terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Traficantes rivais presos em Lauro de Freitas e no IAPI


Doutor foi preso sexta feira passada
Com as prisões do traficante e homicida Mário Sérgio Souza dos Santos (Doutor), na sexta-feira passada (11), em Lauro de Freitas, e de seu rival Wagner Santa Rita dos Santos, (Lagartixa), hoje (15), na Rua da Paz (região do IAPI), a polícia conseguiu desarticular duas quadrilhas inimigas que vinham atemorizando as comunidades do Brongo, Milho e Bem Amado, localizadas na área do IAPI. Onze assassinatos naquela região são atribuídos a “Doutor”, surpreendido há quatro dias por investigadores da 23ª Delegacia, dentro de uma casa na localidade de Jambeiro (Lauro de Freitas), com uma pistola ponto 40, com oito munições, além de 36 “dolinhas” de maconha, prontas para venda.

Remanescente da quadrilha do traficante Genilson Lino da Silva, o “Perna”, recolhido desde 2008 no presídio federal de Catanduvas, no Paraná, “Doutor”, de 25 anos, foi capturado em companhia do cúmplice Anderson dos Anjos Santos, 22, e de Gilmara Almeida Santana, 20, já encaminhada para o xadrez da 9ª Delegacia (Boca do Rio). Uma adolescente, de 17 anos, apreendida no imóvel, foi conduzida para o Ministério Público.

O delegado Cláudio Meirelles, titular da 23ª CP, que apresentou Mário Sérgio e Anderson à imprensa, hoje à tarde, informou que a polícia chegou até os traficantes após averiguar denúncias sobre a grande movimentação de pessoas na casa alugada por eles em Jambeiro. “Doutor” chegou a ser visto várias vezes pela comunidade circulando com uma arma na mão. As investigações, robustecidas com filmagens sobre as atividades do grupo, duraram cerca de dois meses.

Com cinco mandados de prisão expedidos pela Justiça, Mário Sérgio Souza dos Santos, também tem envolvimento em roubos de cargas na região de Simões Filho. “A quadrilha de ‘Doutor’, integrada pelos traficantes conhecidos como ‘Baco’, ‘Leo’,‘Inho’, ‘Sem Dente’ e ‘Marreco’, entre outros, é responsável por pelo menos sete homicídios ocorridos na região do Brongo a partir de 2010, quando Mário Sérgio saiu do presídio”, informou o delegado Miguel Cicerelli, titular da 2ª Delegacia (Lapinha), que também vinha investigando a atuação do bando em comunidades no entorno do IAPI.

Rivalidade

Integrante de uma quadrilha rival da organização criminosa liderada por “Doutor”, chefiada por um traficante de prenome Helder, que está custodiado na Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) desde a semana passada, Wagner Santa Rita dos Santos, o “Lagartixa”, 21 anos, foi capturado por investigadores da 2ª CP e policiais militares, na manhã desta terça-feira na Rua da Paz, no Brongo/IAPI, com 52 pedras de crack. Autuado em flagrante por tráfico pelo delegado Miguel Cicerelli, ele está à disposição da Justiça na carceragem da unidade policial.

Dois comparsas de Wagner, identificados como Simon e Lucas, que também comercializavam drogas na Rua da Paz conseguiram fugir e vêm sendo procurados. Apontado como autor de vários homicídios na região do IAPI, Wagner e seu grupo disputavam pontos de venda de drogas com o bando de “Doutor”. “Por diversas vezes seus integrantes tentaram matar uns aos outros”, informou o titular da 2ª CP, que acredita numa redução dos índices de homicídios no Brongo, Milho e adjacências com a desarticulação dessas duas quadrilhas.

Um comentário:

Anônimo disse...

UMA OBS.AS REDAÇÃO DO POLICIA É VIOLA PRECISA MELHORAR MAIS AS NARRATIVAS;POIS TEM MUITO ERRO DE ESCRITAS.A PGINA É MUITO BOA,NÃO É CRITICA,MAIS PARA MELHORAR A QUALIDADE DO POLIA É VIOLA