terça-feira, 8 de novembro de 2011

Financiamento de R$ 2,6 bilhões mantém programas sociais, obras públicas e economia em ascensão

Em seu programa de rádio desta terça-feira (8) o governador Jaques Wagner destaca a assinatura, durante recente reunião com a presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto, em Brasília, de um termo que possibilita a ampliação do limite de empréstimos do Estado e a obtenção de financiamentos para enfrentar a crise internacional, sem prejuízo do plano de investimentos em obras públicas e em programas sociais mantidos pelo governo estadual.

“No caso da Bahia, essa ampliação foi da ordem de R$ 2,6 bilhões”, afirma o governador, enfatizando que se trata de um aumento significativo de recursos, permitindo enfrentar a crise e manter a economia do Estado acesa, gerando mais emprego e renda para os baianos. “É obvio que esse dinheiro vai se transformar em mais estrada, mais educação, mais Água para Todos, mais benefícios para a população baiana”.

O governador ressalta também a visita à Bahia de representantes da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e de outros organismos internacionais que atuam no combate à fome para participar da ‘4ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - Alimentação Adequada e Saudável: direito de todos’, que acontece no Centro de Convenções, em Salvador, desta segunda (7) até a próxima quinta-feira (10).

Ele afirma que Estado da Bahia tem se destacado na redução da pobreza e que há o reconhecimento internacional do esforço brasileiro e baiano na luta pela segurança alimentar. “O Brasil ficou em destaque desde que o presidente Lula lançou o programa Fome Zero, e a Bahia foi escolhida exatamente pelos avanços que o nosso governo conseguiu na busca da segurança alimentar e nutricional”.

Destaque em saúde - Durante o programa, Jaques Wagner fala da campanha de vacinação contra a febre aftosa no Estado e destaca o desempenho do Hospital do Subúrbio, em Salvador, que em apenas um ano de funcionamento tem servido de referência em atendimento à saúde para outros Estados.

Acrescenta que o hospital baiano é uma iniciativa pioneira, por meio de parceria público-privada, que tem beneficiado os moradores do Subúrbio e de outras regiões do Estado. “Vou continuar batendo na mesma tecla: saúde é sempre algo que necessita de muito investimento para oferecer melhores condições de vida à população”, afirma o governador.

Jaques Wagner enfatiza ainda o sucesso da campanha de vacinação contra a febre aftosa no Estado e diz que a Bahia tem o maior rebanho bovino do Nordeste, com 11 milhões de cabeças de gado e aproveita para convocar a todos os criadores para a campanha que se estende até o dia 30 deste mês. “Precisamos da colaboração dos criadores para que até o dia 30 de novembro a gente faça a vacinação mais ampla possível e possamos continuar com esse perfil de 14 anos sem nenhum caso de febre aftosa”.

O programa é produzido pela Secretaria de Comunicação Social do Estado da Bahia (Secom), veiculado toda terça-feira, às 7h30, pela Rádio Educadora FM 107,5 MHz e reproduzido por vários veículos de comunicação, além de ficar disponível na página do Conversa e pelo telefone 0800-071-7328.

Nenhum comentário: