terça-feira, 18 de junho de 2013

Suspeito de estuprar enteada de 1,7 ano



Policiais do Serviço de Investigação da Delegacia para o Adolescente Infrator (DAÍ), sob o comando da delegada Patrícia Brito, juntamente com prepostos do Conselho Tutelar prenderam na tarde de ontem (18), Alisson Gino Machado, 19 anos, residente na rua Bela Vista, no bairro Pedra do Descanso. Ele é suspeito de ter praticado estupro de vulnerável contra a enteada de um ano e sete meses.

Ainda de acordo, com a polícia, o suspeito também reside em um segundo endereço, na rua Cascalheira, bairro Jussara, com a mãe da criança, há oito anos. Em entrevista ao Acorda Cidade, a delegada Patrícia Brito disse que a denúncia chegou à delegacia através  do Conselho Tutelar e que a criança foi levada para atendimento médico no Posto de Saúde do  bairro Jussar, a onde uma equipe médica constatou o ato.

“Foi feita uma diligência na residência da vítima  com a mãe  dela e lá foi coletado todo material que poderá ser  usando contra ele”, disse a delegada informando que no laudo médico consta o rompimento do hímen e que expediu uma guia para exame médico legal no Departamento de Polícia Técnica (DPT).  

A mãe da vítima alegou para a polícia que o relacionamento dela com o suspeito era muito difícil, pois viviam brigando  e era ameaçada de morte. Ela contou que em uma das vezes que deixou a criança com ele, encontrou  a fralda suja de sangue.

Em entrevista ao repórter Aldo Matos, o acusado nega, o estupro e alegou que dificilmente fica com a criança, porque ela está sempre na creche. Alisson Gino Machado foi ouvido na DAI, encaminhado a Delegacia de Atendimento a Mulher (Deam) por ter ameaçado de morte a mãe e a tia da criança, e foi autuado em flagrante pela delegada Maria Clécia Vasconcelos, titular da DEAM.

Nenhum comentário: