sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Mais dois traficantes retirados do Nordeste

Integrantes de quadrilhas que atuam com tráfico de drogas e praticam homicídios no Nordeste e Chapada do Rio Vermelho, Edivan Santos de Oliveira, 19 anos, e Deivides Jesus Pimentel dos Santos, o “Galego”, 24 – presos na quarta-feira (26), durante operação conjunta feita pelas polícias Civil e Militar – foram apresentados à imprensa na tarde de quinta-feira (27), durante coletiva, pelas delegadas Francineide Moura e Jesuína Gonçalves, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, pelo comandante da Rondesp/Atlântico, major Saulo, e pelo tenente Henrique, do Batalhão de Choque, no auditório do edifício-sede do DHPP, na Pituba.

Eles foram localizados, com dois quilos de maconha prensados em dois tabletes e R$ 430, por meio de ligações para o Disque-Denúncia (3235-0000), que informavam que traficantes e homicidas estavam agindo na região da Chapada do Rio Vermelho. Galego foi preso na manhã de quarta-feira, na rua do Eco, no Nordeste de Amaralina, por policiais da 40ª Companhia Independente da PM. Ele é comparsa dos traficantes conhecidos como “Boi”, “Buguelo” e “Nino”, acusados do assassinato de Jêmerson Santos Moreira, no Vale das Pedrinhas, em 2011.

Edivan foi preso por policiais da Rondesp/Atlântico, quando tentava fugir de uma guarnição da PM, que fazia o patrulhamento na Chapada do Rio Vermelho. Na abordagem, foram apreendidos uma pistola ponto 380, com 15 projéteis intactos, 44 papelotes de cocaína, uma pedra de crack e R$ 100. A arma, segundo o traficante, foi adquirida na Feira do Rolo, por R$ 1.200.



Nenhum comentário: