quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

PM procura dupla de assaltantes‏

Uma dupla de assaltantes está sendo procurada pela Polícia Militar de Amélia Rodrigues, acusada de diversos assaltos e tentativa de homicídio contra um policial militar, lotado no mesmo município, na tarde desta quarta-feira (20).

Segundo informações, os homens estavam a bordo de uma motocicleta, dados ignorados, quando roubaram uma farmácia e uma casa de material de construção na localidade de Tanque Senzala, no município de Amélia Rodrigues. Em seguida, assaltaram uma farmácia no município de Terra Nova.

“Tentamos interceptá-los na localidade de Quatro estrada. Posteriormente, na BR-324. A viatura lobo 06 e 15 vinham em perseguição, quando um dos homens atirou contra a viatura 15 e o disparo atingiu o ombro de um dos policiais militares, lotado em Amélia Rodrigues”, contou um PM.

O policial foi atendido na noite desta quarta-feira (20), no hospital Emec, em Feira de Santana, e passa bem.

Outro Procurado



Além da dupla de assaltantes, a PM procura também um homem, de identidade desconhecida, que teria cometido diversos arrombamentos no local. Segundo informações da PM, o homem arrombou e furtou a Igreja Católica, uma rádio local e o clube Chega Mais, na noite desta quarta-feira (20).

Delegada

A delegada titular, Salete Amaral, afirmou que as investigações já foram iniciadas, na tentativa de localizar os elementos. “Temos pistas, não quero declinar nomes, seria prematuro, mas estamos no encalço destes marginais”, disse.

Sobre os crescentes índices de criminalidade no local, a delegada afirmou que está realizando um levantamento de procedimentos encontrados na delegacia, para encaminhar a Justiça. Em seguida, se reunirá com o coordenador e diretor do Depin (Departamento de Polícia do Interior) para levar as dificuldades encontradas na cidade e expor o índice de criminalidade, principalmente referente aos crimes contra o patrimonial.

Sobre o número reduzido do contingente dos policiais militares no local, a delegada contou que irá levar a situação ao conhecimento da Polícia Civil e acredita que o tenente da Polícia Militar deve também levar a situação ao conhecimento da CIPM (Companhia Independente de Polícia Militar).






Nenhum comentário: