quarta-feira, 23 de maio de 2012

Falso médico goiano agia no oeste baiano

Lincoln Rodrigues Júnior, 37 anos, que se fazia passar por médico, foi preso em flagrante por exercício ilegal da Medicina, pela Delegacia Territorial de São Félix do Coribe, naquele município do oeste baiano. Dois investigadores se passaram por pacientes e, após examinados por Lincoln em uma ótica da cidade, o encaminharam à delegacia. Numa maleta apreendida com o golpista, natural de Goiás, havia equipamentos utilizados em exames oftalmológicos.

Preso, apresentou apenas uma carteira de estudante da Universidade do Contestado de Santa Catarina, onde diz cursar Optometria. A operação policial teve o apoio da Polícia Militar, da Vigilância Sanitária e Epidemiológica e da DIRES, que vêm coibindo o exercício ilegal da medicina na região.

De acordo com o delegado titular, José Ribeiro Lopes, técnicos de nível médio, procedentes de Goiás e de Minas Gerais, costumam realizar exames oftalmológicos em Santa Maria da Vitória e São Félix do Coribe. Lincoln, que declarou ter realizado gratuitamente outros atendimentos na mesma ótica e acrescentou prescrever receitas que facilitava a compra de óculos para os pacientes, está à disposição da Justiça Criminal.

Fonte SSP-BA

Um comentário:

Anônimo disse...

Antes de fazer qualquer acusação vamos aprender o que é optometrista.... só aqui no brasil acontece esse absurdo prender um profissional...