terça-feira, 18 de março de 2014

Acusado de praticar assaltos morre em confronto com policiais do tático



Um homem ainda não identificado morreu na emergência do Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA), após ser baleado durante uma troca de tiros com policiais militares do Pelotão Tático Móvel, nesta manhã (18), por volta de 9 horas. Ele juntamente com o comparsa Luan Nadson da Silva Paixão, 20 anos tomaram uma motocicleta de assalto no bairro Santo Antonio dos Prazeres.




Luan Nadson foi autuado em flagrante por assalto a mão armada

Segundo a polícia, a guarnição do Tático Móvel fazia ronda normal pela cidade e ao passar pelas proximidades do bairro Santo Antonio dos Prazeres recebeu informação de populares, que dois elementos teriam tomado uma motocicleta Honda de cor preta de assalto, nas proximidades da Faculdade de Tecnologia e Ciência (FTC), nas mãos de um estudante.
 
Momento em que o acusado de praticar assaltos chegou ao HGCA
Os policiais avistaram os bandidos pilotando a motocicleta, iniciou-se uma perseguição, onde os criminosos seguiram para o bairro Aviário. Quando os militares se aproximaram dos bandidos, os mesmos atiraram contra a guarnição, os policiais responderam a altura e na troca de tiros, um deles foi baleado e socorrido para o HGCA, mas não resistiu. Enquanto o comparsa, Luan Nadson foi preso.
 
Armas encontradas com a dupla
Com a dupla os policiais recuperaram a motocicleta da vitima e apreenderam duas armas de fogo, usadas na troca de tiros. O assaltante Luan que reside no bairro Conceição foi conduzido para Central de Flagrante no Complexo de Delegacias do Sobradinho e autuado em flagrante por assalto a mão armada. As armas e a motocicleta foram apresentadas na Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP).
 
Motocicleta que a dupla tomou de assalto
Ainda de acordo com os policiais, Luan Nadson é acusado de participar do latrocínio que vitimou o taxista Luciano Silva Santos, 24 anos, que ocorreu no dia 30 de maio do ano passado, no bairro Santo Antonio dos Prazeres.

O Latrocínio

Segundo a polícia, Luan é acusado de também de praticar um latrocinio que vitimou o taxista Luciano
Na madrugada do dia 30 do mês de maio do ano passado, por volta de 03h30, o taxista Luciano Silva Santos, 24 anos foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte) na rua Ubajara, no bairro Santo Antônio dos Prazeres, em Feira de Santana.

Segundo a polícia o taxista foi assaltado e morto por um homem que se passou por passageiro, quando solicitou o serviço de táxi próximo a um bar localizado na rua São Domingos.


Ainda de acordo com a polícia o bandido levou apenas a carteira e dinheiro da vítima. O veículo Voyage de placa NYM-4291 foi deixado no local. Colegas de trabalho da vítima informaram que antes o bandido tinha solicitado a corrida a outros quatro taxistas, mas todos recusaram o pedido. Após o crime o assaltante fugiu.

Nenhum comentário: