segunda-feira, 7 de junho de 2010

Vitimas do acidente de Laje são enterrados

Os corpos de dez vítimas do acidente entre uma caminhão F4000 e uma carreta bitrem, na sexta-feira, 4, foram enterrados em cerimônia coletiva no início da noite deste sábado, 4, no cemitério municipal de Lage. 5. O caminhão que transportava estudantes na carroceria colidiu com uma carreta,na BA-420, Km 15. Os corpos de Admilson Aparecido Caridade de Jesus, 19 anos, Ana Dalva de Jesus Nunes, 25, Davi Moura Figueiredo, 17, Érica Sales da Silva, 18, Ézio Muriel de Jesus Silva, 15, José Carlos Santos da Cruz, 16, Micaela Santos Cruz, 17, Naiara Souza Camargo dos Santos, 17, Samuel Flores da Silva, 19, e Silas Figueiredo Silva, 17 foram identificados pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Antônio de Jesus, ao município de São Miguel das Matas.
Na madrugada deste sábado, 5, morreu David Moura Figueiredo, 17 anos, a 10ª vítima do acidente. David deu entrada no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus em estado grave e acabou não resistindo aos ferimentos. Outras três vítimas continuam internadas em estado grave, no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus. Duas devem ser transferidas para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador. De acordo com informações colhidas no local, o caminhão teria invadido a contramão, atingindo um dos vagões da carreta. O veículo foi empurrado por 20 metros e caiu na ribanceira.
Gincana - O grupo havia passado o dia na cidade de Laje, realizando uma das tarefas da gincana estudantil da qual participavam, e retornavam para São Miguel das Matas. O diretor do Colégio Estadual Aldelmiro Vilas Boas, Geovani Bastos Pereira, informou que as vítimas eram estudantes. “Não demos autorização para eles viajarem para outra cidade e não era do nosso conhecimento que eles tinham conseguido carro para isso. Não tínhamos o controle do que eles iam fazer e na equipe da gincana havia 100 estudantes. Não sabemos quem viajou naquele dia”, declarou o professor Geovani.
Choque - A comunidade está em estado de choque depois da tragédia e as aulas foram suspensas. “São muitos corpos e a única coisa que sabemos é que provavelmente o enterro será em grupos neste domingo”, garantiu o professor. A prefeitura de São Miguel das Matas decretou luto oficial por três dias no município. “Não haverá possibilidade de o sepultamento ser coletivo porque o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Antônio de Jesus teve muito trabalho em necropsia os corpos”, disse o secretário de administração de São Miguel das Matas, José Renato Curvelo de Araújo.
O prefeito do município, Manoel Bonfim, informou que foi procurado pelos estudantes que solicitaram um veículo para a gincana do colégio. “Não disponibilizei o veículo porque não achava certo procurarem outras cidades para buscar alimentos”, justificou.
Ele disse que o estudante que dirigia o caminhão, Samuel Flores, de 19 anos, morto na tragédia, pegou o carro emprestado do pai dele, mas o jovem não tinha habilitação. O pai do garoto não foi localizado. A Polícia Rodoviária Federal afirmou que a competência sobre a ocorrência é da Policia Rodoviária Estadual. Esta, por sua vez, justificou que a administração da BA-420 é de responsabilidade da PRF. O motorista da carreta continua desaparecido.

Nenhum comentário: