terça-feira, 10 de julho de 2012

Terrorismo II: Dessa vez bandidos fortemente armados tocaram terror na cidade de Una e assaltaram o B B

A polícia está a procura dos homens que assaltaram o Banco do Brasil do município de Uma no sul do estado na manhã desta segunda-feira (9). Não houve feridos na ação que durou 40 minutos e deixou a população assustada.

O Banco do Brasil fica ao lado da delegacia de Una. Dois policiais estavam de plantão. Um deles que estava na viatura foi rendido por oito homens encapuzados e armados com fuzis, escopetas e metralhadores.

“Eles chegaram aterrorizando, atirando para cima”, diz um morador. Dois disparos atingiram o prédio da prefeitura que fica em frente ao banco. A quadrilha também rendeu dois guardas municipais, um vigilante e a gerente do banco. “Mão na cabeça o tempo todo, pedindo para gente ter calma porque não iam fazer nada conosco”, diz.

Um morador gravou com o celular as imagens do assalto. Nas imagens dá para ver clientes do banco do lado de fora e com as mãos na cabeça. Os assaltantes estavam vestidos com a roupa do exército. Um deles saiu do banco jogando moedas para cima. Logo depois, tiros.

Depois do assalto os homens fugiram levando um policial civil, dois guardas municipais e o vigilante do banco, que foi feito de escudo em cima de um dos carros. Os quatro reféns foram abandonados em uma estrada que fica a cerca de 3 km do banco e na entrada, que dá acesso a Colônia de Una, os suspeitos tocaram fogo em um carro e continuaram a fuga em outro carro.

O assalto

De acordo com informações da polícia, a estimativa é de que 15 homens tenham participado da ação, que durou cerca de uma hora.

Um policial chegou a ser rendido e pneus de uma viatura foram furados antes do bando invadir o banco e fazer guardas municipais de escudo. Durante a fuga os suspeitos fizeram o policial, alguns clientes e o gerente do banco de reféns, mas eles foram liberados na zona rural de Una, sem ferimentos. Os veículos usados na fuga foram incendiados.A polícia faz buscas na região na tentativa de localizar os suspeitos do crime. Até o início da tarde desta segunda-feira ninguém foi detido.
do G1.com
As informações e foto


Nenhum comentário: