terça-feira, 29 de novembro de 2011

Bahia ganha mais uma fábrica de aerogeradores para energia eólica

Campeã do Nordeste em atração de grandes investimentos estrangeiros, a Bahia ganha nesta quarta-feira (30) mais um importante empreendimento industrial, com a inauguração, em Camaçari, município da Região Metropolitana de Salvador, de uma unidade da Alstom, fabricante francesa de aerogeradores para produção de energia eólica no Estado. A empresa investiu de R$ 50 milhões e vai gerar 150 empregos diretos e 500 indiretos.

Este é um dos assuntos em destaque do programa de rádio Conversa com o Governador desta terça-feira (29), quando Jaques Wagner ressalta o bom momento da economia baiana e brasileira e fala também do lançamento, na semana passada, da pedra fundamental do Complexo Acrílico da Basf, em Camaçari, e da segunda etapa do Programa Minha Casa, Minha Vida, que tem a expectativa de construir na Bahia mais 160 mil unidades habitacionais até 2014.

Durante o programa Wagner se refere ainda à sua participação, no último domingo, na abertura oficial da Feira Nacional da Agropecuária da Bahia (Fenagro), no Parque de Exposições de Salvador, destacando a importância do evento e a participação da agricultura familiar. Além disso, ele fala da entrega de obras nos municípios baianos de Cândido Sales e Caetanos e da inauguração da Casa da Cidadania, no bairro de Tancredo Neves, em Salvador, espaço voltado à prestação de diversos serviços à população.

Segundo maior parque eólico 
O governador afirma que o Brasil se transformou em um grande polo de atração de investidores estrangeiros e diz que a sua alegria é a saber que a Bahia, o segundo maior parque eólico do país, é o quarto Estado brasileiro na recepção de novos investimentos.

De acordo com ele, a francesa Alstom é a segunda empresa internacional produtora de aerogeradores a se instalar em Camaçari – a primeira foi a espanhola Gamesa –, que vai produzir também a nacelle, um dos equipamentos mais importante para a geração de energia eólica.

Para Wagner, a chegada da empresa ao Estado é mais um grande investimento, que mostra a pujança da economia baiana e vai gerar mais riqueza e mais trabalho. Na sua opinião, o empreendimento também é reflexo das viagens ao exterior e do empenho do governo baiano em mostrar a Bahia lá fora, “para atrair novos investimentos e garantir emprego, cidadania e dignidade para a nossa juventude e para todos”.

Reduzir carência de habitação
Ao se referir ao lançamento da segunda etapa do programa Minha Casa, Minha Vida, na sexta-feira passada, com a presença do ministro das Cidades, Mário Negromonte, o governador afirma que a sua preocupação, ao longo desses quatro anos, é reduzir bastante o número de pessoas com carência de habitação.

Segundo Wagner, a Bahia é o Estado que mais construiu habitações populares, com 101 mil moradias na primeira etapa do Minha Casa, Minha Vida. Nos quatro anos do seu primeiro mandato, somando os programas estaduais e federais, o Estado construiu 178 mil novas unidades habitacionais para a população. “Espero, nos oito anos do nosso governo, ter contribuído bastante para dar mais cidadania às famílias baianas, tendo uma casa digna para morar”.

O governador fala ainda da entrega, no último final de semana, de 100 unidades habitacionais a famílias do município baiano de Cândido Sales, além de obras de pavimentação de ruas, de uma Unidade de Saúde da Família (USF) e da instalação do Samu 192, vinculado à Central de Regulação e à central de Vitória da Conquista.

Ele esteve também no município de Caetanos, onde entregou o primeiro sistema de abastecimento de água, com investimento de R$ 3,5 milhões. “Fomos entregar aquilo que é o mais precioso bem para uma cidade, para uma família, que é água”. O governador informa que o governo está buscando mais dinheiro para estender o sistema “aos distritos que faltaram e completar todo o trabalho”.

Cidadania
A inauguração da Casa da Cidadania, no bairro de Tancredo Neves, em Salvador, outro tema abordado no programa, reflete a preocupação do governador Jaques Wagner em melhorar as condições de vida da população. Para ele, esse novo espaço faz parte das ações do programa Pacto pela Vida, e, além da questão da segurança, prestará serviços públicos às pessoas nas diversas áreas, a exemplo da educação, saúde, emprego, cultura e esportes.

O programa Conversa com o Governador é produzido pela Secretaria de Comunicação Social do Governo da Bahia (Secom) e veiculado toda terça-feira pela Rádio Educadora FM 107,5 Mhz, sempre às 7h30, além de ser disponibilizado para reprodução de outros veículos de comunicação que tenham interesse pelo conteúdo.

Um comentário:

kalunga disse...

Quero parabeniza o governador pelas iniciativas, só enaltecer a nossa Bahia. Valeu governador Jacques Vagner o melhor governador do Brasil. Tem só que melhorar a segurança, a titulo de sugestão tem que cortar as gratificações dos comandantes das áreas que o índice de criminalidade aumenta e coloca os tenentes para comandar as vtr, tem muitos manga lisa assumido essa função e só faz merda.