quarta-feira, 17 de abril de 2013

Três homicídios ocorridos na noite de segunda-feira podem ter ligação um com outro



Policiais do serviço de Investigação da Delegacia de Homicídio (DH), estão investigando os três homicídios, ocorridos na noite de ontem (16), em Feira de Santana. O que chama atenção das autoridades policiais foi o fato de que os crimes aconteceram em bairros vizinhos e dentro de uma hora do primeiro para o terceiro, ou seja, o primeiro crime ocorreu no bairro Mangabeira, por volta de 18 horas, o segundo, na Conceição, as 18h30 e o terceiro no Santo Antonio dos Prazeres, as 19h.
Na noite de terça-feira (16) três pessoas foram em Feira de Santana. Todas as vítimas foram mortas a tiros e uma delas ainda não foi identificada. 

Mangabeira
O jovem, Aldo Barbosa nascimento Júnior, 18 anos, que residia, no Alto do Papagaio foi assassinado com vários tiros, quando se encontrava na rua H, no conjunto Cordeirópolis, no bairro Mangabeira.
Conceição
Já por volta das 18h30, na localidade conhecida como “Ilha das Cobras”, localizada no bairro Conceição, um homem de cor parda, aparentando ter 20 a 25 anos, foi executado com tiros na nuca, maxilar e rosto.  

A vítima trajava bermuda branca e camiseta vermelha e aguarda por reconhecimento no Departamento de Polícia Técnica (DPT). 

Santo Antonio dos Prazeres


O último crime ocorreu na Estrada Velha do Retiro, em frente à fazenda Santa Maria, próximo ao Aeroporto, no bairro Santo Antônio dos Prazeres.  

A vítima foi Marcos Vinícius Cruz, conhecido como “Coringa”, 18 anos, que residia no bairro da Mangabeira. Ele foi executado com tiros na cabeça, tórax e costas.  

Familiares de Coringa, que não quiseram serem identificados, afirmaram para reportagem do Polícia é Viola que teria sido um grupo de homens moradores do bairro Mangabeira, responsáveis pela morte de Marcos Vinicius.

“No momento em que os caras (assassinos) pegaram Coringa, ele estava conversando com um familiar por telefone, quando eles se aproximaram. Coringa ainda falou, “oi, oi, são os caras, me pegaram”, nesse momento, o telefone caiu no chão e os criminosos mataram Marcos”, contou um dos familiares.

Ainda de acordo com o familiar, “depois que mataram ele e fugiram, uma pessoa pegou o telefone, já que o familiar ainda estava na linha e falou, “olha só, foram os caras da mangabeira que atiraram agora em Coringa”.

   

Nenhum comentário: