quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Voz feminina durante gravação é identificada: Deputada do PSol admite conspiração contra fim da greve da PM na Bahia


A deputada estadual Janira Rocha (PSOL-RJ) admitiu em seu perfil no Twitter, nesta quinta-feira (9), ser a voz feminina flagrada em gravações telefônicas ao tramar contra o fim da greve da Polícia Militar (PM) na Bahia. “Sim Edu, a voz era minha, qual o problema???”, assumiu, em resposta ao blogueiro Edu Goldenberg. Na conversa, a mulher aconselha o cabo do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, Benevenuto Daciolo, preso após deixar Salvador, a não permitir que os policiais baianos fechassem acordo com o governo do Estado. "Daciolo, presta atenção. Está errado fechar a negociação agora antes da greve do Rio. [...] Eles não estão querendo que você avalize um acordo antes da greve do Rio, depois que sair a greve do Rio muda tudo", avisa durante a ligação. "Sabe como você vai ajudar eles? Voltando para o Rio e garantindo aqui. Se vocês garantirem a mobilização aqui, vocês vão ajudar eles a liberar o Prisco, a liberar todo mundo", continua. O objetivo da estratégia seria favorecer a deflagração do movimento no Rio de Janeiro e articular a expansão da greve pelo país.

Informações e imagem do Bahia Notícias

2 comentários:

vitima dessa porcaria chamada politica disse...

sou a favor de melhores salarios para os pms acompanhei todas as noticias em torno da greve principalmente atraves do policia e viola mais fiquei triste diante de fatos novos como a converssa de prisco no celular e o envolvimento dos nomes de politicos e uma vergonha saber que portraz da greve dos pms esta essa porcaria,nojenta chamada politica em 2001 o governador era a favor agora ele e contra porcaria nojenta chamada jogo politico

Carlão. disse...

IDIOTA somos nós que somos usados como escada para essa corja meter a mão na verba pública que deveria ser utilizada na segarança que antes da greve já era uma M agora com a greve virou uma B, deveríamos era tomar vergonha na cara e no dia da eleição ninguem comparecer às úrnas, aí sim neguinho ia aprender a respeitar o povão que rala para sustentar esta raça de sanguesuga que se identifica como donos da nação chamada BRASIL que é uma das mais ricas mais a maioria vive com as contas no vermelho por mais que se matem de trabalhar honestamente diferente dos nossos Políticos que quando terminam um mandato querem logo partir para mais quatro anos para se tornarem milionários, enquanto o resto que se dane. Mais um dia o povão abre os olhos, aí sim político vai aprender a trabalhar.