sábado, 19 de abril de 2014

Saldo da Greve da PM: 39 mortes violentas em menos de 30 horas




O primeiro dia da Greve da Polícia Militar em Feira de Santana deixou o dia de quarta-feira (16), mais violentos de todos os tempos na cidade como registro de 34 mortes violentas entre as 11 horas da manhã e as 23:30 da noite desta quarta-feira. Enquanto no dia desta quinta-feira, entre as 11 horas e as 16 foram registrados mais 05 mortes violentas totalizando 39.

Segundo informações da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), entre as 39 mortes violentas, 05 foram auto de resistência (troca de tiros com a polícia); 02 latrocínio (roubo seguido de morte) e 32 homicídios. Ainda de acordo com a polícia, das 39 mortes, 38 foram praticadas por arma de fogo e 01 por arma branca (faca).

“Esse números foram totalmente atípico, só tínhamos registrados números altos de mortes violentas, na greve da PM de 2012. Muitos desses crimes foram feitos por pessoas rivais, aproveitaram que a Polícia Militar não estava nas ruas, ai saíram para fazer seus acertos de contas. Morreu inocente, morreu pessoas envolvidas com tráfico de drogas, com assaltos, com homicídios”.

“Mas, a Polícia Civil e os peritos estávamos nas ruas, nossas equipes trabalhou o tempo todo, onde dividimos, eu a delegada titular da DHPP, Ana Cristina e o coordenador Ricardo Brito além de todos os delegados adjuntos da DHPP e outros delegados. Também tivemos o apoio total dos policiais de outras delegacias que perceberam que o momento era grave e vieram nos ajudar”, frisou a delegada Dorean dos Reis Soares.

A delegada contou ainda que todos os crimes serão investigados. “Na verdade já iniciamos as investigações dos crimes desde quando realizamos o levantamento cadavérico. dividimos as equipes e vamos conseguir investigar todos os homicídios”, finalizou a delegada.

Os Números

Edvan Araújo Henrique, conhecido como Cupido, foi assassinado na Rua Carlos Valadares, Centro, por volta de 11 horas. Israel Barbosa dos Santos, 17 anos, Avenida José Falcão da Silva, via pública, Queimadinha, as 12:30; Joselito Lima Ferreira Junior, 20 anos, Avenida Anchieta, nas Baraúnas, 12:30.
Um homem ainda ignorado aparentando ter idade mínima entre 20 a 25 anos foi morto na rua Hamilton Cohin, na Barroquinha, as 13 horas; Adinailton Reis dos Santos, 21 anos, Rua Nova, Rua Montes Claros, 13h10; Thiago de Jesus Conceição, 21 anos e Luis Henrique de Lima Santos, 21 anos foram mortos, na rua Senador Quintino, no bairro Eucalipto, as 13 horas.

Um homem ainda com identidade ignorada, aparentando ter idade mínima entre 25 a 30 anos foi morto, na Fazenda Galhardo, no distrito de Ipuaçu, as 14 horas; Joildo Mendonça Novais, 36 anos foi morto na rua Cruzeiro, no Distrito de Maria Quitéria as 15 horas. O adolescente Natanael Souza Barbosa, 14 anos, foi assassinado na rua salmo 23 conjunto Fraternidade, no bairro Tomba, as 13 horas.


O jovem, Janotas Moreira de Jesus, 19 anos foi morto na rua Adalgisa Borges, no bairro Panorama, as 12h30. Segundo informação foi vitima de latrocínio. Um homem ainda com identidade ignorada foi morto na rua El salvador, no bairro Liberdade, as 16 horas; Leandro Pinto Barros, 27 anos, foi morto na Rua Belo Horizonte, no bairro Jardim Acácia, na localidade conhecida como “Pela Porco”, as 17 horas.

O adolescente, João Paulo Lapa de Oliveira, 16 anos foi morto na rua Potiranguar, no bairro Eucalipto, as 16 horas; Lucas Santana Lopes, 19 anos, rua Agrovila, no bairro Mangabeira, 14 horas. Dois homens de dados Ignorado, no Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA), por volta das 14:30; Luis Marcio Lima de Souza, 32 anos, no HGCA, as 16 horas; Outro homem de identidade ignorada morreu no HGCA, as 17:30.

Duas vitima ainda de dados ignorados foram mortos no Povoado da Mantiba, distrito da Matinha, as 13h30; Paulo Sergio Santos Freitas, conhecido como Alan, foi morto as margens da Avenida Eduardo Froes da Mota, no Conjunto Feira X, as 21:20; André Lucas Santana de Souza, 21, foi morto na avenida Transnordestina, no conjunto  Feira Vi, as 21 horas.

Leonardo Ramos Rodrigues, 21 anos, Rua Amor Perfeito, no bairro George Américo, 21 horas; Um homem com identidade ainda ignorada, aparentando ter idade mínima entre 20 a 25 anos foi assassinado na rua Bertulina Carneiro, no bairro Sobradinho as 22 horas; Juscelino Lima Santana, 25 anos e Eramilson Santos Oliveira, 32, ambos foram mortos numa residência, na rua Vespaziano Santos, no Sitio Matias, no bairro Tomba, as 23:30.
 
Mais seis homens com identidades ignoradas morreram no HGCA, os levantamentos cadavéricos deles ocorreram respectivamente as 19.45; 19.45; 19.50 e as 21:50 de quarta-feira, além das 09:10 e 09:20 de ontem. Além do latrocínio que vitimou o policial militar, Thiago Maciel Silva, 34 anos, ele foi vitima de assalto seguido de morte, na Estrada Vicinal de São José, no distrito de Maria Quitéria, as 11.40.
Quinta-Feira

José Neto, foi morto a facadas, no final da manhã desta quinta-feira, por volta de 11 horas, quando trabalhava colocando calçamento em uma rua da Expansão do Feira IX, para uma empresa terceirizada da Prefeitura; o pedreiro Marcos Evangelista Carneiro dos Anjos 30 anos foi morto a tiros em uma construção, localizada na rua Barra das Mangabeiras, no bairro Cidade Nova, por volta de 10h30.
 
Vanderlei Mendes Cardoso, 27 anos, foi morto a tiros na rua Cordeiro de Farias, no bairro Rua Nova, por volta das 11 horas; Lúcio Flávio Oliveira, de 18 anos, foi executado com vários tiros por volta das 13h30 na rua Tupinambá, bairro Mangabeira e Rubeval Moraes Silva, 23 anos, morreu em confronto com policiais militares, no bairro George Américo, por volta de 15 horas.

Tentativas de Homicídios

Esses números podem aumentar já que mais de 20 pessoas deram entradas no Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA) vitima de disparos de arma de fogo, nas últimas 48 horas.

Maiores informações acomp

Nenhum comentário: