domingo, 5 de fevereiro de 2012

Seis homicídios e um latrocínio registrados entre sábado e madrugada de domingo


Seis homicídios e um latrocínio foram registrados na cidade de Feira de Santana, entre o dia de sábado e a manhã deste domingo. Mesmo com a segurança reforçada, depois que policiais militares entraram em greve, números de homicídios não param de crescer.

São João

Joeferson Lima Brito, 21 anos, que residia na rua H, no conjunto Sérgio Carneiro, foi assassinado com vários tiros de revolver, na manhã deste sábado, por volta de 11h. Segundo a polícia, o corpo foi encontrado por populares no bairro São João, nas proximidades da área do Centro Industrial do Subaé (CIS).

PANORAMA

Luis Carlos dos Santos, 21 anos, que residia na rua Seringueira, no conjunto Amazonas foi assassinado com vários tiros, na tarde deste sábado (4). Segundo testemunhas, Luiz Carlos estava em um bar próximo a um campo de futebol, quando foi baleado por um homem desconhecido.

Baraúnas

Na noite de sábado, a violência fez mais duas vítimas. Por volta das 21:30h no cruzamento das ruas São José e Eduardo Espínola, no bairro Baraúnas, foi morto com vários tiros um catador de produtos recicláveis. A polícia ainda não tem a identificação da vítima, que foi atingida com vários tiros.

Campo Limpo

No Campo Limpo, Edson dos Santos Lima Filho, 31 anos, que morava na rua Pitombeiras, 905, foi morto com quatro tiros próximo a sua residência. O último crime da noite ocorreu no Conjunto George Américo, o ajudante de pedreiro José Augusto Pereira de Sousa, 21 anos, que morava no Conjunto José Ronaldo, foi baleado e levado para um Hospital, mas já chegou sem vida.

Latrocínio

A criminalidade continuou na madrugada deste domingo (05). Até o momento, foram registrados um latrocínio e um homicídio. Por volta das 2:30h, na praça do Conjunto Morada das Árvores, o vigilante José Carlos de Jesus, 52 anos, foi morto com vários tiros.

Ele morava no George Américo e, de acordo com a Polícia Civil, estava trabalhando na praça quando foi atingido por vários disparos. Aparentemente, ele foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte), porque a arma e a bicicleta foram levadas.

Queimadinha

Por volta das 6:30h, Orlando de Jesus Almeida, 31 anos, foi morto a tiros. O fato ocorreu no bairro Queimadinha, próximo ao Galpão de Amendoim.

Os assassinatos registrados até agora, são provas de que, apesar do esforço das forças de segurança em estabelecer a sensação de segurança na cidade, a violência continua.


Informações e foto do Acorda Cidade

4 comentários:

Anônimo disse...

Q tanta contradição respeito da morte deste luiz carlos.Ele era safado e foi tentar matar dois caras no panoramas só que os caras eram bixões e ai ele viu a da colé,um vacilão! tomou foi de balaço! porra foi muito tiro na avenida do panorama só um doa caras rastou duas armas da cintura ai começou o bang bang, ta pensando que derrubar bixão é assim vacilão !E os que vier vai tomar d rajada pq o maluco é MUito panico! se ligue !!!

Anônimo disse...

vamos pedir socorro para o governo nao estamos aguentando mais tanta violencia tanta gente morrendo e ninguem toma providencia?

Anônimo disse...

Isso tudo está acontecendo graças ao Governador Jaques Wagner...DITADOR

Anônimo disse...

só quem tá morrendo são os malas e esses ai ñ fazem falta a ninguém tem q juntar tudo e passar fogo de uma vez