quinta-feira, 12 de julho de 2012

Caso de Estupro: Garota de 10 anos foge de casa para encontrar homem de 25 anos na Bahia

Uma garota de 10 anos foi ouvida na delegacia de Polícia Civil de Jussari, a cerca de 500 km de Salvador, na manhã desta quarta-feira (11) e relatou ter mantido relação sexual com um trabalhador rural de 25 anos. De acordo com informações da delegada Maria Lúcia da Silva, há oito dias a garota saiu de casa com uma amiga de 15 anos e retornou para casa cerca de 30h depois.

Segundo a polícia, a mãe da garota ficou preocupada com o sumiço e acionou o Conselho Tutelar que entrou em contato com a unidade policial, mas a garota acabou reaparecendo antes das buscas serem inicidas.

A delegada informou que durante o depoimento a criança disse que manteve relações sexuais com o trabalhador rural por vontade própria e que saiu de casa, pois desejava ir embora para outra cidade. Esta foi a segunda vez que a garota encontrou o trabalhador e durante o sumiço ela passou a noite com ele na fazenda em que trabalha.

As duas garotas resolveram retornar para casa na manhã do dia seguinte e pediram ajuda a um homem em outra fazenda, e ele as levou para casa. O trabalhador rural foi ouvido nesta quarta-feira e confessou que esta foi a segunda vez que manteve relações com a criança. “Ele diz que na primeira vez que esteve com ela, não sabia que ela tinha 10 anos, pois ela é bem desenvolvida e aparenta ter uns 14 anos”, afirma a delegada.

A garota foi submetida a exames no Departamento de Polícia Técnica, em Itabuna, na terça-feira (10) e a polícia aguarda o resultado para anexar ao inquérito. Ainda de acordo com a delegada, o trabalhador foi ouvido e liberado, pois não houve flagrante, mas ele deve ser indiciado por estupro de vulnerável. A delegada ainda afirma que já ouviu todos os envolvidos e avalia se pede a prisão preventiva do trabalhador rural.

A mãe da criança declarou em depoimento à polícia que nunca soube do envolvimento da filha com o homem.

As informações são do G1.

2 comentários:

Anônimo disse...

Vai pedir preventiva por se tratar de um pobre vaqueiro,se fez a força tem que matar ele,más se fez com o consentimento da menina infelizmente não pode ser feito nada,pois se o cara for preso hoje,amanhã ela estará com outro.Creio eu que a mãe dessa delegada deve ter se casado com uns 13 ou 14 anos.Pois era assim antigamente ...Apura primeiro para vê onde está a verdade,porque não dão cadeia dura para os traficantes que estão acabando com as crianças e os adolescentes? É por causa das drogas e das leis que os benefeciam fazem com que eles cometam tantas barbaridades.

Anônimo disse...

me discupe senhoresmas que justiça vagabunda é essa a nigrinha quis ter relaçao com o rapaz por vontade proria e ainmda vao prender o rapaz pelo amor de deus ela que qui e ela mesma disse ,se ela nao quizesse tudo bem ai sim era um estrupo.hoge criança pra mim so se tiver 7 anos ´pra baixo pq eu tou vendo é um mote de putinha de 10 anos pegango marido de outar se prostituindo cçs senhores policias e delegados(as)tem que prenderem é os bandidos q estao barbarizando por ai e roubando