quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Bandidos morrem em troca de tiros com policiais


Na tarde de hoje, dois assaltantes morreram em confronto com policiais do Tático Móvel, na localidade conhecida como invasão José Ronaldo, que fica no bairro George Américo. De acordo com tenente Flanklin Martins, a guarnição 37 fazia rondas pelo bairro George Américo, quando receberam informações que dois assaltantes, sendo um conhecido como “Burrego” e outro ainda não identificado estavam armados com revolveres.

A guarnição se deslocou para o local, moradores informaram que teriam entrado num matagal. Quando os policiais se aproximaram do matagal foram recebidos a tiros, em seguida os militares revidaram e o tiroteio durou mais de 20 minutos. Depois os assaltantes foram alvejados e socorridos para o Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA).
Um dos assaltantes não resistiu ao receber os primeiros atendimentos médicos e o outro morreu horas depois na emergência do HGCA.



Mais um ajudante de pedreiro é assassinado

O ajudante de pedreiro Jeromar da Silva, 18 anos foi assassinado com cinco tiros de revolver, no final da manha de ontem, na Rua Paraíso, no Conjunto Ildes Ferreira. Segundo a polícia, Jeromar trabalhava na construção de uma casa, na mesma rua do crime, quando dois homens chegaram a pé, invadiram a construção e deflagraram vários tiros acertando cabeça, tórax, umbro e nas costas. A vítima ainda tentou correr para interior de uma residência, não conseguiu caindo na porta, já sem vida.
Policiais militares compareceram minutos depois ao local, mais não conseguiram prender os acusados, já que testemunhas afirmaram que após deflagrarem os tiros fugiram a pés. Policiais plantonistas do Complexo Policial Investigador Bandeira, juntamente com peritos do Departamento de Polícia Técnica, que teve a presença do coordenador do DPT Rogério Serafim e realizaram o levantamento cadavérico e iniciaram as primeiras investigações.

Familiares da vitima compareceram no local e afirmaram que a mesma, residia no George Américo e tinha poucos dias que morava no Conjunto Ildes Ferreira na casa de um familiar. O crime está sendo investigado pelo Serviço de Investigação da 1ª Delegacia, que tem o comando do delegado Matheus Souza.
Conjunto João Paulo
Bobdylan Guimarães Mendes, 18 anos, foi assassinado com oito tiros de pistola, calibre 380, na noite de terça-feira (14), na varanda da residência onde morava localizada na Rua H, no Conjunto João Paulo II. Segundo a polícia, Bobdylan se encontrava na varanda da casa, conversando com familiar, quando um homem desconhecido se aproximou e efetuou vários disparos acertando cabeça e no peito da vitima, que não resistiu e morreu.
O crime esta sendo investigado pelo Serviço de Investigação da 2ª Delegacia, que tem o comando do delegado Madson Sampaio.

Policial se mata
A Polícia Civil realizou o levantamento cadavérico do policial militar, Rogério Aires Lima Souza. O suicídio aconteceu no interior da Residência Universitária, localizada na Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Ele se matou com um tiro na cabeça com um revólver calibre 38.
Familiares do policial não quiseram falar com a Imprensa.






Familiares de Jullyanderson exigem que assassino permaneça preso

Na manhã de quarta-feira (15), Maria Zélia da Silva Castro e Valdemir do Vale Castro, pais de Jullyanderson Ellan da Silva Castro, conhecido como “Lolô”, 21, assassinado na noite do dia 9 deste mês, declararam para a reportagem do Folha do Estado que esperam que a Justiça e o Ministério Público mantenham preso Otávio Gomes da Silva neto, 22, autor do assassinato.
Valdemir conta o drama de presenciar o assassinato de seu filho. “É duro perder um filho, ainda mais da forma como perdi o meu. Vi meu filho ser assassinado e não pude evitar, é muito duro. Eu e meu filho estávamos trabalhando aqui na loja, quando aquele delinquente invadiu o local com a arma em punho. Pensei que fosse um assalto, mas ele mirou para meu filho, falou ‘perdeu, velho!’ e começou a disparar. Depois ele mirou a arma na direção da minha cabeça e atirou. Fiquei alguns segundos parado, até perceber que não havia sido atingido. Foi então que eu joguei um objeto contra ele, que, outra vez, mirou a arma pra mim, mas não atirou. Quando ele guardou o revólver na cintura, parti pra cima dele, consegui imobilizá-lo e, em seguida, amigos e vizinhos vieram me socorrer. Peço para as autoridades manterem esse delinquente preso até ele pagar pelo o que fez”.

Maria Zélia da Silva Castro, mãe de Jullyanderson, também pede às autoridades que mantenham Otávio preso até cumprir o último dia de sua pena. “Ele tem que ser julgado, mas, até o julgamento, ele tem que ficar preso e pagar todos os dias que a sentença determinar. Ele tem que respeitar a memória do meu filho, pois andou dando entrevistas aos veículos de comunicações se fingindo de santinho. O que ele falou é tudo mentira. Era ele que andava fazendo ameaças de morte contra meu filho, por causa de Raiane, a namoradinha dele”.
Zélia também relatou a angústia que viveu no momento do assassinato de seu filho. “Eu estava na janela de casa, quando Otávio chegou de moto. Eu vi quando ele se encostou no nosso carro, na frente da loja, e colocou a mão na cintura. Em seguida, ouvi os disparos. Fiquei louca. Desci as escadas que nem vi. Mas, quando cheguei na loja, meu marido já estava segurando o assassino. Então, corri para ver o meu filho, mas ele já estava agonizando. Ele morreu no meu colo”.
Um amigo de Jullyanderson, que veraneou com ele em Cabuçu e preferiu não ser identificado, contou para nossa reportagem que presenciou o bate boca entre o “Lolô” e o assassino. “Estávamos todos curtindo a praia, quando Otávio passou em uma motocicleta com ela (Raiane) na garupa. Como Jullyanderson a conhecia, brincou com ela. Foi uma coisa simples, um mero cumprimento. Mas Otávio não gostou e começou o bate boca. Na ocasião, ele chegou a fazer ameaça de morte ao meu amigo”. A testemunha das ameaças também falou que, dias antes de ser assassinado, Jullyanderson foi ameaçado com uma arma. “Lolô chegou na minha casa assustado. Ele falou: ‘Velho, aquele cara (Otávio) de Cabuçu puxou uma arma para mim agora há pouco na Queimadinha’. Aí eu falei: ‘Então vá pra casa e vê se não fica de bobeira’”, relatou o amigo de Jullyanderson.


O CRIME
Jullyanderson Ellan da Silva Castro, conhecido como “Lolô”, 21, foi assassinado com vários tiros de revólver calibre 38, no interior da loja onde trabalhava, localizada na Rua dos Maias, bairro São João (antigo Campo do Gado Velho). Segundo a polícia, o autor dos disparos foi identificado como Otávio Gomes da Silva Neto, 22, residente na Rua Torquato, bairro Tomba.
Ainda de acordo com a polícia, Lolô estava trabalhando na loja do pai, onde funciona uma oficina de som automotivo, quando foi abordado pelo assassino, que, sem falar nada começou a fazer os disparos. Jullyanderson, que foi atingido na cabeça e no tórax, ainda chegou a ser socorrido para o Emec, mas não resistiu. Otávio foi perseguido pelo pai da vítima, espancado por populares e depois socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade, onde permanece custodiado por policiais militares.
Jullyanderson residia na Rua dos Maias, no mesmo bairro onde trabalhava. O crime será investigado pelo Serviço de Investigação da 2ª Delegacia, que tem o comando do delegado Madson Sampaio.

Mulher assassina companheiro a faca

Maria de Fátima da Conceição, 37, assassinou com um golpe de faca o companheiro Francisco das Chagas, 54, no povoado de Santana do Sobral, distrito de Casa Nova, município baiano. A polícia apurou que o casal começou a ingerir bebidas alcoólicas ainda pela manhã, no município de Casa Nova. Quando os dois retornaram para casa iniciaram uma discussão, tendo Francisco agredido à mulher com vários socos. Depois da briga ele voltou à cidade, retornando para casa por volta das 18 horas. Maria tentou impedir que o marido entrasse em casa e quando Francisco passou pela porta foi esfaqueado na altura da clavícula e morreu no local. Ele era usuário de drogas. Os vizinhos do casal acionaram a polícia, que encontrou Maria de Fátima na cozinha, ensangüentada e chorando muito. A filha do casal presenciou o crime e deverá ficar sob os cuidados de uma avó.

O motociclista Gilvan Francisco Santana Santos, 31 anos, morreu na manhã de ontem (15), na BR-324, no Km 528, sentido Salvador / Feira, após sofrer um acidente.
Segundo o policial rodoviário Milton Luiz Cerqueira, a vítima realizava uma travessia indevida pelo canteiro da pista quando foi surpreendido por um caminhão de placa JSC-0695, licença de Barra da Estiva, que o atropelou. A vítima, que teve morte instantânea, preferiu realizar a chamada “roubadinha”, mesmo estando a 100 metros do retorno. Ele foi atingido de lado.
O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT). Até o fechamento desta edição, a vitima permanecia sem endeço.

Beneficiado por indulto preso em São Cristóvão

Quatro meses depois de ser beneficiado com o indulto do Dia das Mães e não retornar ao Presídio de Lauro de Freitas, o assaltante Rafael Santos Ribeiro, 21, foi recapturado por policiais militares no final da noite de sábado (11), na comunidade de Yolanda Pires, bairro São Cristóvão.Encaminhado para o Complexo Policial da Baixa do Fiscal, Rafael saíra do presídio no dia 7 de maio e deveria retornar ao sistema prisional no dia 13 daquele mês. Considerado foragido da Justiça, Rafael responde processo por assalto e cumpria a pena de cinco anos e quatro meses, em regime semi-aberto.Ele permanece custodiado na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) de onde será transferido para o Presídio de Lauro de Freitas.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Quatro pessoas assassinadas em menos de 24 horas


Quatro pessoas foram assassinadas em menos de 24 horas, em Feira de Santana. As vítimas tinham idades entre 14 e 25 anos.
Queimadinha I
Sineone Santos do Vale, 17, foi assassinado com vários tiros de pistola 380 na noite de segunda-feira (13), na Rua das Flores, bairro Queimadinha. Segundo a polícia, a vítima se encontrava conversando com amigos, quando dois homens se aproximaram e efetuaram os disparos, acertando em diversas partes do corpo.
Sineone residia na Rua Ceará, no bairro Queimadinha. O crime será investigado pelo Serviço de Investigação da 2ª Delegacia, que tem como titular o delegado Madson Sampaio.


Queimadinha II

O Pedreiro Antonio Marcos da Hora, 36, que residia na Rua Leolindo Silva, bairro Queimadinha, foi assassinado com vários tiros na tarde de ontem (14). Segundo a polícia, a vítima estava numa vila de casas, na rua onde morava, quando um homem não identificado se aproximou e efetuou os disparos.
O crime será investigado pelo S I da 2ª Delegacia. Apenas em 2010, 11 pessoas já foram assassinadas no bairro.

Aviário
Na tarde de ontem (14), a Polícia Civil registrou um duplo homicídio acontecido na Travessa J, no bairro Aviário. O mototaxista clandestino José Severino Silva, 40, que residia na Rua Maraú, bairro Caseb, e Luciano dos Santos, o "Lú Zarolho", 26, que residia na Rua W, bairro Aviário, foram assassinados a tiros por dois homens que estavam em uma motocicleta de dados ignorados.
Segundo a polícia, provavelmente, o alvo dos assassinos seria apenas Luciano dos Santos. José Severino foi morto por ter testemunhado o crime. Ainda de acordo com investigadores, Luciano já era procurado pela polícia
O pedreiro Antonio da Hora foi assassinado na tarde de ontem


Em entrevista ao radialista Aldo Matos, do Programa Acorda Cidade, o soldado da Polícia Militar, Simão, comandante da viatura Lobo 25, informou que havia abordado o mototaxista antes deste ser assassinado. O soldado havia pedido a José Severiano que mostrasse os documentos da motocicleta Honda Fan, placa JSB- 6510, licença de Feira de Santana. José Severiano foi liberado logo após a constatação da legalidade dos documentos. Segundo o policial, aproximadamente 40 minutos depois da abordagem ao mototaxista, a guarnição foi informada sobre o crime no bairro Aviário.
Moradores da localidade não quiseram informar sobre o caso. Este é o quarto homicídio registrado no bairro Aviário em setembro. No ano, 17 pessoas foram assassinadas no local.


Sineone foi assassinado na noite de segunda feira


Chacina de Maria Quitéria: Polícia apreende pistola usada no crime

Policiais civis de Feira de Santana prenderam na semana passada, durante a operação Visão Noturna, dois homens que estavam armados com duas pistolas. A Polícia Civil descobriu que uma das pistolas apreendidas foi usada na chacina acontecida no mês de dezembro do ano passado, no Distrito de Maria Quitéria, quando quatro pessoas foram assassinadas, sendo três da uma mesma família.
A prisão aconteceu na Avenida Getúlio Vargas, nas proximidades do bairro Parque Getúlio Vargas. Os dois homens, de identidade ainda não revelada pela polícia, foram ouvidos e liberados. Apenas um deles foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma.

O Serviço de Investigação da 2ª Delegacia, que tem como titular o delegado Madson Sampaio, responsável pelas investigações do crime, já suspeitava dos indivíduos presos. No início desta semana, o resultado da perícia técnica constatou que a arma apreendida foi usada na chacina.
A reportagem tentou falar com o delegado Madson Sampaio, mas o mesmo alegou que só vai se pronunciar depois que elucidar a chacina.

A CHACINA
Por volta das 5 horas da manhã do dia 21 de Dezembro do ano passado, quatro homens invadiram uma residência na Fazenda Caldeirão, no Distrito de Maria Quitéria, e assassinaram a tiros de pistolas 9mm e 380 o casal Cleidson Mariano Araujo, 29, Eliana Batista da Conceição, 41, e as crianças Breno Batista Machado, 10, filho de Eliana, e o vizinho Bruno Silva de Jesus, de 9 anos. Esta foi a terceira chacina do ano 2009 em Feira de Santana.


Segundo informações policiais, os assassinos chegaram em duas motocicletas de dados ignorados. A primeira vítima teria sido Eliana, que abriu a porta atendendo ao chamado de um dos homens. Ela foi alvejada com oito tiros. Em seguida, os quatro homens invadiram a residência e assassinaram Cleidson com vários disparos. O filho do casal, Breno Batista Machado, foi morto com três tiros e seu amigo, Bruno Silva de Jesus, foi alvejado com um tiro.
Segundo um investigador da Polícia Civil, o que mais chamou atenção da equipe de investigação foi o assassinato das crianças. “Um deles (Bruno Silva) tentou se esconder dentro do banheiro, entre o vaso sanitário e a parede, mas os covardes não tiveram piedade e o assassinaram com um tiro na cabeça. Breno foi morto com três disparos, abraçado ao corpo de Cleisdon”, revelou o investigador.

Acusado de matar Jullyanderson alega que recebia ameaças de morte

Otávio Gomes afirmou que recebia ameaças de Jullyamderson


Na manhã de hoje (14), Otávio Gomes da Silva Neto, 22, disse para a reportagem que o motivo do assassinato foi as ameaças de morte que a vítima (Jullyanderson) lhe fazia.
“Tudo começou no ano passado, na Praia de Cabuçu, quando eu fiquei com uma menina com quem ele queria ficar. Aí ele se chateou comigo e passou a me fazer ameaças de morte. Em Cabuçu mesmo ele tentou me atropelar com uma motocicleta, mas eu sempre evitei confronto com ele. Nos encontramos na micareta deste ano e ele deu um soco em meu rosto e, mais uma vez, evitei confronto. Desde então ele passou a mandar recados pelos meus amigos, dizendo que iria me matar de qualquer jeito”.
Otávio conta agora como deflagrou os tiros em Jullyanderson. “Na semana do crime, eu ainda tentei falar com ele através de MSN e de e-mails, mas ele nem respondia. Foi então que eu cometi o erro de ir até a casa dele armado. Quando cheguei, perguntei a ele o que ele queria comigo. Nisso, ele me empurrou e eu perdi a cabeça, saquei a arma da cintura e deflagrei os tiros nele. Larguei o revólver no chão e corri, mas o pai e o irmão dele me pegaram e me espancaram”.

O CRIME

Jullyanderson Ellan da Silva Castro, conhecido como “Lolô”, 21, foi assassinado com vários tiros de revólver calibre 38, no interior da loja de seu pai, onde trabalhava, localizada na Rua dos Maias, bairro São João (antigo Campo do Gado Velho). Segundo a polícia, o autor dos disparos foi identificado como Otávio Gomes da Silva neto, 22, residente na Rua Torquato, bairro Tomba.
Ainda de acordo com a polícia, Lolô estava trabalhando na loja do pai, onde funciona uma oficina de som automotivo, quando foi abordado pelo assassino. Jullyanderson, que foi atingido na cabeça e no tórax, ainda chegou a ser socorrido para o Emec, mas não resistiu. Otávio foi perseguido pelo pai da vítima, espancado por populares e depois socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade, onde permanece custodiado por policiais militares.
Jullyanderson residia na Rua dos Maias, no mesmo bairro onde trabalhava. O crime será investigado pelo Serviço de Investigação da 2ª Delegacia, que tem o comando do delegado Madson Sampaio.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Acusado de disparar tiro na Expofeira é preso em flagrante


Por volta das 23 horas do último sábado (11), no Parque de Exposições João Martins da Silva, durante o show da banda Trilogia do Reggae, a patrulha comandada pelo Sd PM Rangel, pertencente a 66ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), responsável pelo comando da festa, prendeu em flagrante Jemerson Mauricio de Lima, 27, residente na rua Cândido Mendes, Sítio Matias, portando um revólver calibre 32, de marca INA.

Jemerson efetuou um disparo de arma de fogo durante o referido show, que atingiu José Luis Borges dos Santos na região do abdome. A vítima foi socorrida e conduzida para o Posto de Saúde do parque e, posteriormente, encaminhada para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).


FLAGRANTE
A reportagem do Blog Polícia É Viola flagrou o momento em que aconteceu o disparo e o corre-corre das pessoas que se encontravam na frente do palco, no momento em que o grupo Trilogia do Reggae se apresentava. Outras pessoas tiveram ferimentos leves em consequência do tumulto.
A polícia agiu rapidamente, conseguindo prender o acusado. Jemerson foi conduzido para o Complexo Policial Investigador Bandeira, onde foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio.



Ocorrências da Polícia Militar

Alan Pereira Passos, 18, após abordagem policial, foi encontrado com 23 pedras de crack e dois papelotes de cocaína. Alan foi conduzido para a Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE). O fato ocorreu na noite de domingo (12), na Av. de Canal, área da 65ª CIPM.
Uma guarnição da lobo 80, por volta das 22 horas de domingo (12), no bairro Jussara, conduziram à delegacia de polícia, acusado de tráfico de drogas, Anderson Maciel Ferreira, 19. Anderson foi encontrado com 70 trouxas de maconha e um pacote com aproximadamente 400 gramas da mesma droga. O acusado foi conduzido ao Complexo Policial Investigador Bandeira.
Quadrilha de traficantes
Na madrugada de sábado (11), no bairro Santo Antonio dos Prazeres, as guarnições das Especializadas Tático Móvel, com o apoio da CAEL, após abordagem policial, prenderam em flagrante por tráfico de drogas: Diogo de Jesus da Conceição, 21, Alexandro Pereira de Jesus, 31, Roberto Alves de Souza, 30, e Francisca Gonçalves da Silva, 24. Com os acusados foram encontrados 53 trouxinhas de cocaína, um celular e a quantia em dinheiro de R$ 463 reais. Todos foram conduzidos à 2ª Delegacia de Polícia.

Tráfico no Campo Limpo
Na manhã de sábado, no bairro Campo Limpo, Pedro Clebson Ferreira da Conceição, 18, em companhia do menor de iniciais J.S.S., 17, foram apreendidos por uma guarnição da Especializada Tático Móvel, após abordagens realizada na área da 65ª CIPM. Em poder dos indivíduos, os policiais encontram um cigarro de maconha, seis pedras de crack e duas bicicletas. Os acusados foram apresentados à 2ª Delegacia.
As guarnições das Especializadas Tático Movél e CAEL, por volta das 23 horas de sábado (11), no bairro do Campo Limpo, prenderam por tráfico de drogas, Antônio Fagundes Moreira, 45, e Valdelice de Oliveira Santos, 35. Em poder do casal foram encontrados 35 gramas de cocaína, dois cheques sem fundos, quatro anéis, dois chaveiros, um celular, além da quantia em espécie de R$ 397 reais.

TRÁFICO SÍTIO MATIAS
Uma guarnição da Especializada Tático Móvel, por volta das 14h do sábado (11), no bairro Sítio Matias, na área de 67ª CIPM, apreendeu e conduziu à DAI os menores de iniciais: H. P. S., de 16 anos, e J.F.C., de 16 anos. Após abordagem policial, os menores foram encontrados com 02 (duas) trouxas de maconha e R$ 57,00 em dinheiro.

AMEAÇA DE MORTE
A guarnição lobo 27, da 67ª CIPM, atendendo a solicitação da direção do Colégio Polivalente, prendeu e conduziu à 1ª Delegacia, Luis Caros dos Santos, 24, acusado de ter ameaçado contra a vida de Paulo José Mota, 40. A ocorrência foi registrada por volta das 14 horas de sexta-feira (10), no bairro da Brasília.


TRÁFICO NO GEORGE
No bairro do George Américo, policiais militares da 65ª CIPM conduziram Jair Alves da Conceição, 26, em companhia do menor de iniciais H. M. S., 17, acusados de tráfico de drogas. Os policiais encontraram com os indivíduos 100 gramas de maconha e R$ 146,00 em dinheiro. Ambos foram conduzidos para a 2ª Delegacia de Polícia.

TRÁFICO ALTO DO CRUZEIRO
No Alto do Cruzeiro, por volta das 16 horas de sábado (11), após ação policial da 65ª CIPM, Jorge Conceição Santos, 43, Marcio Santos Costa, 30, e Elza de Abreu, 58, foram presos por tráfico de drogas. Na mesma operação foi apreendido o menor de iniciais S.A., de 16 anos. Os indivíduos foram encontrados com uma pedra de crack, certa quantidade de maconha, além de R$ 78,00 em espécie.








Tráfico no George II
Por volta das 13 horas, no Conjunto José Ronaldo, no bairro George Américo, durante Ronda no Bairro, indivíduos de dados não identificados, após avistarem a presença da polícia, abandonaram em via publica 77 trouxas de maconha, evadindo-se do local. A guarnição chegou a empreender busca, mas não conseguiu alcançar os acusados. A droga foi apresentada à Delegacia de Tóxico e Entorpecente.

TRÁFICO NA QUEIMADINHA
Por volta das 20h30 de sexta-feira (09), no bairro Queimadinha, os menores de iniciais A.N.C., de 15 anos, e J.A.T., 16 anos, foram apreendidos por policiais militares, por estarem de posse de seis buchas de maconha e cinco pedras de crack.

Três homicídios registrados entre sábado e domingo


Três pessoas foram assassinadas entre a noite de sábado (11) e a noite de domingo (12). Os crimes aconteceram nos bairros George Américo, Aviário e Santo Antônio dos Prazeres. Na noite de sábado (11), Jose Dilson Lima de Oliveira, conhecido como “Boca de Barata” 32, foi assassinado com vários tiros de revólver.
Segundo informações da polícia, a vítima estava na Praça do George Américo quando quatro homens não identificados chegaram e deflagraram vários tiros, acertando costas e tórax. Josedilson ainda foi socorrido para a Policlínica do bairro, mas não resistiu.
O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), para fazer a necropsia. O crime está sendo investigado pelo Serviço de Investigação da 2ª Delegacia, que tem o comando do delegado Madson Sampaio. Ele residia no mesmo bairro onde foi assassinado.

Aviário
Na manhã de domingo, aproximadamente 10 homens fortemente armados invadiram a casa de Francisco Pereira Nery Junior, 19, localizada na Rua Q, Alto das Pombas, bairro Aviário. Segundo a polícia, o jovem se encontrava em sua residência, acompanhado da adolescente J.C.S., 17, que foi atingida com coronhadas na cabeça dadas por um dos assassinos, e L.S.P., 15, que levou um tiro no pé. Todos foram socorridos para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA). Francisco não resistiu aos ferimentos, enquanto as menores foram medicadas e liberadas. O corpo de Francisco foi encaminhado para o DPT. O crime está sendo investigado pelo Serviço de Investigação da 1ª Delegacia, que tem o comando do delegado Matheus Souza.

Santo Antonio dos Prazeres
Um homem conhecido apenas como Chico foi assassinado com vários tiros de revólver, na tarde de domingo, quando se encontrava no interior de uma residência localizada no Alto do Santo Antônio dos Prazeres (ele estava em sua própria casa?). A vítima ainda foi socorrida para o HGCA, mas não resistiu.

Quadrilha de estelionato falsifica assinatura para fraudar INSS e Caixa

Um grupo de criminosos vem falsificando carimbos e assinatura de funcionários do Sindicato dos Empregados do Comércio de Feira de Santana e recebendo o dinheiro proveniente de ações relacionadas ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Os golpes foram contra a Caixa Econômica Federal e o INSS. Uma pessoa foi detida.
O alerta foi feito pelo diretor do Departamento Jurídico do Sindicato, Reginaldo Borges, que afirmou que a constatação da fraude veio através de um chamado da CEF. Segundo ele, na Caixa consta, efetivamente, a assinatura de todos os agentes sindicais, que recebem um registro do Ministério do Trabalho e Emprego, através da Delegacia Regional do Trabalho. Esses funcionários estão autorizados a homologar essas rescisões.
Segundo o diretor, a quadrilha cria empresas fictícias, fazendo o termo de rescisão do contrato de trabalho. “Provavelmente, recolhem algumas contribuições do FGTS e posteriormente fazem uma rescisão, passado seis meses, um ano. Daí, utilizam nosso carimbo com a finalidade de fazer o saque do FGTS e depois a habilitação para o programa do seguro desemprego”, explicou Reginaldo Borges, que salientou: “O Sindicato foi acionado por uma das agências e detivemos o pessoal que estava sacando, que às vezes podem ser vítimas ou, até mesmo, um dos participantes da quadrilha”.
Providências
O caso foi levado à Delegacia do Trabalho. O Ministério Público Federal do Trabalho, através da Procuradoria Regional de Feira de Santana, e o Departamento de Polícia Federal em Salvador também foram acionados pelo Sindicato. “Todos os órgãos precisam tomar as providencias necessárias contra os crimes praticados contra o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador)”, diz o diretor. Ainda de acordo com ele, está havendo uma investigação paralela, com colhimento de dados, para tentar chegar a outras quadrilhas que vêm praticando o mesmo crime na cidade.
Fonte: Acorda Cidade

Comerciante morre vítima de acidente automobilístico


O comerciante e estudante de direito, Cristiano Souza da Silva, 36, que residia na Rua Aranal, no bairro Sim, morreu na noite de sábado (11) vítima de acidente automobilístico na BR-324, no Km90, nas proximidades do Parque de Exposição João Martins da Silva, sentido Salvador /Feira de Santana .
Segundo a polícia, a vítima dirigia o veículo GM Prisma , cor prata, placa JRK-7340, quando encontrou um congestionamento de veículos próximo ao Parque de Exposição, provocado pelo evento (35ª Expofeira). Pedro dos Santos, cunhado da vítima, informou que Cristiano estava parando no engarrafamento quando uma carreta bi-trem de placa HRV-9778, licença de São Gabriel do Oeste (MS), da empresa Asa Branca, bateu na traseira de seu veículo, imprensando-o para debaixo de outra carreta que também estava parada no congestionamento.

O Comerciante ficou preso entre as ferragens e teve morte instantânea. O motorista do caminhão não identificado foi socorrido para um hospital na cidade. Uma equipe do corpo de bombeiros retirou o corpo das ferragens. Peritos e policiais civis realizaram o levantamento cadavérico. Depois, o corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).


sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Sete pessoas assassinadas em menos de 12 horas

Seis homens, na noite de quinta (09), e uma mulher, na manhã de sexta-feira (10), foram assassinados em Feira de Santana. Os crimes aconteceram nos bairros São João, Caseb, Coronel José Pinto, Lagoa Salgada e no Conjunto Viveiros.

São João
Jullyanderson Ellan da Silva Castro, conhecido como “Lolô”, 21, foi assassinado com vários tiros de revólver calibre 38, no interior da loja de seu pai, onde trabalhava, localizada na Rua dos Maias, bairro São João (antigo Campo do Gado Velho). Segundo a polícia, o autor dos disparos foi identificado como Otávio Gomes da Silva neto, 22, residente na Rua Torquato, bairro Tomba.
Ainda de acordo com a polícia, Lolô estava trabalhando na loja do pai, onde funciona uma oficina de som automotivo, quando foi abordado pelo assassino, que, sem falar nada começou a fazer os disparos. Jullyanderson, que foi atingido na cabeça e no tórax, ainda chegou a ser socorrido para o Emec, mas não resistiu. Otávio foi perseguido pelo pai da vítima, espancado por populares e depois socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade, onde permanece custodiado por policiais militares.
Jullyanderson residia na Rua dos Maias, no mesmo bairro onde trabalhava. O crime será investigado pelo Serviço de Investigação da 2ª Delegacia, que tem o comando do delegado Madson Sampaio.

Jullyanderson foi covardemente assassinado


Caseb
O adolescente Luciano Willian de Jesus Cerqueira, 14, foi assassinado com vários tiros na cabeça, deflagrados por um homem que chegou ao local na garupa de uma motocicleta. Fato aconteceu nos cruzamentos das ruas China e Itália, no bairro Caseb.
Segundo a polícia, Luciano se encontrava nas proximidades de sua residência, conversando com amigos, quando os dois motoqueiros chegaram e o carona efetuou os disparos. A vítima não resistiu e morreu no local, enquanto os motoqueiros fugiam. Este crime também será investigado pelo S I da 2ª Delegacia.

Coronel
No bairro Coronel José Pinto, Jonas Rodrigues Ferreira, 26, foi assassinado com quatros tiros de revólver calibre 38, que o atingiram na cabeça e nos ombros. O crime aconteceu na Rua Congo, nas proximidades de uma pizzaria.
Jonas caminhava pela rua, quando foi surpreendido por um homem ainda desconhecido pela polícia, que sacou o revólver da cintura e efetuou os disparos. Ele residia na Praça dos Ex-combatentes, mesmo bairro onde ocorreu o crime, que também será investigado pelo S I da 2ª Delegacia.

Aviário
Márcio Alves Lobo, 29, foi assassinado com vários tiros de pistola calibre 380, na Rua Senador Quintino, bairro Aviário, próximo ao Conjunto Penal de Feira de Santana. Segundo a polícia, Márcio estava conversando com um amigo, quando um homem, ainda desconhecido, se aproximou e efetuou os disparos. Ele não resistiu e morreu no local.
Márcio residia na Rua S. Durante os disparos, o adolescente P.S.G., de 15 anos, também foi atingido com um tiro na perna. Ele foi socorrido para o HGCA e passa bem.

Gilson, também morto na Estrada do Calundu


Duplo Homicídio
A quinta e sexta vítimas da noite sangrenta de quinta-feira foram assassinadas também por arma de fogo. José Dionísio de Oliveira Santana, 31, e Gilson da Silva Santana, 29, foram mortos com vários tiros de pistola, na Estrada do Calundu, situada no bairro Lagoa Salgada.As duas vítimas residiam na mesma estrada onde seus corpos foram encontrados. Este duplo homicídio será investigado pelo Serviço de Investigação da 1ª Delegacia, que tem o comando do delegado Matheus Souza.



Dionísio foi morto na Estrada do Calundu

Mulher
Ana Rita Oliveira Santos, conhecida como “Ritinha”, 27, que residia na VP 16, no conjunto Viveiros, foi assassinada com quatro tiros de revólver calibre 38. O fato aconteceu no início da manhã de sexta-feira, por volta das 6 horas, quando a mesma se encontrava em um ponto de ônibus localizado na Rua B, na frente de uma igreja evangélica.
O crime será investigado pelo Serviço de Investigação da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), que tem o comando da delegada Martine Veloso.





Investigação
Familiares de Jullyanderson Ellan suspeita de crime passional. “Meu filho sequer bebia ou fumava. Ele gostava de curtir, mas numa boa. Todos da rua gostavam dele”, afirmou a mãe de Jullyanderson.
O S I da DEAM suspeita que o crime possa ter sido passional.

Assaltantes do capacete rosa são presos


Policiais do Serviço de Investigação da delegacia de repressão a Furtos e Roubos (DRFR), sob o comando do delegado Marcelo Marques, na tarde de sexta-feira (10), prenderam Diogo Girard de Araujo Duarte, o Diogo Vigia, 26, e Fernando João Souza de Oliveira, 25. Os dois são acusados de cometer vários assaltos na cidade. Durante os assaltos, um deles usava sempre um capacete rosa. Com a dupla, os policiais encontraram uma motocicleta preta e um revólver calibre 38, além do capacete rosa. Fernandinho

De acordo com os investigadores, algumas vítimas da dupla já compareceram ao Complexo Policial Investigador Bandeira e registraram queixas de assalto.
Diogo Vigia

Segundo os investigadores, a dupla de assaltantes alugava motocicletas nas mãos de outros comparsas para praticarem os assaltos. Os dois foram conduzidos para a DRFR, onde foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma e assalto a mão armada.
Os investigadores da DRFR solicitam às vítimas da dupla que compareçam à delegacia na próxima segunda-feira (13), para fazer o auto de reconhecimento. Lembrando que o auto de reconhecimento acontece sem que os acusados vejam suas vítimas.




Di

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Homem é assassinado no Caseb

Na noite de quinta-feira (9), por volta de 20h40, um homem ainda não identificado foi assassinado com vários tiros de pistola calibre 380 deflagrados pelo carona de uma motocicleta de dados ignorados. O crime aconteceu nos cruzamentos das ruas Italia com Chile, no bairro Caseb.
Segundo testemunhas, o rapaz conversava com amigos na esquina, quando os motoqueiros se aproximaram, o carona sacou a pistola da cintura e deflagrou os tiros. A vítima não resistiu e morreu no local. Os assassinos fugiram sem deixarem pistas.
O crime será investigado pelo Serviço de Investigação da 2ª Delegacia, que tem o comando do delegado Madson Sampaio.

Assassino é linchado após matar jovem no São João

Um homem ainda não identificado foi espancado por dezenas de pessoas, na noite de quinta-feira, por volta de 19h30, na Rua dos Maias, bairro São João, antigo Campo do Gado Velho. Minutos antes de ser linchado, ele havia assassinado, a tiros, o jovem conhecido como Lolô.
Segundo testemunhas, Lolô se encontrava no seu local de trabalho, quando o assassino chegou sozinho em uma motocicleta e efetuou vários disparos, acertando em diversas partes do corpo. O assassino surpreendido por vários moradores e amigos da vítima, que o espancaram.
Lolô ainda foi socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), mas não resistiu e morreu. O assassino também foi socorrido para o HGCA em estado gravíssimo.

Homem preso com 30 gramas de crack


Policiais militares da Lobo, 24, sob o comando do Sargento Leondes com apoio dos soldados Eric e Campos prenderam na manhã de ontem Wandisoney Santos Silva, conhecido como “Pipito”, 25 anos, residente no bairro Gabriela III. Segundo a polícia, ele foi flagrado com 30 gramas de crack.
De acordo com o Sargento Leondes, a guarnição fazia rondas pela Avenida de Canal, nas proximidades do Centro de Abastecimento, quando o acusado montado na motocicleta Fan de cor preta, placa JSO 6381, percebeu a presença da viatura correu, sendo que nos seguimos e nas proximidades da Rua dos Guaranis no bairro Rua Nova, o mesmo colidiu com outra motocicleta perdendo o controle e caiu.
“Quando revistamos, encontramos em poder do mesmo, três pedras grandes de crack, pesando ao todo 30 gramas. Depois encaminhamos o mesmo para o Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA), ele foi medicado e liberado, sendo que nos conduzimos para Delegacia de Toxicos Entorpecentes (DTE), onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas”. Afirmou o sargento.
Na delegacia o acusado afirmou para reportagem que a droga não era dele. “Simplesmente eu corri, por que a moto está com os documentos atrasados, ai quando tentava correr, bati de frente com outro cara em uma moto e cair, depois eles (policiais) chegaram, acharam a droga e dize que era minha, ai me trouxeram pra cá para querer da flagrante. Eu sou trabalhador, eu vendo frutas e verduras e não drogas”.


Mais uma mulher presa com drogas


Uma guarnição da 67ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) conduziu para a Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes Nadilma Oliveira Costa, 30, Márcio Roberto dos Santos Silva, 34, Sinvaldo Silva da Cruz, 26, e Ednei da Silva Ferreira, 24. Na abordagem, também foram apreendidos em flagrante os menores de iniciais N.R.S. 16, e L.J., 17. Com os acusados foram encontrados 82 gramas de cocaína e três pedras de crack.
Segundo a polícia, a guarnição fazia ronda pelo bairro Muchila II, quando flagrou os acusados no interior dos veículos VW Golf 2.0 Mi, placa policial JMN 3443, e do GM Celta Spirit, placa policial NTF 7168.
Além das drogas, foram encontrados: 03 tubos de linha, recipiente contendo éter, recipiente contendo acetona, 02 tesouras, 02 fitas isolantes, 01 balança de precisão, 02 aparelhos celulares, 02 agendas, 01 carteira porta cédula, vários cartões e 02 placas de identificação veicular NTQ 5779.
Nadilma Oliveira Costa foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e o adolescente infrator L.J. foi apreendido e encaminhado para o Centro Educacional Juiz de Melo Matos. Enquanto Márcio Roberto dos Santos Silva, 34, Sinvaldo Silva da Cruz, 26, Ednei da Silva Ferreira, 24, e o adolescente N.R.S foram ouvidos e depois liberados.
Ainda de acordo com os policiais, o marido de Nadilma já se encontra preso no Conjunto Penal de Feira de Santana pelo crime de tráfico de drogas.


Adolescente preso em flagrante com crack


Policiais do Serviço de Investigação da 2ª Delegacia, sob o comando do delegado Madson Sampaio apreenderam na tarde de ontem o adolescente infrator de iniciais R S A, 17 anos. Com ele os investigadores encontraram um saco plástico contendo três pedras de crack pesando cada uma 20 gramas. A prisão aconteceu no final da Rua Goiás, nas proximidades das taboas, no bairro Queimadinha.
Durante investigação, os policiais descobriram que o adolescente infrator teria comprado a drogas nas mãos de Dário Conceição da Silva, 24 anos. Os investigadores se dirigiram até a favela de Arreia, também na Queimadinha e prendeu o acusado Dário. Os dois foram conduzidos para delegacia, sendo que, o adolescente afirmou que comprou a droga nas mãos de Dário e o mesmo afirmava que era mentira.
O adolescente foi encaminhado para o Centro Educacional Juiz de Melo Matos, Dário foi encaminhado para o Complexo Policial Investigador Bandeira. E a droga foi encaminhada para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para ser analisada

Desarticulado bando que roubou mais de 100 farmácias


Quatro integrantes de uma quadrilha responsável por mais de 100 assaltos a farmácias em Salvador foram presos nas últimas 24 horas e conduzidos para a 14ª Delegacia (Barra). Claudionor Guimarães da Paixão, o “Muzenza”, 25 anos, Vagner Correia Oliveira, 27, Maurício Pereira Ferreira, 18, e Denison Porto dos Santos, 18, agiam principalmente nos bairros da Pituba, Amaralina, Brotas, Matatu, Ondina, Rio Vermelho, Graça e Barra. Segundo o delegado Nilton Tormes, titular da 14ª CP, Maurício e Denison foram presos às 19 horas de ontem (8), por uma guarnição da Polícia Militar, ao serem flagrados assaltando uma farmácia na Avenida Euclides da Cunha, no bairro da Graça. Com eles os PMs apreenderam um revólver calibre 32 e R$ 800,00 em espécie, subtraídos do cofre e dos caixas do estabelecimento comercial.A polícia apurou que a quadrilha chegou a comprar dois veículos - um Corsa e um Gol - com o dinheiro proveniente dos roubos. Durante uma operação destinada a apreender os carros no Nordeste de Amaralina, investigadores da 14ª CP capturaram no final da manhã de hoje (9) Vagner Oliveira, bem como Claudionor Paixão, este com diversas passagens pela polícia por envolvimento em roubos, e que havia participado do assalto de ontem na Graça.“Claudionor, o ‘Muzenza’, também é suspeito de participação num recente assalto a um restaurante localizado na Avenida Sabino Silva”, informou o delegado Nilton Tormes, cuja equipe vinha investigando a quadrilha há três meses. Farmácias instaladas em bairros nobres da cidade eram o principal alvo do bando, que também atacava restaurantes e ônibus urbanos. Oriundo do Nordeste de Amaralina, o grupo chegava a assaltar quatro estabelecimentos comerciais no mesmo dia. O delegado titular da 14ª CP autuou Maurício, Denison e Claudionor por roubo. O comparsa Vagner Oliveira, foi indiciado em inquérito policial pelo mesmo crime. Todos estão recolhidos na carceragem da 14ª CP à disposição da Justiça Criminal.

Ocorrências da Polícia Militar

Foragido capturado
Claudio Santos Batista, 24, foragido da justiça, foi detido e conduzido para a 2ª Delegacia de Polícia, após abordagem policial realizada na segunda-feira (06), por volta das 11h, no bairro do Campo Limpo.
Cláudio encontrava-se cumprindo pena no Presídio Regional de Feira de Santana e foi beneficiado com o Indulto de Natal no mês de Dezembro/2009, sendo que não mais retornou.

Uso de entorpecente
Policiais militares do Tático Móvel detiveram e conduziram para a 2ª Delegacia de Polícia Luiz Souza Machado dos Santos, 23, em companhia do menor de iniciais A.M.O, 17. Ambos foram flagrados, após abordagem policial, com quatro pedras de crack. O fato ocorreu no final da tarde de terça-feira (07), na Avenida de Canal, em Feira de Santana.

Apreensões de veículos
Uma guarnição da 67ª CIPM conduziu à 3ª CIRETRAN a moto Honda/Pop 100, cor amarela, placa policial JRF 8405, conduzida por Kleber Santos de Jesus. Durante abordagem, não foi apresentada pelo condutor a Carteira Nacional de Habilitação e CRLV. A ocorrência foi registrada por volta das 18 horas, no bairro Tomba.
Outro veículo apreendido pelos policiais da 67ª CIPM foi a moto Honda Fan 125, placa policial JPM 2758, conduzida por Evanildo da Cruz Oliveira, 18 anos. O condutor do veículo no ato da abordagem, por volta das 21 horas, no Distrito de Humildes, não apresentou a Carteira Nacional de Habilitação e a CRLV.

Apreendidos 6kg de maconha prensada


Uma denúncia anônima resultou ontem (8), na apreensão de seis quilos de maconha prensada na zona norte de Eunapólis. A “erva” estava no interior de uma casa, no bairro Sapucaieira. Por volta de 15h30min policiais da 23ª Coorpin (Coordenadoria Regional de Polícia) deslocaram-se até o imóvel denunciado, localizado na Rua Antônio Olimpio, onde funcionava um ponto de venda de drogas. Os investigadores encontraram na residência sete tabletes de maconha escondidos no forro, dentro de um saco plástico, totalizando seis quilos. Os donos da droga estão sendo procurados. Um adolescente de 16 anos apreendido pelos policiais assumiu trabalhar para a quadrilha, vigiando a boca de fumo e repassando a droga para pequenos traficantes. De acordo com o delegado Evy Paternostro, coordenador da 23ª Coorpin, a apreensão dos seis quilos de maconha é mais um resultado da “Operação Vértice”, que desarticulou uma quadrilha de traficantes comandada pelos irmãos ‘Dada’ e ‘Rena’, presos este ano. As investigações indicam que a droga pertence a remanescentes da organização criminosa.

Hospital do Subúrbio será apresentado à comunidade nesta sexta-feira


Com o intuito de apresentar o Hospital do Subúrbio à comunidade, será realizada na próxima sexta-feira (10), a partir das 8h30min, uma visita às instalações da nova unidade, que será inaugurado oficialmente na segunda-feira (13). Na visita, serão apresentados os setores e serviços do hospital para a imprensa, lideranças comunitárias, políticas, religiosas e sociedade civil, além de representantes do controle social e imprensa.
Os participantes conhecerão a estrutura da nova unidade, os equipamentos e também serão apresentados aos profissionais que comporão a equipe que trabalhará no Hospital do Subúrbio. Na oportunidade, será apresentado também o modelo de atendimento do hospital, que funcionará com acolhimento com classificação de risco. Neste modelo, uma equipe avalia a prioridade de atendimento, de acordo com a gravidade de cada caso. A intenção é que as lideranças sejam multiplicadores dessa informação. O Hospital do Subúrbio Quando inaugurado, o Hospital do Subúrbio atenderá aos casos de urgência e emergência clínica, cirúrgica e traumato-ortopédica (adulto e pediátrica). Serão 268 leitos de internação, distribuídos nas especialidades de clínica médica, clínica pediátrica, cirurgia geral adulto e pediátrica, traumato-ortopedia adulto e pediátrica, unidade semi-intensiva e UTI adulto e pediátrica. O hospital também contará com o programa de Internação Domiciliar (ID), com capacidade inicial para atendimento a 30 pacientes.
A unidade contará ainda com unidade de bioimagem, raios X, tomógrafo, ultrassonografia, endoscopia e eletrocardiograma, laboratório, central de material esterilizado, lavanderia, farmácia centralizada, serviço de engenharia clínica, serviços de fisioterapia, nutrição, dietética, farmácia e apoio logístico. Haverá ainda um heliporto que facilitará o deslocamento de pacientes de outras regiões. O investimento de cerca de R$ 45 milhões, beneficiará cerca de 1 milhão de habitantes de todo o subúrbio, além da população de bairros como Valéria, Cajazeiras, Castelo Branco e Pau da Lima, além de municípios da Região Metropolitana de Salvador (RMS). A unidade ainda vai gerar 1.660 empregos.
O novo hospital será administrado pelo consórcio Prodal Saúde S.A, vencedor da licitação para Parceria Público-Privada (PPP), reduzindo os custos do Estado. O grupo tem como responsabilidade equipar e manter o hospital por dez anos, contratar pessoal e adquirir equipamentos, assegurando mais rapidez no atendimento das necessidades da unidade. Esta é a primeira PPP na área de saúde pública hospitalar do Brasil.

Africanos são presos por falsificar dinheiro


Dois estelionatários africanos denunciados à polícia por um engenheiro, dono de um sítio localizado no Litoral Norte, foram presos por investigadores da 14ª Delegacia no fim de semana, quando circulavam por um Shopping Center em Salvador. O golpe aplicado pelo nigeriano Akuma Agbai Mecha Akanu, 42, que se diz contador, e por Abduramane Djaló, 43, professor de francês nascido em Guiné Bissau, consistia em multiplicar, mediante falsificação, cédulas de R$ 100,00 e R$50,00 cedidas pelas vítimas e, posteriormente, desaparecer com as notas verdadeiras. O denunciante, que vinha negociando a venda de seu sítio aos africanos, decidiu procurar a polícia ao perceber que estaria sendo vítima de um golpe. Na última quarta-feira (1º) ele compareceu à 14ª Delegacia e apresentou ao delegado titular, Nilton Tormes, uma cédula falsificada de R$ 50,00 que lhe fora entregue pela dupla. Akuma Agbai e Abduramane Djaló estavam hospedados no bairro da Barra. O engenheiro, cuja identidade está sendo preservada, informou ao delegado que havia disponibilizado em um site informações sobre o sítio que pretendia vender. Chegou a trocar e-mails com o nigeriano, que anunciou sua vinda ao Brasil para investir em empreendimentos imobiliários. Após três meses de contato, Akuma Agbai veio a Salvador para conhecer a pequena propriedade rural, tendo informado ao dono que dispunha de R$ 9 milhões e 600 mil para investir. DiamantesEm 31 de agosto o nigeriano, que chegou ao Brasil há um mês, convidou o engenheiro para conhecê-lo no hotel e apresentou-se como Louis Nchindo, diretor da empresa Debswana Diamond Company, especializada na extração de diamante em Botswana, país africano. Contudo, os investigadores da 14ª CP constataram que o golpista vinha usando a cédula de identidade do executivo, que fora encontrado morto, em fevereiro último numa fazenda em Botswana. No hotel localizado na Barra o dono do sítio também conheceu o cúmplice de Akuma Agbai, o professor de francês Abduramane Djaló, que também se comunica em português. Em meio às negociações sobre a compra da propriedade no Litoral Norte, os africanos tentaram aplicar o golpe da multiplicação de dinheiro. Entregaram ao engenheiro uma cédula falsa de R$ 50,00 que segundo eles seria aceita em qualquer lugar, diante da qualidade da falsificação. InvestigaçãoNo último sábado (4), os dois africanos denunciados pelo engenheiro foram presos no shopping, onde teriam marcado um encontro com mais uma provável vítima. Na delegacia, Akuma Agbai declarou ser contador e viver no Canadá. Disse ainda que compra roupas usadas naquele país, para vender na Nigéria. Seu comparsa Djaló está no Brasil há três anos, é casado com uma brasileira e reside no bairro Santo Amaro, em São Paulo. As investigações indicam que a dupla se hospedou em vários hotéis de Salvador, Ilhéus e Porto Seguro, onde fez contatos com empresários e possivelmente aplicou outros golpes. O delegado Nilton Tormes os autuou por falsificação de dinheiro, estelionato e falsidade ideológica. O inquérito será remetido para a Justiça Federal, por causa da falsificação de moeda.
Fonte: Agecom

Assassino de esposa preso quando dormia


Permanece custodiado na 15ª Coordenadoria Regional de Polícia o homicida Genivaldo Moura dos Santos, 32, preso no último sábado (4), no povoado de Poço Grande, município de Araci. Ele estava foragido há um mês por conta do assassinato de sua companheira Maria Elza de Jesus Almeida, morta a golpes de faca na cidade de Santo André, em São Paulo. Depois do crime, Genivaldo fugiu para Araci, ficando escondido na Fazenda Salgado, distante 20 quilômetros da sede municipal. Ao saber da presença do homicida naquele município, o delegado titular Getúlio Queiroz determinou à sua equipe que o capturasse. Genivaldo dos Santos foi surpreendido enquanto dormia em um matagal, nas proximidades do povoado. Duplo homicídioO biscateiro Robson Aparecido da Silva Dias, 25, o “Nenzão”, autor confesso de um duplo assassinato ocorrido em 1º de maio deste ano, em Vila de Abrantes, foi capturado no fim de semana por investigadores da 26ª Delegacia. Egnaldo dos Santos Santana, 29, o “Escamoso” e Adenilson Paixão da Silva, 23, o “Denis”, foram executadas a tiros, no loteamento Fonte da Caixa, naquela localidade do Litoral Norte. Ao ser interrogado pela delegada titular Jamila Cidade, o biscateiro contou que vinha sendo ameaçado pelas duas vítimas, ambas ligadas ao tráfico de drogas. A rivalidade surgiu após a morte de Marcos Antônio da Silva Dias, o “Cabeludo”, irmão de Robson, com o qual “Denis” tinha uma rixa.Robson declarou que no feriado de 1º de Maio viu “Escamoso” e “Denis” juntos em um bar, em Vila de Abrantes, e armado com um revólver atirou em ambos. Segundo o homicida, “Denis” ainda tentou disparar um tiro, mas a arma que ele portava falhou. A delegada Jamila Cidade já solicitou a prisão preventiva do biscateiro.