domingo, 12 de fevereiro de 2012

Assembleia decide acabar greve da Polícia Militar

Depois de 12 dias de paralisação, o comando de greve do grupo de policiais militares e bombeiros baianos, paralisados desde a noite do último dia 31 de janeiro, retomarão as atividades a partir deste domingo (12). A decisão de encerrar a greve foi tomada durante assembleia realizada neste sábado (11), no Sindicato dos Bancários, no bairro dos Aflitos, no Centro de Salvador.

Os militares terão reajuste de 6,5% retroativo a janeiro deste ano. Em contrapartida, os militares abriram mão da revogação do decreto de prisão dos policiais e bombeiros envolvidos nas ações grevista.
Reprodução do Correio 24h

De acordo com a categoria, a via judicial será o caminho direto para tentar negociar a liberação dos PM's presos. Além disso, os policias militares garantiram que farão o policiamento ostensivo durante os dias de Carnaval.

Na manhã da última quinta-feira (09), policiais ligados a Aspra (Associação de Policiais e Bombeiros do Estado da Bahia) desocupou o prédio da Assembleia da Assembleia Legislativa do Estado (ALBA), no Centro Administrativo (CAB).

As informações são do Correio.

2 comentários:

comunidade rua nova disse...

ninguem gosta de policiais e médicos
más quando eles somem fazem uma falta
gigante.
graças a Deus que acabou a greve
e vcs que criticam os policiais duvido que no fundo não estão mais aliviados.
então bem vidos ao serviço
e pra todos os demais ....
corre que la vem os homi

Anônimo disse...

Jaques Wagner foi um ditador a moda antiga agiu como um verdadeiro ditador, mas está desmoralizado perante a tropa e perante a população