terça-feira, 18 de junho de 2013

Mototaxista é assassinado com vários tiros na Tomé de Souza




O mototaxista clandestino, Luciano da Costa Lima, 31 anos foi assassinado com vários tiros de revolver, calibre 38, na manhã desta terça-feira (18), por dois homens ainda desconhecidos pela polícia. A vitima se encontrava em baixo de uma cobertura de uma barraca, localizada no cruzamento da avenida Tomé de Souza com a rua Teixeira, no Loteamento Monte Pascoal, bairro Calumbi.
 ]


Testemunhas afirmaram que o motoboy estava no ponto de mototaxista, em cima da motocicleta conversando com colegas, quando um homem chegou por trás, surpreendendo a vitima e deflagrando tiros na cabeça e no tórax. Luciano não resistiu e morreu no local, enquanto os assassinos fugiram tomando rumo ignorado.


Familiares da vitima compareceram ao local do crime, revoltado e não conformado do acontecido. “Porque fizeram isso com o meu filho, ele estava trabalhando, porque mataram ele”, contou, Antonio Lima, pai de Luciano.


Uma guarnição da 65ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), compareceu ao local, onde isolou a área do crime e acionou a Polícia Civil. Minutos depois, policiais do Serviço de Investigação da Delegacia de Homicídio (DH), juntamente com Peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT), sob o comando do delegado Geuvan Junior e realizaram o levantamento cadavérico e iniciaram as primeiras investigações.
 
Delegado Geuvan Junior
O corpo de Luciano foi encaminhado para o DPT para fazer a necropsia.  


Nenhum comentário: