segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Ex-Presidiário é assassinado com mais de 20 tiros de pistolas no Sobradinho

O ex-presidiário Willian Soares da Cruz, que era conhecido como “Foguinho”, 28 anos, foi assassinado com vários tiros de pistolas de calibres ponto 40 e 380, na noite deste domingo (13), por volta das 19 horas, na rua São Geraldo, no Sobradinho, em Feira de Santana.

Segundo informações da polícia, a vítima estava em no interior de um bar, localizado na Rua São Geraldo quando foi surpreendido por dois criminosos que estavam a montados numa motocicleta de dados ignorados. Ele ainda correu por alguns metros, mas foi alcançado e executado com cerca de 20 tiros de pistolas Ponto 40 e 380.


Policiais plantonistas da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), juntamente com peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT), sob o comando da delegada Milena Calmon compareceram ao local do crime, onde realizaram o levantamento cadavérico e iniciaram as primeiras investigações.

A delegada Milena Calmon contou que, no local como sempre as pessoas não passam muitas informações. “O que apuramos até agora, dão conta de que a vitima, era ex-presidiário e tinha passagem pela polícia, por assaltos, tráfico de drogas e até mesmo homicídio. Vamos chegar essas informações na Sede da DHPP, para poder dermos inicio as investigações”.

O Major Lobão, comandante da 65ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), responsável pela área de policiamento ostensivo do local do crime, também compareceu no local do crime. Durante entrevista ao repórter Marcos Valentim do Boca de Zero Nove, Lobão afirmou que. “A vitima teria cobrado um dinheiro a um traficante, pela manhã e nesta noite, ele teria feito outra ligação”.

“Então, as informações que nos chegou até o momento, diz que Willian teria ido a casa de um traficante cobrar um dinheiro de divida de tráfico de drogas e esse traficante ligou pra esses caras (o corte) agora de noite. Vieram e mataram”, finalizou Lobão.

A vitima residia na Rua da Mandioca no mesmo bairro onde foi morto.

Nenhum comentário: