quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Investigadores prendem acusado de matar adolescente

Policiais do Serviço de Investigação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), sob o comando do delegado André Luiz, prenderam na tarde de ontem (9), no bairro 35 BI, Geneson dos Santos da Silva, conhecido como “Delri”, 19 anos. Ele é acusado de assassinar, com dois tiros de revólver, a adolescente Elizângela Maria da Anunciação Oliveira, 17 anos, na noite do dia 30 do mês passado.

Segundo os policias, o S I da DRFR, estava investigando Geneson, por ele ser acusado de praticar assaltos, tráfico de drogas e pela morte da adolescente. “Nesta tarde, fomos até a casa dele, localizada no Aviário, mas não o encontramos. No entanto, obtivemos informações, que o mesmo se encontrava no bairro 35º BI. Chegando lá, conseguimos prendê-lo no interior de um veículo”, contou o policial.

Policiais ainda disseram que Geneson foi conduzido até a residência do mesmo, onde os policiais encontraram pedras de crack. Depois, ele foi encaminhado para DRFR, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, enquanto, o novo delegado da DRFR, deverá pedir a Prisão Preventiva do mesmo, pela morte da adolescente.

Na delegacia, Delri contou para reportagem que, a intenção era matar um jovem conhecido como Gavião, que estava na companhia de outro jovem e a vítima. Todos estavam montados em uma motocicleta. “Tenho uma desavença com Gavião. Ele, há mais de seis anos, tentou matar toda minha família. Mas, neste dia, tive a oportunidade de encontrá-lo, saquei a arma da cintura e efetue os disparos, mas acabei acertando a menina, que estava na hora errada e no lugar errado”, confessou.

A MORTE DE ELIZANGELA

Elizângela Maria da Anunciação Oliveira, 17 anos, foi assassinada com vários tiros de revólver, que atingiram braço e peito. Segundo a polícia, Elizângela foi assassinada na localidade conhecida como Corredor Pau Pombo, no Aviário.

4 comentários:

Anônimo disse...

a pm prendeu esse individuo com varios papelotes de cocaína e uma espingarda cal. 12 na rocinha, isso não tem nem um ano e já conce deram liberdade para esse marginal. A maioria dos crimes cometidos contra cidadãos de bem são cometidos por marginais reincidentes na vida do crime

Anônimo disse...

facia-se meu povo uma manifestação contra essa legislação brasileira que o povo de bem sofre com essas leis que só beneficia a marginalidade

ledoux disse...

ese dai é um velho conhecido da justiça...ja teve varias entradas..qualquer dia deses vai ta solto novamente...quer pagar pra ver...????rsrsrs

Anônimo disse...

tu vai se fuder viado quando tu sair