sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Jaques Wagner tem 53%, e Paulo Souto, 16%, diz Datafolha

O blog Polícia É Viola acompanhou as entrevistas dos quatro principais candidatos a Governador da Bahia, feita pela Rede Baiana de Rádio, através da Rádio Sociedade de Feira de Santana. E o que chamou mais atenção da reportagem, foram os recebimentos aos governadores feitos pelas lideranças e corregionários. Então colocamos essas imagens dos dois governadores que as pesquisas apontam como os mais votados. As imagens foram feitas após as entrevistas.

As pesquisas estão acertando, olhem ai a diferença...

















Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (17) mostra o candidato do PT ao governo da Bahia, Jaques Wagner, com 53% das intenções de voto, contra 16% do candidato do DEM, Paulo Souto. O candidato do PMDB, Geddel Vieira Lima, tem 11% das intenções.
Bassuma (PV) e Marcos Mendes (PSOL) aparecem com 1% das intenções de votos. Sandro Santa Bárbara (PCB) e Professor Carlos (PSTU) não atingiram 1%.
De acordo com a pesquisa, brancos e nulos totalizaram 5% e os que não sabem, 12%.
A pesquisa tem margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos. Levando em consideração a margem de erro, Jaques Wagner pode ter entre 50% e 56%, e Paulo Souto, entre 13% e 19%.
Foram realizadas 1.100 estrevistas em 43 municípios na segunda-feira (13) e na terça-feira (14). A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) com o número 38.837/2010.
Fonte: G1.com.br

Mais uma vez, refeição estragada leva mais de 300 operários da R.Carvalho a Policlínica


Mais de 300 operários passaram mal horas depois de almoçarem, ontem (16), no canteiro de obras da R. Carvalho Construtora, no bairro no bairro Mangabeira, Feira de Santana. Em repúdio à alimentação oferecida, centenas de operários realizaram um protesto na manhã desta sexta-feira (17), no local de trabalho, no momento em que mais colegas sentiram-se mal. (ouça o áudio no podcast abaixo da imagem).
Três deles foram encaminhados em um veículo Pick-Up em estado grave e outros foram levados por uma ambulância do SAMU para receberem atendimento médico na policlínica do bairro George Américo. (veja as fotos abaixo).


De acordo com Carmem Novaes, gerente administrativa da policlínica, os primeiros pacientes começaram a ser atendidos por volta das 7h30 da manhã. A equipe de médicos, enfermeiros e da vigilância sanitária precisou ser reforçada.
Esta é a terceira vez que o caso se repete com trabalhadores que prestam serviço a mesma empresa. No último dia 26 de agosto cerca de 50 homens foram atendidos em duas policlínicas da cidade com sintomas de intoxicação alimentar horas depois do almoço.
A causa
O operário Roberto Lima Babosa, 29 anos, disse que começou a sentir-se mal três horas depois que comeu feijão, arroz, macarrão e carne. Com sintomas de diarréia e fortes tontura Roberto se desequilibrou enquanto andava e quebrou o nariz.



Segundo Thais Peixoto, técnica do setor de DTA (Doenças transmissíveis por Alimentos), será realizada uma investigação em 100% dos casos. Os pacientes farão exames laboratoriais e algumas amostras serão encaminhadas ao Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) em Salvador. Ela disse ainda que baseado nos sintomas descritos pelos pacientes e pelo fato de que “todos se alimentaram pelo mesmo veículo”, tudo indica que o problema tenha sido causado, mesmo pela alimentação. O resultado dos exames deve sair em cinco dias.
Um dos manifestantes informou que cerca de 1600 pessoas trabalham na obra e que até uma agulha já encontrada dentro da farinha. A construtora ainda não se posicionou sobre essa nova ocorrência.
Fonte: Acorda Cidade
Fotos: Ed Santos




Box Quadrilha:Presos por tráfico também são suspeitos de cometer homicídios

De acordo com o coordenador Fábio Lordello, os integrantes da quadrilha de “Júnior Capacete” são suspeitos de cometer homicídios na cidade. O coordenador afirmou que todas as delegacias estão investigando os integrantes da quadrilha para saber se há envolvimento em homicídios.

FICHAS CRIMINAIS DOS ACUSADOS

Otavio Pereira Nunes Junior, o “Júnior Capacete”: Chefe da quadrilha, acusado de distribuir drogas (principalmente maconha) para Joabe, Teta, Sony, Pablo e Leonardo, foi flagrado com uma pistola e mais de 15 mil reais em dinheiro. Ainda de acordo com a investigação, Júnior adquiriu duas motocicletas de grandes cilindradas e um veículo VW Golf com dinheiro proveniente do tráfico de drogas. A polícia vai pedir o bloqueio dos bens.
Enderson as Silva Aragão, o “Sony”: Traficante de maconha na Rua Ceará, no bairro Queimadinha, foi preso com arma e drogas. Também acusado e suspeito de cometer vários homicídios na Queimadinha.

Ruberval Moraes Silva, o “Teta”: Traficava maconha no bairro George Américo. No momento da prisão, foi flagrado com o revólver T A calibre 38 (cano longo), uma quantidade de maconha e de dinheiro. Ele também é suspeito de cometer homicídios no George Américo.

Joabe Araujo Santos Reis, 21 anos: Responsável pelo tráfico de drogas na localidade conhecida como Minadouro, nas proximidades do bairro Baraúnas, Joabe foi flagrado um revólver calibre 38, buchas de maconha e uma quantia em dinheiro. Ele também é suspeito de cometer homicídios.
Leonardo dos Santos: Ainda está sendo investigando pela polícia. Flagrado no interior da casa de “Júnior Capacete”, alegou ser trabalhador e usuário de maconha.

Pablo Pena dos Santos Correia: Traficava drogas no Conjunto Feira VII, foi preso com arma e maconha. Ele também é suspeito de homicídios na região do Feira VII.


Diego Figueiredo Nascimento: Ele também foi preso na manhã de quinta-feira (16), mas por mandado de prisão. Diego foi preso em 2008, após ser flagrado cometendo assalto à mão armada, ficando preso por aproximadamente uma semana.







Quadrilha presa com drogas, armas e dinheiro

Uma operação desencadeada pela Polícia Civil de Feira de Santana desarticulou uma quadrilha de traficantes de alta periculosidade. Com o bando os policiais encontraram quatro armas (uma pistola calibre 380, um revólver 38, conhecido como T A (cano longo), um revólver calibre 38 normal e um de calibre 32), além de várias munições de diversos calibres; cinco quilos de maconha, balanças de precisão, um par de algemas, dois notebooks, um cofre digital, duas motocicletas, um veículo VW Golf e 15 mil reais em dinheiro.
Os integrantes da quadrilha foram identificados como Joabe Araujo Santos Reis, 21, residente na localidade conhecida como Minadouro; Ruberval Moraes Silva, o Teta, 20, residente no George Américo; Enderson da Silva Araujo, o Sony, 23, residente na Queimadinha; Pablo Pessoa dos Santos Correia, 24, residente no Conjunto Feira VII; Leonardo dos Santos, 34, residente no Eucalipto, e o chefe da quadrilha Otavio Pereira Nunes Junior, o “Júnior Capacete”, 24, e Diego Figueiredo Nascimento, 24, residente no Jardim Cruzeiro. Este último foi preso por mandado de prisão pela prática de assaltos.

A operação contou com a coordenação do delegado Fábio Lordello, o apoio dos delegados Marcelo Marques (DRFR), Alexandre Narita (DTE), Madson Sampaio, (2ª Delegacia) e Matheus Souza (1ª Delegacia) e policiais do Serviço de Investigação das delegacias envolvidas.
Fábio Lordello afirmou para reportagem que as investigações foram iniciadas há seis meses. “O traficante Júnior Capacete nunca havia sido preso. Para se ter uma ideia do poder deste traficante, ele era responsável pelo abastecimento de drogas em diversos bairros da cidade, sendo que ele traficava mais maconha. As investigações foram iniciadas pela Delegacia de Tóxicos Entorpecentes (DTE), através do delegado Alexandre Narita. Agradecemos ao Ministério Público e à Justiça, que nos atenderam e decretaram as prisões preventivas dos acusados. Com esta operação, conseguimos prender alguns dos principais traficantes que vinham terrorizando a comunidade de Feira de Santana”.


De acordo com Fábio Lordello, 80% dos homicídios ocorridos nos últimos tempos em Feira de Santana estão relacionados ao tráfico de drogas. “A cidade tem muitos usuários de todos os tipos de drogas, mas o crack pode ser considerado uma peste, uma espécie de doença do momento. Está na hora de todas as instâncias do poder unir forças para combater de modo mais eficaz essa substância”. Segundo o delegado, este é o momento de construir um hospital especializado no tratamento de dependência de substâncias químicas. “Só prender traficantes não adianta”, concluiu.



Polícia Militar forma novos Soldados

O 1º Batalhão (Unidade Escola) realizou na manha de ontem (16), na área cívica do quartel, solenidade de formatura, onde 143 novos soldados foram incorporados as fileiras da Polícia Militar.
Representando o Comandante Geral da PMBA, coronel PM Nilton Régis Mascarenhas, a cerimônia de formatura foi presidida pelo coronel PM, Hélio Alves Gondim, Comandante do Policiamento Regional Leste, que recebeu a apresentação dos novos soldados, pelo tenente coronel PM Martinho Antônio Nunes, Comandante do Batalhão. O evento reuniu autoridades civis e militares, além de familiares e imprensa local.

Durante o curso a soldado PM, Joice Batista Correia, teve destaque o que garantiu o 1º lugar na classificação maior nota. “Almejei este posto, por isso busquei no meu período de curso assimilar bem as instruções”. Disse. “Neste momento, me sinto orgulhosa principalmente por representar a classe feminina”. Concluiu.
Na entrega da homenagem, o Prefeito de Feira de Santana, Tarcisio Pimenta, enalteceu a soldado Joice pela dedicação.


O patrono escolhido pela turma foi o soldado PM Josivaldo Santos Murici, morto no ano passado, no cumprimento do dever policial militar. A viúva Romilda Murici ao lado do seu filho, muitos emocionados pela homenagem, agradeceram a PM pelo reconhecimento, na certeza que o Batalhão jamais esquecerá o saudoso e combatente policial.



quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Dilma continua crescendo diz Data Folha




Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (16) mostra a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, com 51% das intenções de voto. O candidato do PSDB, José Serra, aparece com 27%, e Marina Silva, do PV, tem 11%, segundo o levantamento.
A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo".
Considerando a margem de erro da pesquisa, de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, Dilma pode ter entre 49% e 53%. Serra pode ter entre 25% e 29%, e Marina, entre 9% e 13%.
Dentre os outros candidatos – Eymael (PSDC), Ivan Pinheiro (PCB), Levy Fidelix (PRTB), Plínio (PSOL), Rui Costa Pimenta ( PCO) e Zé Maria (PSTU) - nenhum atingiu 1% das intenções de voto. De acordo com a pesquisa, brancos e nulos somam 4%, e indecisos, 7%.
Foram realizadas 11.784 entrevistas em 423 municípios da segunda-feira (13) à quarta-feira (15). A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 30014/2010.
Na pesquisa anterior do Datafolha, divulgada na última sexta-feira (10), Dilma aparecia com 50%, Serra, com 27%, e Marina, com 11%.
Votos válidosConsiderando apenas os votos válidos, ou seja, descontando brancos e nulos, a petista alcança 57%, o tucano, 30%, e a candidata do PV, 12%.
Segundo turnoNa simulação de segundo turno feita pelo Datafolha, Dilma aparece com 57%, e Serra, com 35%. Brancos e nulos seriam 5%, e indecisos, 4%.
Fonte: G1.com

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Bandidos morrem em troca de tiros com policiais


Na tarde de hoje, dois assaltantes morreram em confronto com policiais do Tático Móvel, na localidade conhecida como invasão José Ronaldo, que fica no bairro George Américo. De acordo com tenente Flanklin Martins, a guarnição 37 fazia rondas pelo bairro George Américo, quando receberam informações que dois assaltantes, sendo um conhecido como “Burrego” e outro ainda não identificado estavam armados com revolveres.

A guarnição se deslocou para o local, moradores informaram que teriam entrado num matagal. Quando os policiais se aproximaram do matagal foram recebidos a tiros, em seguida os militares revidaram e o tiroteio durou mais de 20 minutos. Depois os assaltantes foram alvejados e socorridos para o Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA).
Um dos assaltantes não resistiu ao receber os primeiros atendimentos médicos e o outro morreu horas depois na emergência do HGCA.



Mais um ajudante de pedreiro é assassinado

O ajudante de pedreiro Jeromar da Silva, 18 anos foi assassinado com cinco tiros de revolver, no final da manha de ontem, na Rua Paraíso, no Conjunto Ildes Ferreira. Segundo a polícia, Jeromar trabalhava na construção de uma casa, na mesma rua do crime, quando dois homens chegaram a pé, invadiram a construção e deflagraram vários tiros acertando cabeça, tórax, umbro e nas costas. A vítima ainda tentou correr para interior de uma residência, não conseguiu caindo na porta, já sem vida.
Policiais militares compareceram minutos depois ao local, mais não conseguiram prender os acusados, já que testemunhas afirmaram que após deflagrarem os tiros fugiram a pés. Policiais plantonistas do Complexo Policial Investigador Bandeira, juntamente com peritos do Departamento de Polícia Técnica, que teve a presença do coordenador do DPT Rogério Serafim e realizaram o levantamento cadavérico e iniciaram as primeiras investigações.

Familiares da vitima compareceram no local e afirmaram que a mesma, residia no George Américo e tinha poucos dias que morava no Conjunto Ildes Ferreira na casa de um familiar. O crime está sendo investigado pelo Serviço de Investigação da 1ª Delegacia, que tem o comando do delegado Matheus Souza.
Conjunto João Paulo
Bobdylan Guimarães Mendes, 18 anos, foi assassinado com oito tiros de pistola, calibre 380, na noite de terça-feira (14), na varanda da residência onde morava localizada na Rua H, no Conjunto João Paulo II. Segundo a polícia, Bobdylan se encontrava na varanda da casa, conversando com familiar, quando um homem desconhecido se aproximou e efetuou vários disparos acertando cabeça e no peito da vitima, que não resistiu e morreu.
O crime esta sendo investigado pelo Serviço de Investigação da 2ª Delegacia, que tem o comando do delegado Madson Sampaio.

Policial se mata
A Polícia Civil realizou o levantamento cadavérico do policial militar, Rogério Aires Lima Souza. O suicídio aconteceu no interior da Residência Universitária, localizada na Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Ele se matou com um tiro na cabeça com um revólver calibre 38.
Familiares do policial não quiseram falar com a Imprensa.






Familiares de Jullyanderson exigem que assassino permaneça preso

Na manhã de quarta-feira (15), Maria Zélia da Silva Castro e Valdemir do Vale Castro, pais de Jullyanderson Ellan da Silva Castro, conhecido como “Lolô”, 21, assassinado na noite do dia 9 deste mês, declararam para a reportagem do Folha do Estado que esperam que a Justiça e o Ministério Público mantenham preso Otávio Gomes da Silva neto, 22, autor do assassinato.
Valdemir conta o drama de presenciar o assassinato de seu filho. “É duro perder um filho, ainda mais da forma como perdi o meu. Vi meu filho ser assassinado e não pude evitar, é muito duro. Eu e meu filho estávamos trabalhando aqui na loja, quando aquele delinquente invadiu o local com a arma em punho. Pensei que fosse um assalto, mas ele mirou para meu filho, falou ‘perdeu, velho!’ e começou a disparar. Depois ele mirou a arma na direção da minha cabeça e atirou. Fiquei alguns segundos parado, até perceber que não havia sido atingido. Foi então que eu joguei um objeto contra ele, que, outra vez, mirou a arma pra mim, mas não atirou. Quando ele guardou o revólver na cintura, parti pra cima dele, consegui imobilizá-lo e, em seguida, amigos e vizinhos vieram me socorrer. Peço para as autoridades manterem esse delinquente preso até ele pagar pelo o que fez”.

Maria Zélia da Silva Castro, mãe de Jullyanderson, também pede às autoridades que mantenham Otávio preso até cumprir o último dia de sua pena. “Ele tem que ser julgado, mas, até o julgamento, ele tem que ficar preso e pagar todos os dias que a sentença determinar. Ele tem que respeitar a memória do meu filho, pois andou dando entrevistas aos veículos de comunicações se fingindo de santinho. O que ele falou é tudo mentira. Era ele que andava fazendo ameaças de morte contra meu filho, por causa de Raiane, a namoradinha dele”.
Zélia também relatou a angústia que viveu no momento do assassinato de seu filho. “Eu estava na janela de casa, quando Otávio chegou de moto. Eu vi quando ele se encostou no nosso carro, na frente da loja, e colocou a mão na cintura. Em seguida, ouvi os disparos. Fiquei louca. Desci as escadas que nem vi. Mas, quando cheguei na loja, meu marido já estava segurando o assassino. Então, corri para ver o meu filho, mas ele já estava agonizando. Ele morreu no meu colo”.
Um amigo de Jullyanderson, que veraneou com ele em Cabuçu e preferiu não ser identificado, contou para nossa reportagem que presenciou o bate boca entre o “Lolô” e o assassino. “Estávamos todos curtindo a praia, quando Otávio passou em uma motocicleta com ela (Raiane) na garupa. Como Jullyanderson a conhecia, brincou com ela. Foi uma coisa simples, um mero cumprimento. Mas Otávio não gostou e começou o bate boca. Na ocasião, ele chegou a fazer ameaça de morte ao meu amigo”. A testemunha das ameaças também falou que, dias antes de ser assassinado, Jullyanderson foi ameaçado com uma arma. “Lolô chegou na minha casa assustado. Ele falou: ‘Velho, aquele cara (Otávio) de Cabuçu puxou uma arma para mim agora há pouco na Queimadinha’. Aí eu falei: ‘Então vá pra casa e vê se não fica de bobeira’”, relatou o amigo de Jullyanderson.


O CRIME
Jullyanderson Ellan da Silva Castro, conhecido como “Lolô”, 21, foi assassinado com vários tiros de revólver calibre 38, no interior da loja onde trabalhava, localizada na Rua dos Maias, bairro São João (antigo Campo do Gado Velho). Segundo a polícia, o autor dos disparos foi identificado como Otávio Gomes da Silva Neto, 22, residente na Rua Torquato, bairro Tomba.
Ainda de acordo com a polícia, Lolô estava trabalhando na loja do pai, onde funciona uma oficina de som automotivo, quando foi abordado pelo assassino, que, sem falar nada começou a fazer os disparos. Jullyanderson, que foi atingido na cabeça e no tórax, ainda chegou a ser socorrido para o Emec, mas não resistiu. Otávio foi perseguido pelo pai da vítima, espancado por populares e depois socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade, onde permanece custodiado por policiais militares.
Jullyanderson residia na Rua dos Maias, no mesmo bairro onde trabalhava. O crime será investigado pelo Serviço de Investigação da 2ª Delegacia, que tem o comando do delegado Madson Sampaio.

Mulher assassina companheiro a faca

Maria de Fátima da Conceição, 37, assassinou com um golpe de faca o companheiro Francisco das Chagas, 54, no povoado de Santana do Sobral, distrito de Casa Nova, município baiano. A polícia apurou que o casal começou a ingerir bebidas alcoólicas ainda pela manhã, no município de Casa Nova. Quando os dois retornaram para casa iniciaram uma discussão, tendo Francisco agredido à mulher com vários socos. Depois da briga ele voltou à cidade, retornando para casa por volta das 18 horas. Maria tentou impedir que o marido entrasse em casa e quando Francisco passou pela porta foi esfaqueado na altura da clavícula e morreu no local. Ele era usuário de drogas. Os vizinhos do casal acionaram a polícia, que encontrou Maria de Fátima na cozinha, ensangüentada e chorando muito. A filha do casal presenciou o crime e deverá ficar sob os cuidados de uma avó.

O motociclista Gilvan Francisco Santana Santos, 31 anos, morreu na manhã de ontem (15), na BR-324, no Km 528, sentido Salvador / Feira, após sofrer um acidente.
Segundo o policial rodoviário Milton Luiz Cerqueira, a vítima realizava uma travessia indevida pelo canteiro da pista quando foi surpreendido por um caminhão de placa JSC-0695, licença de Barra da Estiva, que o atropelou. A vítima, que teve morte instantânea, preferiu realizar a chamada “roubadinha”, mesmo estando a 100 metros do retorno. Ele foi atingido de lado.
O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT). Até o fechamento desta edição, a vitima permanecia sem endeço.

Beneficiado por indulto preso em São Cristóvão

Quatro meses depois de ser beneficiado com o indulto do Dia das Mães e não retornar ao Presídio de Lauro de Freitas, o assaltante Rafael Santos Ribeiro, 21, foi recapturado por policiais militares no final da noite de sábado (11), na comunidade de Yolanda Pires, bairro São Cristóvão.Encaminhado para o Complexo Policial da Baixa do Fiscal, Rafael saíra do presídio no dia 7 de maio e deveria retornar ao sistema prisional no dia 13 daquele mês. Considerado foragido da Justiça, Rafael responde processo por assalto e cumpria a pena de cinco anos e quatro meses, em regime semi-aberto.Ele permanece custodiado na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) de onde será transferido para o Presídio de Lauro de Freitas.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Quatro pessoas assassinadas em menos de 24 horas


Quatro pessoas foram assassinadas em menos de 24 horas, em Feira de Santana. As vítimas tinham idades entre 14 e 25 anos.
Queimadinha I
Sineone Santos do Vale, 17, foi assassinado com vários tiros de pistola 380 na noite de segunda-feira (13), na Rua das Flores, bairro Queimadinha. Segundo a polícia, a vítima se encontrava conversando com amigos, quando dois homens se aproximaram e efetuaram os disparos, acertando em diversas partes do corpo.
Sineone residia na Rua Ceará, no bairro Queimadinha. O crime será investigado pelo Serviço de Investigação da 2ª Delegacia, que tem como titular o delegado Madson Sampaio.


Queimadinha II

O Pedreiro Antonio Marcos da Hora, 36, que residia na Rua Leolindo Silva, bairro Queimadinha, foi assassinado com vários tiros na tarde de ontem (14). Segundo a polícia, a vítima estava numa vila de casas, na rua onde morava, quando um homem não identificado se aproximou e efetuou os disparos.
O crime será investigado pelo S I da 2ª Delegacia. Apenas em 2010, 11 pessoas já foram assassinadas no bairro.

Aviário
Na tarde de ontem (14), a Polícia Civil registrou um duplo homicídio acontecido na Travessa J, no bairro Aviário. O mototaxista clandestino José Severino Silva, 40, que residia na Rua Maraú, bairro Caseb, e Luciano dos Santos, o "Lú Zarolho", 26, que residia na Rua W, bairro Aviário, foram assassinados a tiros por dois homens que estavam em uma motocicleta de dados ignorados.
Segundo a polícia, provavelmente, o alvo dos assassinos seria apenas Luciano dos Santos. José Severino foi morto por ter testemunhado o crime. Ainda de acordo com investigadores, Luciano já era procurado pela polícia
O pedreiro Antonio da Hora foi assassinado na tarde de ontem


Em entrevista ao radialista Aldo Matos, do Programa Acorda Cidade, o soldado da Polícia Militar, Simão, comandante da viatura Lobo 25, informou que havia abordado o mototaxista antes deste ser assassinado. O soldado havia pedido a José Severiano que mostrasse os documentos da motocicleta Honda Fan, placa JSB- 6510, licença de Feira de Santana. José Severiano foi liberado logo após a constatação da legalidade dos documentos. Segundo o policial, aproximadamente 40 minutos depois da abordagem ao mototaxista, a guarnição foi informada sobre o crime no bairro Aviário.
Moradores da localidade não quiseram informar sobre o caso. Este é o quarto homicídio registrado no bairro Aviário em setembro. No ano, 17 pessoas foram assassinadas no local.


Sineone foi assassinado na noite de segunda feira


Chacina de Maria Quitéria: Polícia apreende pistola usada no crime

Policiais civis de Feira de Santana prenderam na semana passada, durante a operação Visão Noturna, dois homens que estavam armados com duas pistolas. A Polícia Civil descobriu que uma das pistolas apreendidas foi usada na chacina acontecida no mês de dezembro do ano passado, no Distrito de Maria Quitéria, quando quatro pessoas foram assassinadas, sendo três da uma mesma família.
A prisão aconteceu na Avenida Getúlio Vargas, nas proximidades do bairro Parque Getúlio Vargas. Os dois homens, de identidade ainda não revelada pela polícia, foram ouvidos e liberados. Apenas um deles foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma.

O Serviço de Investigação da 2ª Delegacia, que tem como titular o delegado Madson Sampaio, responsável pelas investigações do crime, já suspeitava dos indivíduos presos. No início desta semana, o resultado da perícia técnica constatou que a arma apreendida foi usada na chacina.
A reportagem tentou falar com o delegado Madson Sampaio, mas o mesmo alegou que só vai se pronunciar depois que elucidar a chacina.

A CHACINA
Por volta das 5 horas da manhã do dia 21 de Dezembro do ano passado, quatro homens invadiram uma residência na Fazenda Caldeirão, no Distrito de Maria Quitéria, e assassinaram a tiros de pistolas 9mm e 380 o casal Cleidson Mariano Araujo, 29, Eliana Batista da Conceição, 41, e as crianças Breno Batista Machado, 10, filho de Eliana, e o vizinho Bruno Silva de Jesus, de 9 anos. Esta foi a terceira chacina do ano 2009 em Feira de Santana.


Segundo informações policiais, os assassinos chegaram em duas motocicletas de dados ignorados. A primeira vítima teria sido Eliana, que abriu a porta atendendo ao chamado de um dos homens. Ela foi alvejada com oito tiros. Em seguida, os quatro homens invadiram a residência e assassinaram Cleidson com vários disparos. O filho do casal, Breno Batista Machado, foi morto com três tiros e seu amigo, Bruno Silva de Jesus, foi alvejado com um tiro.
Segundo um investigador da Polícia Civil, o que mais chamou atenção da equipe de investigação foi o assassinato das crianças. “Um deles (Bruno Silva) tentou se esconder dentro do banheiro, entre o vaso sanitário e a parede, mas os covardes não tiveram piedade e o assassinaram com um tiro na cabeça. Breno foi morto com três disparos, abraçado ao corpo de Cleisdon”, revelou o investigador.

Acusado de matar Jullyanderson alega que recebia ameaças de morte

Otávio Gomes afirmou que recebia ameaças de Jullyamderson


Na manhã de hoje (14), Otávio Gomes da Silva Neto, 22, disse para a reportagem que o motivo do assassinato foi as ameaças de morte que a vítima (Jullyanderson) lhe fazia.
“Tudo começou no ano passado, na Praia de Cabuçu, quando eu fiquei com uma menina com quem ele queria ficar. Aí ele se chateou comigo e passou a me fazer ameaças de morte. Em Cabuçu mesmo ele tentou me atropelar com uma motocicleta, mas eu sempre evitei confronto com ele. Nos encontramos na micareta deste ano e ele deu um soco em meu rosto e, mais uma vez, evitei confronto. Desde então ele passou a mandar recados pelos meus amigos, dizendo que iria me matar de qualquer jeito”.
Otávio conta agora como deflagrou os tiros em Jullyanderson. “Na semana do crime, eu ainda tentei falar com ele através de MSN e de e-mails, mas ele nem respondia. Foi então que eu cometi o erro de ir até a casa dele armado. Quando cheguei, perguntei a ele o que ele queria comigo. Nisso, ele me empurrou e eu perdi a cabeça, saquei a arma da cintura e deflagrei os tiros nele. Larguei o revólver no chão e corri, mas o pai e o irmão dele me pegaram e me espancaram”.

O CRIME

Jullyanderson Ellan da Silva Castro, conhecido como “Lolô”, 21, foi assassinado com vários tiros de revólver calibre 38, no interior da loja de seu pai, onde trabalhava, localizada na Rua dos Maias, bairro São João (antigo Campo do Gado Velho). Segundo a polícia, o autor dos disparos foi identificado como Otávio Gomes da Silva neto, 22, residente na Rua Torquato, bairro Tomba.
Ainda de acordo com a polícia, Lolô estava trabalhando na loja do pai, onde funciona uma oficina de som automotivo, quando foi abordado pelo assassino. Jullyanderson, que foi atingido na cabeça e no tórax, ainda chegou a ser socorrido para o Emec, mas não resistiu. Otávio foi perseguido pelo pai da vítima, espancado por populares e depois socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade, onde permanece custodiado por policiais militares.
Jullyanderson residia na Rua dos Maias, no mesmo bairro onde trabalhava. O crime será investigado pelo Serviço de Investigação da 2ª Delegacia, que tem o comando do delegado Madson Sampaio.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Acusado de disparar tiro na Expofeira é preso em flagrante


Por volta das 23 horas do último sábado (11), no Parque de Exposições João Martins da Silva, durante o show da banda Trilogia do Reggae, a patrulha comandada pelo Sd PM Rangel, pertencente a 66ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), responsável pelo comando da festa, prendeu em flagrante Jemerson Mauricio de Lima, 27, residente na rua Cândido Mendes, Sítio Matias, portando um revólver calibre 32, de marca INA.

Jemerson efetuou um disparo de arma de fogo durante o referido show, que atingiu José Luis Borges dos Santos na região do abdome. A vítima foi socorrida e conduzida para o Posto de Saúde do parque e, posteriormente, encaminhada para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).


FLAGRANTE
A reportagem do Blog Polícia É Viola flagrou o momento em que aconteceu o disparo e o corre-corre das pessoas que se encontravam na frente do palco, no momento em que o grupo Trilogia do Reggae se apresentava. Outras pessoas tiveram ferimentos leves em consequência do tumulto.
A polícia agiu rapidamente, conseguindo prender o acusado. Jemerson foi conduzido para o Complexo Policial Investigador Bandeira, onde foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio.



Ocorrências da Polícia Militar

Alan Pereira Passos, 18, após abordagem policial, foi encontrado com 23 pedras de crack e dois papelotes de cocaína. Alan foi conduzido para a Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE). O fato ocorreu na noite de domingo (12), na Av. de Canal, área da 65ª CIPM.
Uma guarnição da lobo 80, por volta das 22 horas de domingo (12), no bairro Jussara, conduziram à delegacia de polícia, acusado de tráfico de drogas, Anderson Maciel Ferreira, 19. Anderson foi encontrado com 70 trouxas de maconha e um pacote com aproximadamente 400 gramas da mesma droga. O acusado foi conduzido ao Complexo Policial Investigador Bandeira.
Quadrilha de traficantes
Na madrugada de sábado (11), no bairro Santo Antonio dos Prazeres, as guarnições das Especializadas Tático Móvel, com o apoio da CAEL, após abordagem policial, prenderam em flagrante por tráfico de drogas: Diogo de Jesus da Conceição, 21, Alexandro Pereira de Jesus, 31, Roberto Alves de Souza, 30, e Francisca Gonçalves da Silva, 24. Com os acusados foram encontrados 53 trouxinhas de cocaína, um celular e a quantia em dinheiro de R$ 463 reais. Todos foram conduzidos à 2ª Delegacia de Polícia.

Tráfico no Campo Limpo
Na manhã de sábado, no bairro Campo Limpo, Pedro Clebson Ferreira da Conceição, 18, em companhia do menor de iniciais J.S.S., 17, foram apreendidos por uma guarnição da Especializada Tático Móvel, após abordagens realizada na área da 65ª CIPM. Em poder dos indivíduos, os policiais encontram um cigarro de maconha, seis pedras de crack e duas bicicletas. Os acusados foram apresentados à 2ª Delegacia.
As guarnições das Especializadas Tático Movél e CAEL, por volta das 23 horas de sábado (11), no bairro do Campo Limpo, prenderam por tráfico de drogas, Antônio Fagundes Moreira, 45, e Valdelice de Oliveira Santos, 35. Em poder do casal foram encontrados 35 gramas de cocaína, dois cheques sem fundos, quatro anéis, dois chaveiros, um celular, além da quantia em espécie de R$ 397 reais.

TRÁFICO SÍTIO MATIAS
Uma guarnição da Especializada Tático Móvel, por volta das 14h do sábado (11), no bairro Sítio Matias, na área de 67ª CIPM, apreendeu e conduziu à DAI os menores de iniciais: H. P. S., de 16 anos, e J.F.C., de 16 anos. Após abordagem policial, os menores foram encontrados com 02 (duas) trouxas de maconha e R$ 57,00 em dinheiro.

AMEAÇA DE MORTE
A guarnição lobo 27, da 67ª CIPM, atendendo a solicitação da direção do Colégio Polivalente, prendeu e conduziu à 1ª Delegacia, Luis Caros dos Santos, 24, acusado de ter ameaçado contra a vida de Paulo José Mota, 40. A ocorrência foi registrada por volta das 14 horas de sexta-feira (10), no bairro da Brasília.


TRÁFICO NO GEORGE
No bairro do George Américo, policiais militares da 65ª CIPM conduziram Jair Alves da Conceição, 26, em companhia do menor de iniciais H. M. S., 17, acusados de tráfico de drogas. Os policiais encontraram com os indivíduos 100 gramas de maconha e R$ 146,00 em dinheiro. Ambos foram conduzidos para a 2ª Delegacia de Polícia.

TRÁFICO ALTO DO CRUZEIRO
No Alto do Cruzeiro, por volta das 16 horas de sábado (11), após ação policial da 65ª CIPM, Jorge Conceição Santos, 43, Marcio Santos Costa, 30, e Elza de Abreu, 58, foram presos por tráfico de drogas. Na mesma operação foi apreendido o menor de iniciais S.A., de 16 anos. Os indivíduos foram encontrados com uma pedra de crack, certa quantidade de maconha, além de R$ 78,00 em espécie.








Tráfico no George II
Por volta das 13 horas, no Conjunto José Ronaldo, no bairro George Américo, durante Ronda no Bairro, indivíduos de dados não identificados, após avistarem a presença da polícia, abandonaram em via publica 77 trouxas de maconha, evadindo-se do local. A guarnição chegou a empreender busca, mas não conseguiu alcançar os acusados. A droga foi apresentada à Delegacia de Tóxico e Entorpecente.

TRÁFICO NA QUEIMADINHA
Por volta das 20h30 de sexta-feira (09), no bairro Queimadinha, os menores de iniciais A.N.C., de 15 anos, e J.A.T., 16 anos, foram apreendidos por policiais militares, por estarem de posse de seis buchas de maconha e cinco pedras de crack.