quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Operação prende mais três ladrões de carros

O estudante de engenharia Lucas Brasileiro de Almeida, 19 anos, foi preso, nesta terça-feira (6), durante operação montada pela Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV), em cumprimento a um mandado de prisão expedido devido ao seu envolvimento com roubo de carros. Outros dois comparsas de Lucas, William Ferreira Paim dos Santos, o “Guinibul”, 21, e Gilvan dos Santos Fagundes, o “Gil”, 20, também tiveram suas prisões decretadas e estão sendo procurados pela polícia.
O estudante é o do meio

Segundo o delegado João Ricardo Barbosa, o grupo agia principalmente na região de Stella Maris, levando os carros roubados para serem revendidos no município de Alagoinhas. Os veículos eram repassados na zona rural da cidade como “Pokemón” – veículos financiados e não quitados -, por valores entre R$ 1 mil e R$ 2 mil.

Lucas era o motorista da quadrilha e recebia cerca de 10% do valor arrecadado pela venda do carro roubado. Ele foi preso em casa, no bairro do Imbuí, onde os policiais também apreenderam três notebooks, um deles possivelmente produto de roubo. O trio praticou dois assaltos em Catu recentemente, sendo que, num deles, Lucas teria ficado com o computador da vítima.

Gilvan, apontado como líder do bando, é oriundo do bairro da Boca do Rio, enquanto William não tem morada certa. Parte de sua família mora em Alagoinhas, onde o bando revendia os carros roubados. A polícia recuperou um Fiat Punto, roubado pelo trio na cidade de Catu. Os mandados de prisão foram expedidos pela 7ª Vara Crime de Salvador. Lucas Brasileiro ficará custodiado na carceragem da DRFRV.

Um comentário:

Anônimo disse...

Esse ai tirou ZERO na faculdade do crime!!!