sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Caminhoneiro preso sem CNH e com 38 comprimidos de Arrebite

 Agentes da Polícia Rodoviária Federal de Eunápolis prenderam nesta madrugada um caminhoneiro que além de não possuir CNH – Carteira Nacional de Habilitação, também estava com 38 comprimidos de anfetaminas.

Durante fiscalização noturna, no Km 720 da BR 101, os policiais abordaram o caminhão boiadeiro, que seguia de Itapetinga para Itabela, e constataram que nos pertences do caminhoneiro haviam 38 comprimidos de Cloridrato de Femproporex (Desobesi M), uma anfetamina de uso proibido pela ANVISA, utilizado para emagrecer, mais conhecido como “arrebite”.

Foram ainda encontrados na cabine do veículo um machucador para preparo da droga.

O Desobesi-M é um anorexígeno utilizado no tratamento da obesidade já que é moderador de apetite ao mesmo tempo que eleva a sensação de saciedade do paciente, porém o uso abusivo deste medicamento pode causar dependência psíquica e tolerância. Mesmo sendo de uso restrito, muitos caminhoneiros utilizam esse medicamento como “rebite”, aproveitando-se de uma das inúmeras reações adversas provocadas, que é a insônia. O que lhes permite dirigir por longo tempo e período sem ter que para para descansar ou dormir.

A Polícia Rodoviária Federal considera o “rebite” como um dos principais inimigos da estradas, pois altera os reflexos dos motoristas, assim, quando estes vêem um perigo, estão mais “ dispostos” a assumir o risco. Comportamento que aumenta a chances de acontecer acidentes graves nas Rodovias Federais.

O caminhoneiro de 39 anos foi encaminhado à Delegacia de Polícia Judiciária local.


Nenhum comentário: