terça-feira, 10 de abril de 2012

Seguranças de Feira são acusados de agredirem fisicamente Santo-Estevense

A dona de casa Magali Cardoso dos Santos, 27 anos, residente, no município de Santo Estevão compareceu, na manhã de hoje (10) no Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana, juntamente com o marido (nome não revelado), para realizarem exames de corpo e delito.

Magali afirmou para o repórter Denivaldo Costa da Rádio Subaé que prestou queixa na delegacia do município de Santo Estevão. Ela alegou que teria sido espancada na presença do filho menor de 10 anos, por seguranças no interior do Clube Quatro Estações, onde acontecia uma festa no final de semana.

Magali contou ainda que os seguranças estariam bêbados e agredindo pessoas na festa. “Eles estavam armados com revólveres e com um aparelho que provoca choque, agredindo as pessoas, pois, eles estariam tocando terror no local. “Ele me deu uma gravata pelas costas, fiquei sufocada, cheguei a desmaiar e fui levada até um hospital, meu marido também foi agredido ao tentar me defender, eu sou mãe de dois filhos, paguei a entrada no clube e fui agredida e xingada de vagabunda”.

A dona de casa afirmou ainda, que os seguranças moram no bairro da Rua Nova em Feira de Santana. “Eu quero justiça, já que o responsável do estabelecimento não se pronunciou até o momento, ’’ desabafou Magali .

Informações e foto Denivaldo Costa

3 comentários:

Anônimo disse...

Nem perca seu tempo senhora, eles tem cobertura, costas largas e se sentem S U P R E M O S. Estas atitudes só vão mudar no dia em que eles baterem por engano em alguém importante e se a imprensa divulgar nacionalmente, fora disto, a sociedade deve se esconder de quem deveria protegê-la.

Makallin disse...

la nesta festa so da ladrão olha so os segurança da onde é mim deixe viu ai agora eu quero ver o dono se pronuncia comigo ele sabe que eu falo mesmo porque falo a verdade OK

Anônimo disse...

um trabalha no shopping em f. de santana ja estao acustumado puniçao neles