quarta-feira, 1 de agosto de 2012

PMs são capacitados para atuar no turismo

O policiamento turístico da capital recebeu reforço nesta terça-feira (31), com a formação de mais 60 PMs incorporados ao efetivo do 18º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e que vão atuar nos principais pontos turísticos de Salvador, como o Centro Histórico e a Barra. A cerimônia de formatura foi realizada no auditório do Hotel Convento do Carmo, com a presença do chefe de gabinete do governador, Edmon Lucas, representando o governador Jaques Wagner, do secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, e do comandante-geral da PM, coronel Alfredo Castro.

No total, 149 policiais estão aptos no atendimento a turistas. Para isso, participaram do Curso de Capacitação em Policiamento Turístico (CPTur), que tem o objetivo de estruturar o projeto de criação do Batalhão de Polícia Turística (BPTur). Inicialmente, vão atuar em Salvador, mas a expectativa é capacitar policiais do interior do estado para que se tornem especialistas em atendimento turístico. Um dos diferenciais destes profissionais é o curso de idiomas como inglês e espanhol.

“Este policial está capacitado a atender qualquer tipo de turista, seja brasileiro ou estrangeiro. Isso melhora a qualidade de atendimento e prepara os policiais para grandes eventos como a Copa e as Olimpíadas”, afirmou o coronel Alfredo Castro.

Os visitantes, à exemplo da turista italiana Lidia Ramazzotti, 60 anos, já percebem os resultados da ação e afirmam que se sentem mais seguros. Há seis dias em Salvador, ela não para de visitar pontos turísticos. No Pelourinho, ao precisar de algumas informações sobre monumentos e como ter acesso a outros pontos de visitação, conversou em espanhol com o policial, que imediatamente lhe tirou todas as dúvidas.

“Ele conseguiu atender às minhas necessidades e explicou tudo pra mim. Estou em Salvador para conhecer as igrejas, os monumentos e sempre necessito de informações. É bom ter policiais especializados, que falem outros idiomas”, ressaltou Ramazzotti.

Os turistas cariocas Clodoaldo Salge Júnior e Valéria Oliveira visitam Salvador pela segunda vez e se disseram impressionados com o policiamento turístico. “Sinto-me seguro em Salvador. Nunca tivemos problemas aqui e, este ano, percebi que há mais policiais nas ruas. Fico tranquilo. Ando durante o dia ou à noite sem me preocupar”, garantiu Clodoaldo.

O secretário Maurício Barbosa esclareceu que a qualificação de policiais busca o fortalecimento do BPTur, a fim de ampliar o efetivo nos próximos dois anos, para as cidades baianas que recebem visitantes de vários lugares do Brasil e do mundo, como Ilhéus, Porto Seguro, e os municípios da região da Chapada Diamantina.

Agecom

Um comentário:

Anônimo disse...

TOMAR CONTA DE PATRIMÔNIO E, QUEM TOMA CONTA DE NÓS ?