sábado, 11 de fevereiro de 2012

Bar servia crack e cocaína aos clientes

proprietária do Bar da Neíde, localizado à Avenida 1° de Janeiro, no centro de Irecê, Neíde Gama Alves, de 43 anos, foi presa em flagrante, na tarde de quinta-feira (9), por investigadores da 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Irecê), por comercializar crack e cocaína para os clientes do estabelecimento, que vinha sendo monitorado pela polícia há dois meses.

Uma empregada do bar, identificada como Maria Aparecida Ribeiro Souza, 27, que ajudava nas vendas, e o traficante Marlon Santos Campos, 21, que cuidava da segurança do local, também foram presos. Dois adolescentes, um menina de 16 anos e um menino de 15 foram apreendidos. A garota ajudava nas vendas e o garoto na segurança.

Na operação, que contou com a participação de unidades da Polícia Militar, foram encontrados dois revólveres calibre 38, um em poder de Marlon e outro com o adolescente, 11 pedras de crack e seis papelotes de cocaína. Clientes do bar e usuários de droga foram conduzidos para a delegacia, onde confirmaram que a venda da droga era feita no bar. Depois de ouvidos foram liberados.

A delegada Isabel Pinto autuou os traficantes em flagrante por tráfico de droga, associação para o tráfico, porte ilegal de arma e corrupção de menores. Neíde, Maria Aparecida e Marlon encontram-se custodiados na coordenadoria, em Irecê, e os adolescentes, que vivem juntos, foram entregues aos pais, após assinarem termos de compromisso para apresentá-los ao Ministério Público.


FONTE: SSP

Nenhum comentário: