quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Greve da PM deve ganhar força com adesão de entidade

Após o fracasso das duas últimas tentativas oficiais de negociações entre governo e grevistas, uma das entidades que representam os policiais militares da Bahia marcou uma assembleia geral, que deve acontecer na quinta-feira (9), em Salvador, para decidir sobre a greve.

O encontro da Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia (AOPMBA) vai decidir se o grupo, que ainda não aderiu à greve, também deve paralisar as atividades.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) e com a Polícia Militar, não há previsão de abertura de nova rodada de negociações para esta quarta-feira (8).

O coronel Edmilson Tavares, presidente da AOPMBA, diz que a proposta do governo, de pagar as gratificações em prestações ao longo dos próximos anos, não é ideal para a categoria. “Chegamos ao nosso extremo. Queremos apenas que a GAP [Gratificação por Atividade da Polícia Militar], prevista desde 2001, fosse paga integralmente em março. A mesa foi suspensa porque o governo diz que não pode atender. Mas ainda estamos à espera de resposta”, diz. Segundo ele, o objetivo, caso os policiais decidam por greve, o intuito é fortalecer a corporação e não provocar "radicalismos". "Nós queremos que a PM saia forte", afirma.

Fonte: G1.

4 comentários:

Anônimo disse...

esse camarada da gaiola tem que ser internado o quanto antes melhor.

policial disse...

Infelizmente o secretario de segurança publica da Bahia bem como o comandante geral da PM, não tem mais capacidade de permanecer com a pasta, as forças estaduais de segurança estão insatisfeita com a postura dos dois, deveria após essa demonstração por parte do GAL. Gonçalves Dias, de como uma negociação deve ser conduzida com respeito e urbanidade, ele conseguiu acalmar os ânimos da tropa e dos militares grevista, ele sabe que aqui [ ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA], não tem bandidos e sim profissionais de segurança publica, a população sabe agora quem é a tropa de elite,a PM/BA, que todos os dias garantir a tranqüilidade de todos os baianos, parabéns ao general Gonçalves Dias, a população baiana agradece e todos os policiais militares da Bahia, prestar sua continência com respeito e consideração, gostaríamos de ter um comandante como o general Gonçalves Dias, isso sim é um comandante , que não abandona sua tropa.

PlayMboy disse...

O que mais impressiona é que ele se quer fazia planos de cumprir a lei...ou seja, os pms iam continuam levando calote do Estado.

Anônimo disse...

QUE PAIS E ESTE, SO POR QUE O COMANDANTE DAS TROPAS RECEBEU UM BOLO DOS AMOTINADOS NO DIA DO SEU ANIVERSARIO FOI PUNIDO ; A SIM ME DESCULPE ERA PARA ELE RECEBER ERA UM TIRO NA TESTA? PELO COMANDO ME DEIXA BRASIL VAMOS SER MAIS DEMOCRATICO,VOTEI NESSA MULHER MAIS ESTOU MUITO AREPENDIDO, VOTEI NESSE GOVERNADOR MAIS ESTUO ARREPENDIDO MAIS VEM AS ELEIÇOES LOTE DE LOBOS VESTIDOS COM PELO DE CORDEIROS,AGUARDEM.