terça-feira, 5 de junho de 2012

SSP inaugura Centro Integrado de Comunicação

Mais de 400 mil pessoas de Alagoinhas e de municípios da região estão sendo beneficiadas desde hoje (5), com a centralização dos sistemas de comunicação das policias Civil, Militar, Técnica e Corpo de Bombeiros. O secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, inaugurou na manhã desta terça-feira o primeiro dos 22 centros integrados de comunicação previstos para funcionarem até 2014.

“A criação de uma central única de atendimento para todo o estado é uma meta a ser conquistada, mas infelizmente este processo está atrasado devido à burocracia e a pendências de engenharia”, informou Barbosa, ressaltando a importância da comunicação integrada para a ação rápida da polícia em situações de emergência.

Mais de R$ 1 milhão foram investidos na instalação da central telefônica e na compra de equipamentos tecnológicos, como 16 rádios fixos, 37 veiculares, 34 portáteis, 20 aparelhos telefônicos tipo fax, 11 computadores e duas câmeras de alta resolução (CFTV Speed Dome).

A unidade funcionará 24 horas por dia, atendendo aos chamados das cidades de Alagoinhas, Inhambupe, Araçás, Aramari, Sátiro Dias, Pojuca, Itanagra, Catu, Ouriçangas, Irará, Água Fria e Pedrão. Na sede do centro, instalado no anexo ao 4ª Batalhão da Polícia Militar, 25 atendentes, 20 policiais militares, cinco policiais civis e cinco bombeiros auxiliam a população em tempo real a partir dos números 190 (PM), 197 (PC) e 193 (BM).

A região de Alagoinhas só contava com o serviço 190 e, para solicitar os serviços de outros setores da segurança pública, o cidadão tinha que arcar com o valor da ligação, como informou o tenente coronel Costa Ferreira, comandante do 4º BPM, que ficará à frente do Cicom.

O local também abriga imagens de duas câmeras – instaladas uma no centro e outra na zona periférica da cidade – monitoradas 24 horas por policiais do Cicom e da Superintendência de Telecomunicações da SSP, no Centro Administrativo da Bahia. De acordo com o superintendente da Stelecom, coronel Héverton Tosta, “se, por algum motivo, o monitoramento parar a transmissão para o Cicom, seja pela ação de bandidos ou por questões técnicas, as imagens continuam a ser transmitidas via web para Salvador”.

O delegado-geral da Polícia Civil, Hélio Jorge Paixão, afirmou que, enquanto os outros Cicons não ficarem prontos, o de Alagoinhas pode auxiliar na comunicação e no deslocamento de municípios vizinhos à região atendida pela unidade inaugurada hoje. Explicou que cidades e distritos nas imediações de Feira de Santana – uma das próximas cidades a receber o centro –, perto de Alagoinhas, “poderão , por exemplo, contar com os aparatos tecnológicos daqui para o acionamento de viaturas”.

O Serviço Móvel de Urgência e o órgão de fiscalização de trânsito da cidade também devem ter representantes no Cicom nos próximos meses.

SSP-BA

Nenhum comentário: