quarta-feira, 20 de julho de 2011

Aumenta o número de latrocínios em Feira

Os números de registros de latrocínios (roubo seguido de morte) está aumentando na cidade de Feira de Santana. Nos primeiros 19 dias deste mês, já foram registrados quatro latrocínios e várias tentativas de homicídios após assaltos.

Celina morava no bairro Calumbi
APOSENTADA

A aposentada Celina Silva Santana, 86, foi encontrada morta na manhã do dia 1º deste mês, no interior de sua residência localizada na Avenida Eduardo Froes da Mota, a conhecida Avenida de Contorno, no bairro Calumbi, nas proximidades da Pousada Central. O corpo da aposentada apresentava um profundo corte no pescoço, provavelmente com instrumento cortante tipo faca, e hematoma no olho esquerdo após uma paulada, segundo os familiares.

A promotora de vendas residia no bairro Novo Horizonte
RUA 18 DE SETEMBRO

Joselita de Jesus Pedreira, 35, que residia na Rua Santana, bairro Novo Horizonte, morreu vítima de uma bala perdida no início da tarde de quarta-feira (13), por volta de 12h30. Ela foi baleada com um tiro de revólver no peito esquerdo quando transitava pela Rua 18 de Setembro, que fica entre as ruas Desembargador Filinto Bastos (Rua de Aurora) e Conselheiro Franco.

Testemunhas afirmaram que um homem medindo entre 1,80m e 1,90m de altura, com dois ou três dentes prateados e uma tatuagem em um dos braços invadiu uma joalheria localizada na Rua 18 de Setembro e anunciou o assalto.



Luciano Freitas da Silva, 23 anos, e Carlos Cezar Santos Ferreira, 21, foram presos acusados de matar o aposentado Pedro Ferreira
APOSENTADO

O aposentado Pedro Ferreira de Souza, 73 anos, foi vítima de latrocínio, na madrugada do dia 11, no interior de sua residência, na rua Joselito Amorim, 92, no bairro Mangabeira. Segundo os policiais que estiveram no local do crime, a casa estava revirada e em frente ao endereço foi encontrado um carro de mão, que seria utilizado para levar objetos. A carteira que portava cédulas e documentos da vítima foram levados pelos criminosos.

O pedreiro Cosme no conjunto Fraternidade
PEDREIRO

Na tarde de domingo (17), o pedreiro Cosme da Silva Boaventura, 34 anos, que residia na rua Sandro Eduardo, no conjunto Fraternidade morreu no Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA), vítima de um tiro na virilha. Segundo a polícia, o pedreiro foi assaltado horas antes, quando pedalava uma bicicleta pelo loteamento Diplomata, que fica nas proximidades do conjunto Feira VII.

TENTATIVAS DE HOMICÍDIOS

A violência urbana continua fazendo vítimas na cidade de Feira de Santana. O jovem Rogério Alves de Oliveira, 27; Gidiene Marques Santos Oliveira, 18, e Antonio Souza Estrela, 51 anos. Todos correram risco de morte Os crimes aconteceram nos bairros Gabriela, Panorama e Baraúnas.

Rogério, que reside na rua Dr. Xavier, no bairro Nova Esperança, foi vítima de assalto e, como se não bastasse levar sua bicicleta e outros pertences, o assaltante desconhecido o atingiu com cinco facadas. A polícia informa que o assalto aconteceu no loteamento Amaralina, no bairro Gabriela, onde tem se verificado alto índice de violência.

Familiares da vítima afirmaram para reportagem que Rogério é filho de um policial civil e estava saindo de casa para entregar um currículo, quando foi surpreendido pelo bandido. “Ele deve ter verificado que Rogério era filho de policial e, provavelmente, por isso, aplicou os golpes de faca no mesmo”.

A vitima foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhada para o Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA). Ele já foi submetido a cirurgias e se encontra internado no estado de observação.

Na noite da última quarta-feira (13) deste mês, o livro de ocorrência do HGCA registrou duas tentativas de assalto na cidade e as vítimas foram baleadas.

BARAÚNAS

O primeiro foi de Antonio Souza Estrela, 51 anos, morador do bairro São João do Cazumbá, foi vítima de um tiro no pescoço durante uma tentativa de assalto na Avenida de Canal, próximo à Rua São José, na entrada do bairro Baraúnas. O crime foi praticado por dois homens que estavam em uma motocicleta.

PANORAMA

O segundo de Gidiene Marques Santos Oliveira, 18 anos, residente no conjunto Viveiros, foi atingida por tiros no braço esquerdo e na coxa. A jovem contou que estava com o namorado no Parque Panorama, quando um desconhecido anunciou o assalto e em seguida deflagrou os tiros. O namorado não foi atingido.

Um comentário:

Anônimo disse...

ESSA PUTA EO MACHO DELA SÃO TRAFICANTE O TAU DO XINHO