terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Pedida a preventiva de invasores de casa

O delegado Marcelo Sansão, titular da 28ª Delegacia Territorial (DT) – Nordeste de Amaralina, já solicitou à Justiça a prisão preventiva dos traficantes que mantiveram uma família em cárcere privado, na madrugada desta terça-feira (31), após uma troca de tiros com policiais militares, no bairro de Santa Cruz. Bruno Ribeiro da Costa e Andrei Costa Ferreira renderam-se após negociação com os policiais e seguem custodiados na carceragem da unidade policial.

Dois adolescentes de 16 e 17 anos, que também participaram da ação criminosa, foram conduzidos à Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI) e já se encontram à disposição do Ministério Público (MP). A polícia apreendeu em poder dos traficantes uma pistola calibre 380, um revólver calibre 38 e munição. Bruno e Andrei foram autuados em flagrante por tentativa de homicídio – por balear um policial militar que nada sofreu graças ao colete à prova de bala -, cárcere privado, resistência à prisão e formação de bando armado.

Os quatro traficantes integram uma quadrilha da região e receberam a tiros prepostos da Polícia Militar, que faziam uma incursão no local. Bruno, Andrei e os dois garotos, invadiram a casa de uma família na Rua Teodoro Sampaio e fizeram a dona da casa, um casal e duas crianças reféns. Segundo o delegado Marcelo Sansão, os quatro homens são moradores daquela localidade e ainda não tinham entradas em delegacia.

Nenhum comentário: