sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Polícia Civil desarticula quadrilha que traficava drogas em cima de Igreja


Cinco integrantes de um grupo de traficantes armados, que ameaçavam moradores da localidade conhecida como “Timbalada”, na região do Cabula, em Salvador, comercializando drogas pelas ruas, foram presos, no início da manhã de quinta-feira (15), em dois pontos de tráfico desativados por investigadores da 11ª Delegacia Territorial (DT/Tancredo Neves). José Anderson Santana Souza, o “Jango”, 24 anos, líder da quadrilha também envolvida em assaltos e homicídios, conseguiu escapar ao cerco policial e vem sendo procurado.

Num prédio de três andares sobre uma Igreja Batista, a equipe coordenada pelo delegado Guilherme Machado, titular da 11ª DT, capturou, por volta de 6 horas, Daiana Souza dos Santos, 26 anos, Anderson Miranda de Lima, 24, e Luís Cláudio Almeida dos Santos, o “Tico”, 28 anos. Os dois homens contam com diversas passagens pela polícia por porte ilegal de arma, assaltos e homicídio.

Crack - No imóvel ocupado pelo trio, os policiais apreenderam 167 gramas de crack e certa quantidade de cocaína divididas em várias porções, um balança de precisão, munição de revólver calibre 38, um notebook e sacos plásticos utilizados para embalagem de drogas. “Tico” é autor do assassinato de um traficante conhecido como “Beto Capoeira”, crime ocorrido há quatro anos, na Mata Escura, segundo apuraram os investigadores da 11ª DT.

Outros dois integrantes da quadrilha - Anatelis da Paixão Bispo, 27 anos, e William Santana de Oliveira, 19, este nascido em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro -, estavam escondidos numa casa em frente à sede de uma igreja Católica, também na “Timbalada”, em companhia de um adolescente, já entregue ao responsável legal. Ali havia um revólver calibre 38, com dois projéteis intactos, diversos sacos plásticos e outros materiais para embalar drogas, como carretel de linha e tesoura, uma balança de precisão idêntica à encontrada no primeiro imóvel abordado, além de quatro telefones celulares.

Luís Cláudio, que tinha um mandado de prisão em aberto, e os comparsas Anderson, Anatelis e William estão na carceragem da 11ª DT, à disposição da Justiça criminal, devendo ser transferidos para o Presídio de Salvador. Daiana Souza segue custodiada na DERCCA (Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente), em Brotas. Todo o grupo foi autuado em flagrante por associação ao tráfico.

Informações e Fotos SSP - BA

4 comentários:

Anônimo disse...

Nóis é Curintian mano!

Anônimo disse...

Poha esse willian ai é o junir cabeça lembro da infancia eu ensinei o mulek andar de baike

Anônimo disse...

Poha esse willian ai é o junir cabeça lembro da infancia eu ensinei o mulek andar de baike

Anônimo disse...

sai dessa vida rapazes vc pode muito bem ter uma vida melhor vcs consegue isso que vcs faz nao e vida n