quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Número de homicídios continua caindo em Feira de Santana

Fábio Lordello afirmou para o reporter Messias Teles “Mesmo com decréscimo em numero de homicídios, não devemos comemorar”


A Polícia Civil de Feira de Santana registrou 26 homicídios no mês de agosto O número é menor em relação ao mesmo mês do ano passado, em que foi registrado 33 assassinatos. A redução vem ocorrendo em três meses consecutivos, após diversas blitz e operações das policias civil e militar, com apoio de policiais do Choque e da Catinga, que vêm sendo feitas em todos os cantos da cidade.
Na tarde de ontem, no Programa Ronda Geral, da TV Geral, o coordenador da Polícia Civil, Fábio Lordello, afirmou para o repórter Messias Teles que, apesar dos números de homicídios virem caindo na cidade, este não é um motivo para comemorar. “Pois, quando uma pessoa morre, já é prejuízo para sociedade. Então, não comemoramos esse decréscimo de homicídio. Agora, os motivos desse decréscimo são os investimentos altíssimos que o governo está fazendo com as polícias civil e militar. quero aproveitar a oportunidade para parabenizar o excelente trabalho que a Polícia Militar vem desenvolvendo em Feira de Santana e região, com apreensões de drogas, armas e prisões dos que andam fora das leis”.
Lordello também elogiou a atuação do Coronel Gondim, responsável por diversas companhias da Regional Leste. “Ele sempre está conosco em diversas operações que fazemos na cidade. Vamos continuar desenvolvendo operações para coibir crimes como homicídios, tráfico de drogas e assaltos”.

CRIMES POR BAIRRO

O bairro Campo Limpo foi o mais violento no mês passado, com quatro homicídios registrados; seguido pelo Sítio Matias, palco de um duplo homicídio e Jardim Cruzeiro, também com dois assassinatos. Com um homicídio, aparecem as seguintes localidades: George Américo, Baraúnas, CIS, Rua Nova, Parque Ipê, Tomba, Queimadinha, Subaé, Gabriela, Feira VI, Santo Antonio dos Prazeres, Coronel José Pinto, Feira IX, Caseb e Cidade Nova, além dos distritos de Maria Quitéria e Humildes.A 2ª Delegacia de Polícia será responsável mais uma vez pela elucidação da grande maioria dos crimes: 20 homicídios; e a 1ª DP, pela investigação de 4 crimes. A Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM), Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) e 3ª DP, tem cada uma, um crime para investigar.Vinte e cinco pessoas foram assassinadas a tiros no mês de agosto, todas do sexo masculino, e uma mulher morreu após ser esfaqueada pelo ex-companheiro. Dois menores estavam entre as vítimas e pelo menos cinco crimes foram cometidos por homens utilizando moto (veículo que facilita a fuga). Um jovem morreu em troca de tiros com a polícia no mês passado, no bairro Baraúnas.
HOMICÍDIOS EM 2010
Janeiro, 39 homicídios e 2 latrocínios; Fevereiro, 24 homicídios e 1 latrocínio; Março, 31 homicídios e 1 latrocínio; Abril, 40 homicídios e 1 latrocínio; Maio, 44 homicídios e 2 latrocínios; Junho, 37 homicídios e 3 latrocínios; Julho, 28 homicídios e 1 latrocínio; Agosto, 26 homicídios.

Nenhum comentário: