quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Vigilante é preso acusado de furtar o Banco do Brasil

O vigilante "Cara de Pau" afirmou que não pegou o dinheiro e não sabe como o 100 Mil parou em sua casa
100 Mil Reais que o vigilante "Cara de Pau" roubou


Policiais civis do Serviço de Investigação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), sob o comando do delegado Marcelo Marques, prenderam na manhã de ontem o vigilante Marcelo de Jesus Costa, 26 anos, acusado de furtar 100 mil reais (em cédulas de R$ 100) da agência do Banco do Brasil na Rua Conselheiro Franco, em Feira de Santana.
Segundo a polícia, o furto aconteceu na última terça-feira (19). No mesmo dia a gerência do Banco do Brasil registrou uma queixa no Complexo Policial Investigador Bandeira pelo desaparecimento de 100 mil reais da agência. Os investigadores da DRFR solicitaram à agência as gravações do circuito interno de TV, pelas quais os investigadores chegaram à identidade do acusado.
Marcelo Costa foi conduzido para a DRFR, onde negou ser o autor do furto. Na residência do acusado, localizada no bairro Liberdade, a polícia encontrou R$ 96700,00 (noventa e seis mil e setecentos reais) escondidos no quarto. Os policiais apreenderam um computador, dois pares de sapatos e um coldre, comprados com o dinheiro do furto. Na casa do acusado os policiais encontraram munições de diversos calibres.
Marcelo Costa foi preso pelo furto do dinheiro e autuado em flagrante por posse ilegal de munição. Como o furto aconteceu terça-feira e a prisão foi efetuada ontem (Quinta-feira), o flagrante coube apenas na posse ilegal de munição. O delegado Marcelo Marques deverá pedir a Prisão Preventiva pelo roubo do dinheiro.
Marcelo de Jesus Costa não quis falar com a imprensa sem consultar um advogado. Na delegacia, o acusado disse não saber “como os cem mil reais teriam aparecido na residência onde mora. O acusado trabalhava como vigilante no Banco do Brasil, onde fazia a segurança da sala onde fica o dinheiro para repor nos caixas eletrônicos”, informou um policial.

Policiais do Tático Móvel prendem seis pessoas acusadas de tráfico de crack

Pedras de crack encontradas com os traficantes
Diógenes, Manoel e Sergio foram autuados em flagrantes por tráfico de drogas

Policiais militares do Tático Movel, 37, sob o comando do Sargento Bastos prenderam seis pessoas acusadas de traficarem crack na cidade. As prisões aconteceram nos bairros Parque Getulio Vargas, onde Roberto Santos e Santos 21 anos, acompanhado com um menor de 16 anos, foram flagrados com 21 pedras de crack, já no bairro Queimadinha, mais precisamente na Fonte de Lili, os policiais flagraram Manoel Rosário de Souza, 30 anos e Diógenes Barbosa de Lima, 30 anos, com 18 pedras de crack e na favela de Arreia, ainda no bairro Queimadinha foram presos Sergio Paixão de Jesus, 21 anos e uma menor de 11 anos com diversas pedras de crack.
O Sargento Bastos afirmou para reportagem que a Polícia Militar está combatendo diariamente o tráfico de drogas na cidade. “Nesses lugares que prendemos esses acusados, já vínhamos monitorando através de denuncias anônimas e na manha de hoje (Ontem) conseguimos tiras esses seis traficantes de crack de circulação”.
Bastos afirmou ainda que a Polícia Militar não vá parar de combater o tráfico de drogas na cidade.
Os menores foram encaminhados e apresentados a Delegacia de Atendimento ao Infrator (DAÍ).

Homens armados e encapuzados invadem hospital e matam duas pessoas

Três homens armados e encapuzados invadiram na noite quinta-feira (20), o Hospital Municipal Antônio Teixeira Sobrinho, em Jacobina, e executaram com vários tiros Antoniel Siqueira Santana, 29 anos, e o irmão, Jackson Siqueira de Santana, 26 anos. De acordo com a policia, Jackson estava internado no Hospital há oito dias após ter sofrido um atentado e levado um tiro no abdome. Ele tinha passagem na polícia por assalto. O irmão dele, Antoniel estava fazendo companhia no hospital.
Os três homens que invadiram o hospital renderam os seguranças, médicos e enfermeiras, foram até o quarto onde Jackson estava internado e atiraram contra ele e seu irmão. A polícia acredita que o crime foi motivado por vingança.
Segundo testemunhas, um dos bandidos ficou na porta do hospital enquanto os outros dois entraram, renderam as recepcionistas e em seguida renderam um médico e um auxiliar de enfermagem. Eles obrigaram o técnico e o médico a levá-los até o quarto onde Jackson estava internado. Após a execução, eles fugiram sem deixarem pistas.
Fonte: Ibahia

SSP: Novo sistema identifica foragido da justiça

Graças ao novo Sistema de Identificação Civil da Bahia (SIIDA), um foragido da Justiça foi preso na última segunda-feira (18) por policiais da 16ª Delegacia (Pituba), no Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) do Iguatemi, quando tentava retirar a segunda via da carteira de identidade. Aristides dos Santos Júnior, condenado a cinco anos e quatro meses de reclusão por roubo, tinha mandado de prisão em aberto pelo mesmo crime, e tentava se passar por Aristides Sena Júnior.Ele é o segundo flagrado pelo novo Sistema de Identificação Civil da Bahia.
O primeiro foi o estelionatário José Ricardo Silva Santos, capturado também no SAC do Iguatemi, que possuía seis mandados de prisão nas cidades de Brasília, Porto Velho, Florianópolis e Itajaí.
José Ricardo solicitara um documento de identidade com a apresentação de certidão de nascimento falsa. Seus dados pessoais foram coletados, bem como as impressões digitais e sua fotografia, sendo o material encaminhado via SIIDA para o Departamento de Polícia Federal, em Brasília.
Dias depois, quando retornou ao Posto de Identificação do shopping, o foragido foi detido por agentes da 16ª Delegacia (Pituba), pois a polícia já havia sido informada que ele possuía seis mandados de prisão em aberto de outros estados. O mesmo procedimento foi utilizado no caso de Aristides dos Santos Júnior.
Fonte: SSP

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Arma Não Letal: Policiais militares fazem curso de manuseio

Arma Não Letal
Trinta policiais militares do 1º Batalhão da Polícia Militar de Feira de Santana estão participando de um treinamento de manuseio de Arma Não Letal, para poderem utilizá-las na cidade. O curso teve inicio terça-feira (19) e vai até hoje.
De acordo com o coordenador do curso, o Tenente Gledson, os policiais estão apreendendo como manusear a arma. “Já que vamos utilizar em rebeliões dentro de presídios, em aérea esportiva como o Estádio Jóia da Princesa em dias de jogos, também vamos usar no dia a dia – em rondas normais pela cidade”.
O tenente Gleidson afirmou ainda que a Arma Não Letal não mata ninguém, nem aquelas pessoas que tem pressão alta, ou marca passo, a única coisa que pode acontecer é se machuca na hora da queda. “Essas armas possuem cartuchos para atingir o infrator com 4 a 10 metros de distância. Depois da pessoa mobilizada, o policial algema e conduz para delegacia mais próxima”, explicou.

video

George Américo: Mais uma pessoa é assassinada

Mais uma pessoa foi assassinada, vítima da violência, que não para no bairro George Américo. Desta vez, o crime aconteceu no início da noite de terça-feira (19), nas proximidades da Vila Olímpica de Amadores, quando Ronaldo de Jesus, 23 anos, foi assassinado com vários tiros de pistola.
Segundo informações policiais, Ronaldo estava em uma motocicleta na companhia de outra pessoa, de nome não revelado. Eles transitavam nas proximidades da Vila Olímpica e do Atacadão, quando foram surpreendidos por dois homens, que também estavam em uma motocicleta. O carona sacou arma da cintura e deflagrou vários disparos acertando em diversas partes do corpo de Ronaldo, que não resistiu e morreu no local.
Os disparos também atingiram a pessoa que estava com Ronaldo. Ele foi socorrido por uma equipe do Samu e encaminhado para o Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA), onde permanece internado.
Ronaldo de Jesus residia no bairro Campo do Gado Novo. O crime está sendo investigado pelo Serviço de Investigação da 2ª Delegacia, que tem o comando do delegado Madson Sampaio.

Absurdo: arrombadores invadem a AFAS e roubam computadores

Nem os idosos os bandidos deixam quieto
Funcionários da Associação Feirense de Assistência Social (AFAS), entidade cuida diariamente de dezenas de idosos e pessoas carentes, compareceram ao Complexo Policial Investigador Bandeira e registraram uma queixa de arrombamento na sede da AFAS e na escola que funciona no interior da associação.
O roubo aconteceu há 15 dias, quando arrombaram uma janela que dá acesso ao interior da sala de administração e janelas da escola. Segundo a funcionária Naget Suzart, os arrombadores roubaram 10 computadores, 100 talheres, mais de 100 copos, duas bombas de água, além de outros objetos. “Este não é o primeiro arrombamento, sempre fazem arrombamento, mas a polícia não consegue prender esses bandidos”. “Os bandidos não perdoam nem a entidade que cuida de idosos e de pessoas carentes”, completou Naget, indignada.
O arrombamento está sendo investigado pelo Serviço de Investigação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), que tem o comando do delegado Marcelo Marques. De acordo com o delegado, os investigadores estão nas ruas desde acontecido e a qualquer momento revelarão as identidades dos culpados.

Polícia civil prende cinco pessoas acusadas de traficar maconha no Liberdade

Os 70 dolões foram encontrados com a quadrilha
Marcelo foi autuado em flagrante por tráfico de drogas

Policiais civis do Serviço de Investigação da 1ª Delegacia, que tem o comando do delegado Matheus Souza, prenderam cinco pessoas com mais de 70 dolões de maconha. Quatro menores estavam na companhia de Marcelo Silva Sales, 19 anos, todos moradores do Bairro Liberdade.
Segundo a polícia, os investigadores faziam uma investigação sobre homicídios na localidade, quando presenciaram os acusados em local e com atitudes suspeitos. Ao abordarem, encontraram 70 dolões de maconha pronta para o consumo, próximos aos cinco acusados.
Todos foram conduzidos para o Complexo Policial Investigador Bandeira, onde Marcelo foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Os menores foram encaminhados para a Delegacia de Atendimento ao Infrator (DAI). A droga foi encaminhada para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), para ser analisada.

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Jovem preso com revólver no bairro Rua Nova

Arma encontrada com Tiago
Tiago foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma

Na tarde de segunda-feira (18), policiais do Serviço de Investigação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), sob o comando do delegado Marcelo Marques, prenderam Tiago Gomes do Nascimento, de 19 anos, com um revolver calibre 32.
Segundo a polícia, uma equipe da DRFR fazia uma investigação no bairro Rua Nova, quando suspeitaram do acusado que transitava em uma bicicleta pelo bairro em atitude suspeita. Os policiais abordaram o acusado e o flagraram com o revolver na cintura e a bicicleta sem documentação.
Os policiais conduziram o acusado até o Complexo Policial Investigador Bandeira, onde foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma. Na delegacia, Tiago afirmou para reportagem que tem desentendimento com uma pessoa no bairro, onde comprou a arma para se defender, mas negou ser assaltante.
Segundo policiais, Tiago é acusado de cometer assaltos na cidade.

Adolescente é assassinado com três tiros no Feira X

Mais um adolescente foi assassinado no Conjunto Feira X. Desta a vez a vítima foi Lucas Silva Alves, de 15 anos de idade, residente no conjunto Feira X. Segundo informações policiais, Lucas estava conversando com amigos nas proximidades de sua residência, quando dois homens, que estavam em uma motocicleta de dados ignorados, se aproximaram e deflagraram três tiros atingindo cabeça e tórax do adolescente, que não resistiu e morreu no local.
Genivaldo Marques Alves, pai da vítima, afirmou que seu filho era um menino querido no bairro. “Não sabemos o que aconteceu, o que levou dois homens a tirarem a vida do meu filho. Até onde sei, ele era um menino trabalhador que vendia CDs e DVDs na praça da cidade. A única coisa que pode ter acontecido, e eu fiquei sabendo na manhã de hoje, é que ele era um menino que gostava muito de namorar. Então, ele pode ter namorado a namorada de alguém, a pessoa não gostou e fez isso com ele”, declarou o pai da vítima.
O crime está sendo investigado pelo Serviço de Investigação da 1ª Delegacia, que tem o comando do delegado Matheus Souza.

Assaltante de banco morre em confronto com policiais civis

Um homem conhecido como “Junior Doideira”, acusado de praticar diversos assaltos a bancos na cidade e região, morreu na manhã de ontem em confronto com policiais do Serviço de Investigação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR).
Os policiais tomaram conhecimento que “Junior Doideira” estava nas proximidades de uma residência localizada na Rua Ipuana, no bairro Tomba. Ao chegar ao local, a equipe da DRFR foi recebida com tiros disparados pelo acusado. Os policiais revidaram com tiros.
O acusado ainda foi socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), mas não resistiu e morreu. Segundo informações policiais, ele tinha participado do último assalto à agência do banco Bradesco na Rua Conselheiro Franco, com a quadrilha do cigano.

Enteado esfaqueado pelo padrasto morre no hospital

José Lindenberg de Oliveira da Silva, 23 anos, morreu na noite de segunda-feira (18), no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana. Ele estava hospitalizado desde o último domingo (17), em estado grave, após ter sido vítima de duas facadas no abdômen, desferidas pelo padrasto, Genésio Pereira Cerqueira, de 63 anos.
O padrasto assassinou a esposa (Maria das Graças) com uma facada, no município de Irará, na tarde de domingo (17). Segundo informações de vizinhos, Genésio teria ficado com ciúmes da esposa com José Lindemberg, filho de um relacionamento anterior.
Com raiva, ele partiu para cima dos dois com um facão. Maria das Graças faleceu no local, com ferimentos no pescoço. O acusado continua foragido.

Polícia Civil de Santo Estevão prende quadrilha de traficantes

Na noite de ontem (18), policiais civis da Delegacia Circunscriminal de Santo Estevão prenderam uma quadrilha de traficantes composta por Alexandra Souza Paim, 30 anos, moradora da localidade da Cabeça da Vaca, Bruno de Souza, 18, que reside na lagoa de Santana e Ana Carla Coelho, também residente na Cabeça da Vaca, local onde foi desarticulada a quadrilha.
Junto com os traficantes foram encontradas algumas pedras de crack e uma quantia de 125 reais. Ao prestar depoimento à polícia, além de confessar o tráfico, Bruno afirma ter participação em três arrombamentos ao patrimônio público do município. Segundo a delegada Márcia Xavier, Bruno é acusado de participar dos arrombamentos no Centro de Abastecimento de Santo Estevão e outros estabelecimentos locais.
O primeiro a ser encontrado pelos policiais foi Bruno, que disse ter adquirido a droga na mão de “Sandrinha”. Após declaração de Bruno, os policiais foram em busca da acusada, que estava em companhia de Ana Carla, também acusada de tráfico. Segundo a delegada Márcia, todos os integrantes da quadrilha encontram-se a disposição da justiça. Por não ter carceragem feminina, as acusadas foram transferidas para o presídio de Feira de Santana.
Uma das preocupações da polícia de Santo Estevão é o tráfico na região do Pau de Vela e Cabeça da Vaca, onde apresenta maior índice, por estarem situadas na BR.
Segundo a delegada Márcia, a maioria dos crimes ligados ao patrimônio público se relaciona à droga. A delegada ainda acrescenta que o maior apoio para combater a droga tem que ser da família. “A família tem que ajudar e ter sempre o cuidado para que não seja necessário deixar a responsabilidade para a polícia. A participação da família é fundamental para que a pessoa não se envolva com as drogas”, afirma.

Policial Militar é preso acusado de despir e assaltar 46 passageiros

Policial Militar Claudio Ribeiro acusado roubar carro e assaltar onibus inter estadual e municicpal
Jecival, Claudio Iron (Filho do policial militar) e Jadiel todos assaltantes

Policiais civis do Serviço de Investigação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), sob o comando do delegado Marcelo Marques, desarticularam a quadrilha de assaltantes que saqueou, na madrugada do dia 17, 46 passageiros do ônibus da empresa São Luiz que fazia linha Feira de Santana/ Juazeiro.
Além do roubo de todos os pertences dos passageiros, os assaltantes também fizeram com que todas as vítimas ficassem semi-nus, apenas com suas roupas íntimas. Para surpresa dos investigadores, o policial militar Cláudio José Ribeiro, 40 anos de idade e 16 anos de militarismo, foi preso em flagrante, no interior do veículo EcoSport usado no assalto ao ônibus.
Os integrantes da quadrilha são: Jecival Estrela Silva, 22 anos, morador do bairro Ponto Central; Jadiel Costa de Jesus, morador do Caseb; o policial militar Cláudio Ribeiro, que reside no bairro Campo Limpo, e o seu filho Cláudio Iron Bonfim, 19, morador de Salvador. Com a quadrilha a polícia encontrou um revólver calibre 38 e recuperou os dois veículos usados no assalto, um EcoSport e uma S10.
O delegado Marcelo Marques afirmou que os investigadores teriam localizado o EcoSport na manhã de ontem em uma Rua do Bairro Parque Getúlio Vargas. “Armamos uma campana e quando foi por volta de 13 horas conseguimos prender os quatro em flagrante. Quando [Cláudio] se deslocava no EcoSport, anunciamos a prisão. Então, o Claudio Ribeiro se identificou como policial militar. Em seguida, entramos em contato com a Polícia Militar para que acompanhasse de perto todo o trame do flagrante”, relatou.

RECONHECIMENTO
Os quatros acusados foram conduzidos para delegacia, onde os proprietários dos veículos EcoSport e S10 reconheceram o policial e os outros integrantes da quadrilha como autores dos assaltos que sofreram na noite de sábado passado. O dono do EcoSport ficou refém da quadrilha no fundo do veículo durante todo o assalto ao ônibus. Além das vítimas dos assaltos aos veículos, o motorista do ônibus também reconheceu o policial militar e os outros acusados, segundo afirmou Marcelo Marques.
Todos foram autuados em flagrante por assalto a mão armada, formação de quadrilha e agressões físicas. O policial militar Cláudio Ribeiro foi encaminhado para o 1º Batalhão da Polícia Militar.O policial militar acusado de integrar a quadrilha negou as acusações. “Jamais iria participar desse ato. Tenho um filho que não mora comigo e tinha tempo que eu não tinha visto. Ele me ligou e marcou encontro no local onde ocorreu a prisão, mas eu jamais sabia que meu filho (Cláudio Iron Bonfim, também preso) estava praticando roubo. A polícia está me acusando, mas eu vou mostrar que sou inocente”. O policial trabalha na cidade de Serrinha.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Assaltantes morrem em perseguição policial


Dois homens, acusados de cometer assaltos em Feira de Santana, morreram na manhã de ontem vítimas de acidente automobilístico em fuga de perseguição policial. Eles Josevam Cruz de Oliveira, natural de Camaçari e seu comparsa ainda não identificado estavam no veículo Palio, de cor prata, placa JRQ 9595, licença de Salvador. O acidente aconteceu na BR 324, nas imediações da Ladeira do Imbira, no município de Amélia Rodrigues, em sentido Feira / Salvador.
O condutor do veículo perdeu o controle e capotou. Dos três homens que estavam no veículo, dois não resistiram e morreram no local, enquanto o terceiro conseguiu fugir.
O Sargento Amorim, do Pelotão Tático Móvel, disse para a reportagem que a guarnição que comandava estava prestando socorro a um veículo que transportava militares de Feira de Santana, vindos de Santo Amaro, pela BR 324. “Pelas informações que recebemos da Central, quatro bandidos invadiram algumas residências na Rua Parque Antarctica, no bairro Parque Ipê e fugiram em um Palio prata. Enquanto recebia essa informação, o veículo com os bandidos passaram em alta velocidade pela BR 324, no sentido Feira/Salvador, mas estávamos no sentido contrário. Imediatamente, iniciamos a perseguição. Quando descobriram que estavam sendo seguidos, começaram a deflagrar tiros contra a nossa viatura e também na direção dos caminhões que estavam na frente deles”, relatou.
Amorim afirmou ainda que “o veiculo conduzido pelos bandidos estava em alta velocidade e que, ao se aproximarem da Ladeira do Imbira, um caminhão fechou o veículo dos bandidos, onde perderam a direção, subiram em um barranco e retornou para a pista dando várias capotadas. Quando nossa viatura se aproximou, ainda avistamos o terceiro elemento fugindo pelo matagal. Fomos atrás e não conseguimos prendê-los”.
Os policiais militares do Tático Móvel recuperaram três revólveres que estavam nas mãos dos assaltantes.

Assaltos
Quatro pessoas compareceram ao Complexo Policial Investigador Bandeira e registraram queixas, contando que três homens armados com revólveres invadiram suas residências no Parque Ipê e roubaram dinheiro, objetos pessoais, além de os agredirem com socos, pontapés e coronhadas. “Eram todos agressivos, falavam o tempo todo que iriam nos matar, que eles não queriam saber de nada. Me bateram muito, meus filhos assistiram tudo e estão com medo”, contou uma vítima, que preferiu não ser identificada.
O assalto está sendo investigado pelo Serviço de Investigação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), que tem o comando do delegado Marcelo Marques.

Curiosidade
Como sempre, em todos os acidentes que acontecem nas cidades e em BRs atraem atenção daqueles que estão em tráfego. Três veículos que transitavam na pista Salvador / Feira se envolveram em um acidente leve. Quando um motorista parou para observar o acontecido, três veículos engavetaram, mas ninguém saiu ferido.Os carros envolvidos no acidente foram uma L 200, de cor prata, placa JQD 9039, Licença de Feira de Santana, uma strada de cor branca, placa HFX 9956, licença de Feira de Santana e um corsa de cor preta, placa JRL 0747, licença de Salvador.

video

Família e amigos cobram justiça pela morte de industriário

Familiares e amigos do industriário Márcio dos Santos Freitas, assassinado no último dia 13 de dezembro no Conjunto Feira X, realizaram, no último domingo, uma passeata no próprio conjunto para chamar a atenção das autoridades, principalmente da Polícia Civil. O suposto autor já teria sido identificado, mas ainda se encontra solto e as investigações, segundo os familiares, estão paralisadas. Eles cobram uma solução e vão continuar insistindo com outros tipos de manifestação até conseguir o seu objetivo.
No dia 13 de dezembro Márcio dos Santos Freitas estava chegando em casa, na rua L, no Conjunto Feira X, depois de participar de uma confraternização da empresa em que trabalhava , quando surgiram quatro homens que sacaram as armas e efetuaram vários disparos, fugindo em seguida. Passados alguns dias, a equipe da 1ª Delegacia, comandada pelo delegado Mateus Souza, que investiga o caso, chegou à identificação do acusado de ter praticado o crime: Um homem conhecido como “Licinho”, que até o momento encontra-se foragido.
A identificação só foi possível graças ao depoimento de Marcelo Dias, primo do acusado, que estava no momento em que tudo aconteceu. Em princípio, ele teria sido apontado como um dos participantes do crime, mas negou tudo e acusou “Licinho” de ser o verdadeiro assassino. Em depoimento, Marcelo disse que participou de um bingo com o primo e quando retornavam para casa encontraram Márcio.
A vítima teria perguntado, em tom de brincadeira “que muvuca é essa aí?”. “Licinho” não gostou e iniciou uma discussão com Márcio e Marcelo, percebendo que o primo estava armado tentou apaziguar os ânimos dizendo que Márcio era amigo dele, que deixasse para lá, mas o acusado não quis sabe. Se aproximou da vítima como se fosse conversar e efetuou um disparo. Márcio morreu na hora.
Com a identificação do acusado, o delegado Mateus Souza iniciou as investigações, mas, no momento, elas se encontram paralisadas, causando revolta de amigos e familiares da vítima. Segundo Ana Paula Borges, namorada de Márcio, o objetivo da manifestação foi chamar a atenção das autoridades, principalmente da Polícia Civil, que está investigando o caso e até o momento não apresentou uma solução. “Está tudo parado, pois, de acordo com o delegado, só poderá tomar depoimentos em fevereiro quando voltar das férias. O acusado de matar Márcio está solto, impune, enquanto nós da família e os amigos estamos sofrendo por conta desta barbaridade. Por isso resolvemos ir às ruas protestar”, afirma.
Ana Paula lembra que Márcio sempre foi uma pessoa de muita paz e que jamais faria mal a alguém. “A gente tenta entender como uma pessoa como ele, que era querido e respeitado por todos, morre desta maneira, enquanto quem matou fica por aí solto, sem punição. Quando vão prendê-lo? Quando ele matar mais alguém? Nós só querermos justiça, porque Márcio morreu de graça, já que ele não fez nada para ser assassinado”, observa.

Bandidos fortemente armados saqueiam 46 passageiros

Cinco bandidos armados com revólveres, pistolas e espingardas de grosso calibre assaltaram o ônibus da empresa São Luiz, de placa JRO 3519, que fazia linha Feira de Santana / Juazeiro. O assalto aconteceu na madrugada de domingo, por volta de 2 horas, na BR 324, próximo ao município de Tanquinho. Todos os 46 passageiros foram saqueados e obrigados a ficarem nus.
Segundo informações policiais, os bandidos estavam no interior de um veículo S 10 quando anunciaram o assalto deflagrando tiros contra o ônibus. Em seguida, os bandidos obrigaram o motorista a conduzir o veículo para uma estrada de chão que fica às margens da BR, onde os assaltantes fizeram que todos os passageiros tirassem suas roupas e ficaram todos apenas com roupas íntimas e roubaram tudo.
O motorista José Edinaldo disse que foi obrigado a sair da BR e levar o ônibus para uma estrada de chão até o local onde os assaltantes queriam. Depois que roubaram tudo, eles fugiram no veículo S 10.
O assalto está sendo investigado pelo Serviço de Investigação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), que tem o comando do delegado Marcelo Marques.

Dois homicídios registrados no final de semana

No último final de semana, a Polícia Civil de Feira de Santana registrou dois assassinatos, ambos ocorridos na tarde de sábado. O primeiro homicídio aconteceu na Rua Tancredo Neves, bairro Rocinha, tendo como vítima José Carlos de Jesus, de 35 anos.
Segundo informações policiais, José Carlos estava dormindo em sua residência, quando esta foi invadida por vários homens armados com revólveres e pistolas que efetuaram vários disparos, acertando todos no corpo. Ele não resistiu e morreu no local.
Expansão do Feira IX
O adolescente Anderson Marques da Silva, de 17 anos, foi assassinado com vários tiros de revólver, na Expansão do Feira IX, na Via Pedestre 22. Segundo testemunha, Anderson estava nas proximidades de sua casa quando dois homens chegaram e deflagraram os tiros. Anderson não resistiu e morreu no local.
Familiares da vítima afirmaram para a imprensa que o adolescente teria tido passagem pelo Centro Educativo Juiz de Mello Matos. Os dois homicídios serão investigados pelo Serviço de Investigação da 2ª Delegacia, que tem o comando do delegado Madson Sampaio.

sábado, 16 de janeiro de 2010

Detentos ajudarão a reconstruir a Fonte Nova

Redução da pena. Esse é o bônus que deverão receber detentos que cumprem pena em regime semi-aberto e cuja mão de obra poderá ser utilizada nas obras preparatórias da Copa do Mundo de 2014, cumprindo acordo assinado nesta quarta-feira (13), entre o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Governo Federal, por meio do Ministério dos Esportes, e com o presidente do Comitê Organizador Brasileiro da Copa do Mundo 2014.
De acordo com o secretário da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, com Nelson Pellegrino, o projeto visa a ressocialização de presos e egressos do sistema carcerário. “A idéia é utilizar a mão-de-obra dos detentos que estão em regime semi-aberto, que terão um dia reduzido da pena, para cada três trabalhados e já começamos a cadastrar também os egressos”, explicou.
Na Bahia, o acordo prevê a reconstrução da Fonte Nova, com investimento de R$ 591,7 milhões e a implantação de um sistema de mobilidade urbana, com recursos da ordem de R$ 567,7 milhões, que irá estabelecer a ligação viária entre pontos fundamentais de circulação da capital baiana, como o Aeroporto, Iguatemi, Acesso Norte e estádio.
Pacto - O acordo faz parte da Matriz de Responsabilidades para a Copa 2014, pacto de cooperação que define encargos e cronogramas de cada estado na realização das obras de mobilidade urbana, estádios e entorno dos estádios, entorno de aeroportos e de terminais turísticos portuários para a Copa do Mundo de 2014.
Trata-se de um esforço conjunto entre entidades e órgãos organizadores do evento com o objetivo de promover a reintegração social de presos e egressos do sistema carcerário, a partir do incentivo ao trabalho e à formação profissional. Um dos objetivos do Começar de Novo é, a partir da ressocialização, combater a reincidência e garantir a segurança da população.
O termo é válido para abertura de vagas de trabalho para ex-detentos e prevê a inclusão, nos editais de licitação das obras e serviços públicos relacionados às copas das Confederações de 2013 e do Mundo de 2014, a exigência de que as empresas ganhadoras destinem 5% das vagas de trabalho a presos, egressos do sistema carcerário, pessoas que cumprem penas alternativas.

Polícia apresenta balanço da Lavagem do Bonfim

A Lavagem do Bonfim, primeira festa popular do calendário baiano, transcorreu com tranqüilidade, com o registro apenas de ocorrências de baixo potencial ofensivo, como brigas e pequenos furtos. Cerca de 2,4 mil policiais, entre militares, inclusive do Corpo de Bombeiros, e civis garantiram a tranqüilidade para baianos e turistas.
Um homicídio foi comunicado na 3ª Delegacia, em Dendezeiros, no início da manhã desta sexta-feira (15), mas a polícia ainda não tem indícios de que tenha ligação com a festa. Foram registrados também uma tentativa de homicídio, 11 casos de lesão corporal e 120 ocorrências de crime contra o patrimônio - roubos e furtos. Nove pessoas acabaram autuadas, uma arma branca foi apreendida e 28 registros de perda de documentos foram efetuados.
"Procuramos sempre melhorar o trabalho da polícia nas festas populares da Bahia, aperfeiçoando os métodos e ampliando cada vez mais a segurança”, afirmou o secretário da Segurança Pública, César Nunes, que acompanhou o cortejo até a Igreja do Bonfim.
Estrutura - A PM destacou 2,3 mil policiais, distribuídos estrategicamente em 12 sub-áreas, entre a Avenida Contorno e a Colina Sagrada, além de pontos de interdição de tráfego de veículos. Trabalharam no evento policiais do Batalhão de Apoio Operacional, Polícia de Choque e Batalhão de Guardas, além das Rondas Especiais (Rondesp), das companhias Independe.

Adolescente de 14 anos é encontrada morta

Uma garota de 14 anos foi encontrada morta na madrugada deste sábado (16) atrás do cemitério Quinta dos Lázaros. Segundo a Central de Telecomunicações das Polícias Civil e Militar (Centel), o corpo estava em um matagal que fica na Rua das Almas, no bairro de Cidade Nova.
De acordo com a 2ª Delegacia (Liberdade), a jovem de 14 anos foi assassinada com um tiro no abdômen. A polícia informou que a vítima não apresentava sinais de violência sexual. A remoção foi realizada por volta das 3h30. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). Ainda não há informações sobre o motivo e a autoria do crime.