quarta-feira, 11 de julho de 2012

José Carlos das Neves orienta como evitar ação de estelionatários

A ação de estelionatários contra a população idosa tem sido frequente em Feira de Santana. A vítima mais recente foi uma professora aposentada, de 88 anos, que recebeu em casa um falso funcionário do INSS.

A aposentada contou que o golpista teve acesso ao seu cartão da conta bancária e trocou por outro. Em um caixa eletrônico, o estelionatário fez um saque e um empréstimo e causou um prejuízo de aproximadamente R$ 3.500 à idosa.

Segundo o delegado José Carlos das Neves, da Polícia Civil, outro tipo de golpe comum é a ação de estelionatários que vão até a casa dos idosos e induzem as pessoas para empréstimos consignados.

“Isso é mais comum do que se pensa. O estelionatário fica com dinheiro do empréstimo e a vítima adquire a dívida. Recomendo que não se faça empréstimo quando alguém chegar em casa oferecendo e sim vá à instituição financeira”, disse o delegado.

Ainda de acordo com a polícia, é necessária uma investigação para que a vítima seja restituída pelo prejuízo. “Tem que ser feito um inquérito. Se o estelionato foi comprovado, após a queixa, a instituição devolverá o dinheiro”, explicou José Carlos das Neves.

As informações de Kleiton Costa, com foto do Central de Polícia .

Nenhum comentário: