quarta-feira, 11 de abril de 2012

Mais de 2 mil peças de roupas falsificadas da marca Mahalo em Feira de Santana

No final da tarde de ontem (10), policiais do Serviço de Investigação da Coordenadoria da Polícia Civil de Feira de Santana, sob o comando do delegado Ricardo Brito apreenderam mais de duas mil peças de roupas falsificadas da marca Mahalo.

Segundo a polícia, a ação da polícia aconteceu em lojas e barracas localizadas nas ruas Sales Barbosa; Filinto Bastos (Aurora); Avenida Presidente Dutra e Praça da Matriz. Foram apreendidos, 1 mil camisetas, 600 bonés e 400 bermudas, todos com as marcas falsificadas da Mahalo.

Ainda segundo a polícia, os proprietários das barracas (calçadão) e das lojas fiscalizadas foram identificados e irão responder a inquérito policial em liberdade. Ninguém foi detido por que, segundo a polícia, a legislação não prevê prisão em flagrante.

De acordo com o Serviço de Investigação da coordenadoria, a operação foi realizada após uma representação criminal feita pelo proprietário da empresa Mahalo de Salvador.



Um comentário:

Anônimo disse...

doido é quem usa roupa falsa do feira guay