terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Carta de um Policial Militar

Sou um Policial Militar da Bahia. Faço parte de milhares de pessoas que sonham com uma vida digna. Para muitos, não passamos de profissionais ineficientes e corruptos agindo como vândalos e baderneiros nesse momento crítico de greve. Entretanto, gostaria de relatar aqui que a corporação que, conforme dizem com frequência é paga pelo povo, é também ela composta de povo. Sim, os policiais militares também são povo, também pagam seus impostos e também querem ter uma vida decente.

O atual governador, Jaques Wagner, também já fez parte de movimentos grevistas que, de modo generalizado, possuíam objetivos semelhantes para diversas classes. Agora, esse político que chegou ao poder votado pela massa policial militar sedenta por melhorias, mostrando o contracheque e as condições de trabalho da classe em campanha política, utiliza a ideia de que militares não podem fazer greve para explorar e massacrar todo um segmento de trabalhadores essenciais para a sociedade. Nega-lhes a remuneração que por lei é direito há anos. Compra a parte suja da imprensa que mostra à população falsas estatísticas, relegando os grevistas que somam quase todos os policiais do estado a um mero “grupo de vândalos”. Mostra um salário irreal, visto que a remuneração apresentada trata-se de um valor bruto, ainda não descontados os impostos.

Muitas são, cotidianamente, as situações em que o Policial Militar é obrigado a sair em patrulhamento com viaturas em estado deplorável de conservação, muitas vezes tendo que ser empurradas para funcionar, com rádios que não funcionam, material bélico insuficiente e igualmente sem manutenção, tendo que compartilhar coletes suados do turno anterior porque não possuem material individual. E agora são chamados de vândalos os policiais que supostamente furaram os pneus de viaturas para tentarem, de uma vez por todas por um fim nessa situação. Ora, e não seria vandalismo constante e diário a falta de assistência do governador para com a estrutura logística, tecnológica e de formação profissional utilizados na Polícia Militar da Bahia? Não seria também violência que um policial não receba auxílio acidente quando sofrido em serviço, ainda que haja uma lei que garanta tal benefício? Não seria violência não receber insalubridade por perder inúmeras noites em serviço, carregar quilos de proteção no corpo, muitos passando todo o dia sobre motos, sobrecarregando sua coluna e pernas, comprometendo sua circulação sanguínea? Não seria violência que um policial, encontrando-se na junta médica, quando mais precisa de dinheiro para tratar sua saúde sem comprometer o sustento da família tenha sua remuneração reduzida? Vamos pensar um pouco nisso...

Agora o governador exala sua vaidade exigindo a prisão de Marco Prisco. Porém, Prisco é um líder nato, e onde estiver é capaz de fazer seguidores não somente por sua inteligência, mas sobretudo por falha e negligência do próprio sistema político desse país. O movimento grevista não é de Prisco, é dos Policiais Militares. E se tomou tais proporções, gerando tantos prejuízos à sociedade baiana, não foi à toa. É como uma bexiga de ar que de tanto inflar, acaba estourando. Muitas foram as tentativas de atendimento aos direitos dos policiais, a exemplo do movimento legal deflagrado em 2009. Mas o governo não agiu com hombridade, ignorando tais reivindicações, de modo que o efetivo cansou de ser humilhado. Agora, o ministério da justiça tenta sufocar covardemente o movimento isolando famílias inteiras até que desistam de lutar por seus direitos por sede, fome, medo e cansaço. E os policiais é que são os vândalos.

Se a população sempre amargou uma segurança pública fajuta e ineficiente por motivos como falta de recursos e de estrutura, falta de formação profissional adequada ou até mesmo por profissionais desonestos - o que sobra entre os nossos governantes que já nadam em dinheiro -, agora talvez possa ter mais um motivo: revolta. E, sem sombra de dúvidas, o nosso governador e seus parceiros nada sofrerão com isso, apenas nós do povo.

16 comentários:

Anônimo disse...

Os PM saõ GUERREIROS porque lutam pela justiça; Saõ GUERREIROS porque lutam pela liberdade; Saõ GUERREIROS porque lutamos pela paz.
Saõ seres humanos em busca de justiça e dignidade....o povo apoia os guerreiros(PM)

Anônimo disse...

tudo farinha do mesmo saco policial e politico ,tomare que se explodão não resolva nada e continue do geito que tá eles se mereçem a policia ta pagando o que faz todos os dias por ai tem é que diminui mais ainda pra acabar com a osadia deles !!!

Anônimo disse...

PARABÉNS PELA FORÇA E CORAGEM DESSSES GURREIROS BAIANOS.E CONTINUEM LUTANDO PELOS SEUS DIREITOS PQ SE FOSSE EU FARIA O MESMO.
WAGNER NÃO ARISCA A VIDA DELE SABE POR QUE?AONDE ELE VAI ESTÁ CERCADO DE SEGURANÇAS E OUTRA COISA ,ELE NÃO PERDE NOITES NEM DIAS DE SOL OU EMBAIXO DE CHUVA PARA COMBATER CRIMES E HOMÍCIDIOS.
WAGNER DEITA E DORME TRANQUILO E AINDA TEM TEMPO DE CHEGAR E DAR ENTREVISTAS COMO NO CARNAVAL DE 2011 COM A CAR CHEIA DE CACHAÇA.
NÃO SOU NENHUM MILITAR MAIS SEI O QUE VCS PMS PASSAM E FORA AS HUMILHAÇÕES.FORÇAS E PMS DE TODA BAHIA NÃO SE DEIXEM VENCER PELO CANSAÇO POIS SEI QUE VCS VÃO CONSEGUIR SEUS IDÉAIS.PARABÉNS PELA CORAGEM PMS BA.

Anônimo disse...

olha amigo policial eu entendo a sua necessidade e sonho de uma vida melhor.
temos que conseguir nossos objetivos
por isso trabalhamos e trabalhamos duro
então eu tive uma oportunidade de ser policial e não o fiz pq tinha medo de acomodarme com o salario.
use o seu tempo de folga e vá a luta pq mesmo se vcs conseguirem esse aumento com certeza ele vai defazar um dia e vcs terao que fazer mais greves prejudicando muitas pessoas que nao tem nada com isso pois ja temos problemas suficientes com a falta de saúde,insegurança,inundações,desemprego etc

Anônimo disse...

Assisti ontem na TV, um ministro do STF entre outros juristas, falarem que os policiais não têm direito de fazerem greve, porque é considerada uma categoria “ESPECIAL”, concordo plenamente, pois a constituição é clara e é o norte para todos os entendimentos jurídicos, porem, Partindo dessa premissa, de que os policiais são “ESPECIAIS nos deveres, deveriam ser tratados de forma “especial também nos direitos, sendo assim, os governos dos estados deveriam tratá-los como tal “ESPECIAIS” e garantir condições de trabalhos descentes e um salário condizente com sua condição “ESPECIAL”.

Anônimo disse...

Força Policiais vocês merecem uma vida digna...

Anônimo disse...

Esse babaca que fez o segundo comentario deve um que tentou e não conseguiu entrar na Policia militar, frustado da vida.

Anônimo disse...

É ISSOOO AIII .. FORÇA GUERREIROSSS....

MANDA WAGNERRR PEGAR UM COLETE E UMA PISTOLA E IR COMBATER O TRAFICO NAS FAVELAS?? QUAL SERIA O RESULTADOO?
ANDAR COM MUITOS SEGURANÇAS É FACIL.. VC GANHAAAAAA MUITO E FAZ POUCOOO ,,, SUA CONTA BANCARIA DEVE TA MUITOOOO GORDINHAAAA JÁ ...

TOME VERGONHA RAPAZZ E DÊ UM SALARIO JUSTO AOS GUERREIROSSSS ...

trindade disse...

DEVE SER UM MARGINAL,ESTE RAPAZ DO 2º COMENTÁRIO,PORQUE SE ESCONDEU NO ANÔNIMATO,VOCÊ ESTÁ PREOCUPADO QUE A GREVE ACABE PORQUE NÓS POLICIAIS SOMOS UMA CATEGORIA ESPECIAL COM SERVIÇOS FUNDAMENTAIS PARA A SOCIEDADE,MAS O POVO CONSCIENTE TEM QUE ENTENDER QUE O QUE SOLICITAMOS AO GOVERNADOR É ALGO QUE ELE MESMO NOS DEU E DEPOIS NÃO CUMPRIU,GAP IV E V JÁ...

Anônimo disse...

Apoio os PM, parabéns a este militar que nessa "carta de um policial militar" disse tudo que gostariamos de dizer, só acrescentando, que o governador nao perde noites com medo da insegurança que está na Bahia, ou trabalhando arriscando a vida, como esses Pm.Por onde ele passa, mora, ele e familia estao cercados de seguranças pago por nós, este ano ele nao precisa de votos de ninguém, então pq ele vai ter interesse em resolver logo?

Anônimo disse...

Eu concordo SIM que vcs tem que lutar pelos seus direitos,mas,vcs também tem que ver,que nós a população precisamos de vcs e sem os PMS estamos desprotegidos. As vezes dizemos que os policiais não fazem nada e porque morre tanta gente,mas pelo menos antes eu não tinha medo de ir ao mercado,a casa da minha mãe,nem pra igreja eu não estou indo. Peço a vcs que pelo amor de DEUS tentem resolver seus direitos da forma mais amigável possível,eu sei que é sempre foi e sempre vai ser difícil negociar com o governo que nós elegemos,mas entendam que tem pessoas inocentes estão sofrendo com tudo isso, apesar de tudo, quero que lutem,mas de forma consciente.

Anônimo disse...

ESTAMOS COM VOCÊS,POLICIAIS MILITARES,EU VOU ATÉ COLOCAR UMA OBSERVAÇÃO PRA VOCES FICAREM EM ALERTA,QUE 'CERTOS AMIGOS DE VOCÊS,QUANDO SÃO PEGOS EM UMA BLITIZ E ESTÁ INRREGULAR COM O CNH,FALA LOGO EU CONHEÇO FULANO EU CONHECO CICLANO,E HOJE ESTÁ AÍ FALANDO MAL DE VOCÊS,NINGUÉM TEM CORAGEM DE DÁ UM APOIO E IR NO BATALHÃO,AGORA É A HORA DE VOCÊS PENERAR ESTES CERTOS AMIGOS...

Anônimo disse...

oi

Anônimo disse...

parabens policia militar vcs merecem melhorias e esses politicos tem que parar de enriquecer as custas do povo e resolver esse problema

Anônimo disse...

é isso mesmo. eu sou do segundo comentario primeiro voçes tem que aprender a trabalhar pra depois querer aumento ,para de tortuta roubar ,mata e outras merdas que voçes faz por ai ,agora tão ai cobrando direito só porquê se esconde atrás de uma fardinha suja não sou policial não nem tenho vontade de ser porquê sou do bem e não quero fazer familhas sofrer não humilhando e tirando sangue !!

Makallin disse...

estes caras querem mas é dinheiro pra anda luxano de carro novo pela cidade e bateno na cara das pessoas de bem fora PM OK sim o exercito e foça nacional e caatinga conto com vocês