sexta-feira, 5 de abril de 2013

Ex- Advogado Feirense é preso em Irecê tentando sacar dinheiro de processos


Nesta quinta-feira dia, 04, Diligências e investigações desenvolvidas pelo SI da 14ª COORPIN – Irecê, sob a Coordenação do Delegado CLÉRISTON JAMBEIRO DE SOUZA, Coordenador Regional, redundaram na prisão em flagrante de Bel. BRUNO COSTA SOUZA, natural de Feira de Santana – BA, nascido em 06.02.1981, filho de pai não declarado e de Sônia Maria Costa Souza, filho de Dario Joaquim da Silva e de Márcia de Jesus, por Estelionato e Exercício Ilegal da Profissão, nesta Cidade.

Os prepostos da CEF desconfiaram do suposto advogado porque o mesmo já tinha efetuado três alvarás nessa mesma agência bancária no mês de fevereiro e março deste ano, com valores altíssimos e pra surpresa não reside em Irecê, os clientes são de diversas Cidades do País e a procuração é pública feita em um tabelionato na Cidade de Lapão, foi quando em contato com o Delegado Regional Clériston Jambeiro, conseguiu desvendar toda fraude. BRUNO COSTA SOUZA, advogado que teve seus direitos cassados pela OAB – Sergipe, tendo sido excluído da OAB/SE no ano passado, foi preso no interior da agência da Caixa Econômica Federal de Irecê quando, apresentando-se como advogado e representando um morador do bairro da Pituba em Salvador e uma Senhora moradora da Cidade de Iaçú, os quais após contato telefônico com a Delegacia daquelas Cidades, os mesmos não residem nos endereços citados nas procurações apresentadas pelo “advogado”, tentava sacar R$ 150.000,00 (cento e cinqüenta mil reais) provenientes de precatórios judiciais, utilizando documentos falsificados, através alvará judicial da Justiça Federal, RPV.
O Auto de Prisão em Flagrante foi lavrado sendo o mesmo indiciado no procedimentos nos artigos 171 do CPB e 47 da Lei 3.688/41.
Fonte: Blog do Cleriston Vieira

Nenhum comentário: