quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Traficante é acusado de dez homicídios



A titular em exercício da 2ª Delegacia de Homicídios (Central), delegada Jamila Cidade, anunciou, nesta quarta-feira (8), a prisão do traficante e homicida Gilvã Santos Costa, o “Índio”, 20 anos, líder do tráfico de drogas na localidade do Canal, situada entre os bairros de Narandiba e Tancredo Neves. Acusado de envolvimento em, pelo menos, dez assassinatos ocorridos na região, ele já tinha mandado de prisão preventiva.

Autor do homicídio que vitimou Eli Oliveira Santana, em maio de 2013, em Tancredo Neves, Índio foi preso no último dia 28, por policias da 23ª Companhia Independente de Polícia Militar no Canal, na garupa de uma mototáxi. Reconhecido pelos policiais, foi encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Ricardo dos Santos Júnior e Tiago Santana Mendes, o “Fitinho”, assassinados em julho de 2013, no Cabula, também foram vítimas de Índio, além de um traficante de prenome Mateus, morto no Arenoso. A polícia investiga a participação do traficante, já custodiado no sistema prisional, à disposição da Justiça, em outros seis homicídios ocorridos em Narandiba e Tancredo Neves, todos ligados ao tráfico de drogas.

Assassinou rival

Investigadores da Delegacia de Homicídios de Vitória da Conquista prenderam, nesta terça-feira (8), o traficante Ânderson Santos Pacheco, o “Chuck”, 19 anos, três horas depois de matar, com vários tiros, o também traficante Jurandi de Jesus Nascimento, 39, por volta das 6 horas, no bairro Bruno Bacelar, onde se encontrava escondido numa casa.

Ambos com passagens pela polícia por tráfico de drogas, Chuck matou Jurandi numa disputa de locais de venda no Bruno Bacelar. A arma utilizada estava escondida num matagal na região e já foi apreendida e encaminhada para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT).
Chuck possui vários antecedentes criminais, dentre eles uma apreensão, quando ainda adolescente, pelo assassinato de um idoso. Na ocasião, ficou internado três anos em Salvador, cumprindo medidas sócioeducativas, sendo liberado pela Justiça no final de 2013.

Autuado em flagrante pelos crimes de homicídio qualificado e porte ilegal de arma de fogo, pelo delegado Neoberto Costa, titular da DH/Conquista, Chuck já foi encaminhado para o Presídio Nilton Gonçalves.

Ameaçava usuários

Investigadores da 3ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Santo Amaro) prenderam na terça-feira (7) o traficante Marcelo Almeida Silva, o “Pato da Caixa D’Água”, 21 anos, acusado de ameaçar a vida de usuários de drogas com dívidas e seus familiares.

No momento da prisão, Pato foi flagrado com um revólver calibre 38 apontado para o próprio tio e duas vizinhas, todos residentes no bairro Caixa D’Água, naquela cidade, onde também reside. Apontado como perigoso, o traficante é acusado de estar ameaçando até os filhos dos usuários, caso as dívidas não fossem saldadas.

Já tendo cumprido medidas sócioeducativas, quando adolescente, Pato tentou, no dia 18 de dezembro do ano passado, contra a vida de Welton Borges de Jesus Pereira, o “Atim”, atingido com um tiro no pescoço. O filho de quatro anos da vítima também era um alvo na ação, mas nada sofreu.

Traficante nos bairros da Caixa D’Água e Substação, Pato, já detido por sete meses, retorna à carceragem da Coorpim/Santo Amaro, onde permanecerá custodiado à disposição da Justiça. Investigadores da unidade lembram que, quem tiver informações sobre ele, deve ligar para os telefones (75) 3241-8537, (75) 3241-8532, (75) 9999-0097 e (75) 9198-7754. A arma foi encaminhada para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Nenhum comentário: