sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Polícia Civil prende quadrilha que traficava e matava a comando de presidiários


Uma operação da Polícia Civil da Bahia através da 1ª Coordenadoria de Polícia Civil de Feira de Santana, da Delegacia de Tóxicos Entorpecentes (DTE), com apoio do Departamento de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) de Salvador, sob o comando respectivamente do Coordenador Ricardo Brito; Delegado Matheus Souza e o coordenador Fábio Lordello. Prenderam na noite de terça-feira (16), nove integrantes de uma quadrilha perigosa de traficantes e homicidas que agiam em Feira de Santana e também em outras cidades.



Os criminosos foram identificados como:  Wanderson Souza Machado, conhecido como “Ua”, o irmão Alexandre Souza Machado; Ubiratania Araújo da Silva; Lucas Silva de Almeida; Edjane da Silva Farias; Moises Brasileiro de Jesus; Giovane de Jesus Lobo, o “Boquinha”; Newullian Silva de Souza, o Ney e Luiz Alberto de Brito Euclides, o Beto.  Eles foram presos quando tentavam viajar numa van para Região Metropolitana de Salvador, onde se escondiam e tramava os crimes em uma residência na Costa do Sauipe.
Ua


Com a quadrilha, os policiais encontraram dois revolveres calibres 38 e um 357 (Magno); uma pistola ponto 40 da Polícia Civil da Bahia, provavelmente tomada de assalto na mão de policial, além de um tablete e meio de maconha prensada, várias pedras de crack prontas para vendas, centenas de bucha de maconha e várias munições de diversos calibres principalmente de pistolas.
Alex irmão Ua


O coordenador Ricardo Brito afirmou que a quadrilha traficava drogas e vinha praticando vários homicídios em toda a cidade de Feira de Santana e em outros municípios. Os integrantes recebiam ordem de detentos do Conjunto Penal de Feira de Santana constantemente.
Adicionar legenda

“Eles recebiam ordem de dois chefões das facções, onde os dois encontram-se presos, mas comanda o tráfico e ordem para matar e outros tipos crimes de dentro do presídio. Sendo que, Ua chefia a quadrilha do lado de fora, ou seja, o chefão comanda de dentro do presídio e Ua, ordena a matança, o tráfico e outros crimes aqui fora”.


Ainda de acordo com a polícia, os criminosos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, porte ilegal de arma, associação ao trafico, sendo que no caso de Ua, além desses crimes, ele responderá por homicídios triplamente qualificados. Alex irmão de Ua foi preso na tarde desta quarta-feira no Terminal Rodoviário quando tentava viajar para Itabuna com um revolver 357.

Decapitação

Ricardo Brito abordou ainda que a quadrilha é responsável pelo sequestro e decapitação do traficante identificado como Teinha. “A cabeça dessa vitima foi colocada na porta de uma residência no Vila Verde, no mês passado e que o principal autor desse crime foi Ua. Além desse crime, a quadrilha também é acusada de filmar a morte de um jovem e colocar em rede social. Esse crime aconteceu na localidade da Cabrita no mês de Abril deste ano. O duplo homicídio que vitimou um casal no interior de um veiculo na avenida Canal. O homicídio que vitimou o ex-segurança do melo Matos, crime ocorrido no Feira IV. Além de outros crimes”.

Confesso

Na delegacia, Ua alegou que não participou da morte de Teinha, mas confirmou a participação em outras mortes como a do jovem que foi filmado por eles no momento que os matavam. Ele também confessou que a apreensão de 50 Kg de maconha ocorrido na semana passada, lhe pertence.

Apreensão de Drogas

Policiais do Serviço de Investigação da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) de Feira de Santana, sob o comando do delegado Matheus Souza apreenderam na tarde de ontem (4), cerca de 80 quilos de drogas durante duas operações realizadas na Expansão do conjunto Feira IX. A primeira apreensão foi feita na Travessa José Raimundo, onde traficantes trocaram tiros com os policiais. Os bandidos conseguiram fugir e ninguém ficou ferido. Os policiais apreenderam aproximadamente 50 kg de maconha, além de maconha prensada, armas, munição, cocaína, crack e uma algema.

Cabeça Encontrada

Moradores da localidade conhecida como Vila Verde, no Conjunto Feira X encontraram a cabeça de um jovem dentro de um saco plástico, na frente de uma residência, na Rua C17, do Vila Verde, no inicio desta manhã (23), por volta das 8 horas. A vitima foi identificada por familiares como Marcelo Roberto Pinho, conhecido como “Teinha”, que residia na rua Augusto dos Anjos na Rua Nova.

Morte Filmada

Moradores do bairro Viveiros encontraram na manhã desta quarta-feira (23), um corpo de um homem aparentando ter idade mínima entre 20 a 25 anos, trajava bermuda jeans e com tatuagens no antebraço direito com o nome “Letícia” e na cintura “Jodilma”. O corpo estava na localidade conhecida como Cabrita, próxima às margens do rio Jacuípe, no Conjunto Viveiros.

O corpo estava preso com algemas de ferro nas mãos e tornozelos e apresentava perfurações de disparo de arma de fogo no olho esquerdo e na nuca. Além das perfurações, os ombros e o abdômen da vítima estavam com cortes profundos e a camisa enrolada no pescoço. 


Nenhum comentário: