Makallin disse...

cuidado o bicho vai pega os homem desse que a meia noite vai tira quem estever na assenbleia legislativa a campado sai logo PM pq ñ da pra vocês não a foça ta na arreia ate uziel bueno mandou os parente dele sai de la OK

fh disse...

Parabéns pela ação enérgica por parte das autoridades do Estado, para dar um basta nesses baderneiros terrorista agora eles vão vê o que é bom para torce, cadeia e expulsão, em presídio federal o mais próximo é em Mossoró, ceara agora espero que o vereador “namorador que estava insuflando a tropa viabilize transportes para os familiares e advogados e faça a feira dos barrigudinhos”, fica pensado que greve de milico é brincadeira. Tem que prender esses políticos que ficam insuflando a tropa para beneficio próprio para ser candidato.

kalunga disse...

O governador Jaques Vagner mostrou sua força, e provou que não fica refém de terrorista que achavam que poderia para a Bahia, o papel da PM, é manter a ordem publica coisa que as forças armadas, força nacional e guarda civil municipal bem aparelhada pode fazer, tem que municipalizar as forças de segurança, em vez de PM, guarda civil municipal e uma força estadual para intervenção com é o caso da força nacional.

Anônimo disse...

polícia não é profissão, é só um emprego não vale a pena ser martirizado

cidadão baiano disse...

Lamentável a decisão do governador e do ministro da justiça, espero que tudo acabe bem, não concordo com essa forma de resolver essa crise, e nem com essa greve, mas, temos que ser inteligente o governador foi à esperança da categoria quando votaram em massa no governador e retirou do poder os calistas que reprimia a categoria, e colocou no poder um sindicalista na esperança de melhores dias.

Anônimo disse...

cadeia neles,vao refletir na casa quadrada o que eles fizeram passar a populaçao que nada tem a ver com isso,direito de reivindicar sim,mas de bagunçar nao.

Anônimo disse...

Em minha opinião isto é um absurdo!!! Policia tem seu direito de reivindicar. Como Jaques Wagner tem que saber também que eleição vem ai, para ver se iremos vota nele, este político corrupto, que somente quer saber de coisas que velha lhe beneficiar. Todas essas mortes que esta acontecendo na cidade à culpa é dele, que não resolve esta situação. Agora ele quer q aconteça guerra entre policias militares e policias da caatinga. Isso é um absurdo. Apoiando o crime por debaixo do pano, depois aparece em entrevistas dando um de Político exemplar.

preludio disse...

força feira, EDIANARI & JOSAFA estamos com voçês

Anônimo disse...

A força nacional foi convocada vocês sabem quanto custa as diárias desses homens de serviço ou não eles ganham 210,00 veja bem o que eles gastam custiando essa missão foram o exécito que tambem é outro custo bem maior com a logistica pode uma coisa dessa.E porque esse governador não aprova a PEC 300.

Anônimo disse...

o governo tá calando aboca de nossos guerreiros com prissões ilegais . todos tem direito a lutar por salario melhor e vida digna afinal vivemos em uma democracia sr governador. MAS A SUA MÁSCARA E DE DILMA CAIU VCS GOSTA MESMO É DA DITADURA

Anônimo disse...

Muito me impressiona como esse Governador J.Wagner atrai tantos Fãs...

Existe pessoas escrevendo aqui neste Blog apoiando o Governador J.Wagner.

Quanto mais o Governo pisa neles mais eles gostam...

FORÇA PM, Deixem os IDIOTAS falarem MAL...

Anônimo disse...

Ôôôôôôhhh...Kalunga o Governo mostra sua força todo dia quando pisa em nossos BOLSOS cobrando IMPOSTOS absurdos.

Mas que pena vc não sabe disso Kalunga, seu ABESTALHADO.